CGN
“É a mesma coisa que tivesse dado uma arma carregada”, diz pai de Isabelly sobre madrasta

“É a mesma coisa que tivesse dado uma arma carregada”, diz pai de Isabelly sobre madrasta

Familiares e amigos se reuniram em manifestação pedindo justiça por Isabelly....

Publicado em

Por Deyvid Alan

Publicidade

Na noite desta quarta-feira (11), pais, familiares e amigos se reuniram em um ato em frente a Catedral Nossa Senhora Aparecida, pedindo justiça por Isabelly.

Um grupo foi organizado pelo whatsapp e reuniu diversas pessoas que organizaram faixas e cartazes pedindo explicações sobre a morte da menina de 3 anos e 7 meses.

Isabelly foi encontrada afogada dentro de uma máquina de lavar no último sábado (07) no apartamento em que o pai da menina vivia com a madrasta, localizado no Bairro Country.

Alex, o pai de Isabelly, relatou que quer entender o que aconteceu, pois existem muitas “pontas soltas” a serem explicadas.

Ele disse ainda que no seu entendimento, o fato da madrasta ter colocado um banquinho atendendo a um pedido da enteada, é o mesmo se tivesse dado uma arma carregada para a criança.

A Polícia Civil tem tratado o caso como acidente doméstico e amanhã (12) concederá uma entrevista coletiva para esclarecer o processo de investigação.

A mãe e o pai de Isabelly conversaram com a CGN e disseram que buscam a verdade sobre o que aconteceu com a filha.

O advogado da madrasta se manifestou no início da tarde de hoje e disse que todos são vítimas da fatalidade que tirou a vida de Isabelly.

Notícias Relacionadas:

Veja todas as notícias sobre: Afogamento Criança 07/05/22
Veja todas as notícias sobre: Isabelly

Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais