CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Homem que matou Alana Beatriz é condenado a 20 anos de prisão

Homem que matou Alana Beatriz é condenado a 20 anos de prisão

A sessão teve início às 13h e finalizou 20h30, após a oitiva de testemunhas, do acusado e debates das partes. ...

Publicado em

Por Isabella Chiaradia

Publicidade

Na tarde desta quinta-feira (17) ocorreu no Tribunal do Júri de Cascavel o julgamento do acusado de matar a jovem Alana Beatriz Gonçalves de Brito Ferreira em julho do ano passado, no Bairro Universitário em Cascavel.

A sessão teve início às 13h e finalizou 20h30, após a oitiva de testemunhas, do acusado e debates das partes.

De acordo com o advogado da família de Alana, Everton Seidler, foi reconhecida a qualificadora de feminicídio para o caso.

O Conselho de Sentença entendeu que o acusado foi culpado da morte de Alana e o juiz Marcelo Carneval proferiu a sentença condenatória, aplicando uma pena de 20 anos e três meses e 22 dias de reclusão, sendo reconhecido o crime de feminicídio.

Desta decisão, a defesa poderá apresentar um recurso ao Tribunal de Justiça do Paraná.

Relembre o caso

Alana foi baleada pelo ex-companheiro durante uma discussão no Bairro Universitário em julho do ano passado e, apesar de ter sido socorrida pelo Siate, não resistiu e acabou falecendo em uma Unidade de Pronto Atendimento.

O ex-casal tinha um filho pequeno e a briga começou quando Alana foi buscar o pequeno na casa do pai. Na ocasião ainda houve uma briga entre o irmão da vítima e o irmão do acusado, que terminou com Alana sendo atingida por um disparo de arma de fogo.

Após o crime, o acusado fugiu e foi localizado em Santa Catarina, onde foi preso e encaminhado à Cascavel pela Delegacia de Homicídios.

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais