CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Governo e setor privado discutem propostas para o Plano Safra com o governo federal
Governo e setor privado discutem propostas para o Plano Safra com o governo federalFoto: Evandro Fadel/SEAB

Governo e setor privado discutem propostas para o Plano Safra com o governo federal

“Temos espírito cooperativo e vamos atuar junto ao ministério para que o produtor seja bem amparado, bem assistido e que tenha condições de pegar dinheiro e......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Governo e setor privado discutem propostas para o Plano Safra com o governo federal
Governo e setor privado discutem propostas para o Plano Safra com o governo federalFoto: Evandro Fadel/SEAB

Representantes das entidades agropecuárias de todo o Estado realizaram nesta sexta-feira (22) uma reunião com o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), Neri Geller, para discutir o Plano Safra. O evento foi transmitido online e chegou a reunir cerca de 200 pessoas. A proposta paranaense é que ele tenha R$ 568 bilhões.

“Temos espírito cooperativo e vamos atuar junto ao ministério para que o produtor seja bem amparado, bem assistido e que tenha condições de pegar dinheiro e pagar a conta, além de evoluir tecnologicamente”, disse o secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara. “O próximo tem de ser o melhor e talvez o maior plano safra da história deste País”. O secretário de Indústria, Comércio e Serviços, Ricardo Barros, também acompanhou o encontro pelo Estado.

O mesmo apelo foi reforçado pelo presidente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken, que recepcionou representantes das entidades. “Esperamos com muita expectativa o próximo Plano Safra”, salientou. 

Ricken reforçou, principalmente, a necessidade de apoio aos produtores impactados por adversidades climáticas, com prorrogação dos financiamentos de custeio e renegociação de dívidas, além de destacar a importância de mais recursos para ampliar e reformar armazéns. Para essa ação o pedido é de R$ 12 bilhões. No último plano foi de R$ 6,6 bilhões.

Também foi ressaltado o apelo de manutenção da política de preço mínimo e fortalecimento do orçamento para a comercialização do trigo. O Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica na Produção Agropecuária (Inovagro), com sugestão de liberação de R$ 4,5 bilhões, foi igualmente colocado como prioritário, assim como o Programa de Financiamento a Sistemas de Produção Agropecuária Sustentáveis (RenovAgro). Nesse item, os representantes de agropecuaristas paranaenses propõem que os recursos passem de R$ 6,9 bilhões para R$ 9 bilhões.

SUBVENÇÕES – A proposta das entidades que representam os agricultores é que o Plano Safra 2024/25 tenha R$ 2,5 bilhões no Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural, com cronograma de liberação oportuna dos recursos, de acordo com o calendário agrícola. Nesse item, o pedido é também para que seja regulamentada a lei que instituiu o Fundo de Catástrofe. No caso do Proagro, que o limite seja ampliado de R$ 335 mil para R$ 500 mil por produtor e safra. Além disso, propõem que a cobertura seja dada a partir da data de plantio até o término da colheita.

O secretário Norberto Ortigara acentuou a necessidade de melhoria no sistema de Cadastro Ambiental Rural (CAR) para que os agricultores possam fazer os registros com mais segurança e recebam os recibos rapidamente. Também cobrou refinamento em relação ao zoneamento de risco climático, a prorrogação da normativa que marcou para março deste ano o fim do uso de mudas comerciais para produção de orgânicos e a evolução no regulamento do autocontrole sanitário.

OUSADIA – O secretário nacional afirmou que haverá avanço no Plano Safra. “Precisa ser mais ousado e o que está sendo apresentado já está em nossas cabeças”, afirmou. No entanto, ponderou que uma das maiores dificuldades é a questão orçamentária. Geller disse que tem conversado com vários setores para colher dados que permitam elaborar o melhor plano possível, mas sugeriu que as conversas das entidades se estendam também ao Congresso Nacional.

Geller também acentuou a necessidade do Mapa estar totalmente alinhado com as forças produtivas e com o sistema financeiro. “Nós precisamos estar respaldados por vocês para nos dar força”, afirmou. “Podemos fazer um grande trabalho e ter um Plano Safra bem alinhado”.

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

Estão abertas as inscrições para a 22ª edição do concurso Café Qualidade Paraná
Estão abertas as inscrições para a 22ª edição do concurso Café Qualidade Paraná
Encontro na Expoingá discute desafios e oportunidades da pecuária leiteira do Paraná
Encontro na Expoingá discute desafios e oportunidades da pecuária leiteira do Paraná
Estado inaugura pavimentação de estrada que liga Paraíso do Norte a Nova Aliança do Ivaí
Estado inaugura pavimentação de estrada que liga Paraíso do Norte a Nova Aliança do Ivaí
Mudanças climáticas: Paraná participa de debate sobre emissão de carbono no agro
Mudanças climáticas: Paraná participa de debate sobre emissão de carbono no agro
Paraná pode produzir até 750 mil sacas de café em 172 municípios em 2024, aponta boletim
Paraná pode produzir até 750 mil sacas de café em 172 municípios em 2024, aponta boletim
Em apoio ao RS, Adapar aceita que agroindústrias gaúchas comercializem no Paraná
Em apoio ao RS, Adapar aceita que agroindústrias gaúchas comercializem no Paraná
Com apoio do IDR-PR, região de Maringá ganha nova rota de turismo rural
Com apoio do IDR-PR, região de Maringá ganha nova rota de turismo rural
Com apoio de IDR-PR, região de Maringá ganha nova rota de turismo rural
Com apoio de IDR-PR, região de Maringá ganha nova rota de turismo rural
Com tecnologia, lucro com a banana supera renda com a soja em Novo Itacolomi
Com tecnologia, lucro com a banana supera renda com a soja em Novo Itacolomi
Com iniciativas pioneiras e apoio das indústrias, Paraná reforça controle do greening
Com iniciativas pioneiras e apoio das indústrias, Paraná reforça controle do greening
No Paraná, vazio sanitário da soja terá escalonamento conforme as regiões do Estado
No Paraná, vazio sanitário da soja terá escalonamento conforme as regiões do Estado
Proteção das lavouras no Paraná: serviço Alerta Geada começa nesta terça-feira
Proteção das lavouras no Paraná: serviço Alerta Geada começa nesta terça-feira
Proteção das lavouras: serviço Alerta Geada começa nesta terça-feira
Proteção das lavouras: serviço Alerta Geada começa nesta terça-feira
Governador em exercício destaca força do agro paranaense em visita à Expoingá
Governador em exercício destaca força do agro paranaense em visita à Expoingá
Propriedade rural de Apucarana vira referência regional na produção de tomate orgânico
Propriedade rural de Apucarana vira referência regional na produção de tomate orgânico
Com apoio da Ceasa, Paraná envia nova remessa com mais 400 toneladas de doações ao RS
Com apoio da Ceasa, Paraná envia nova remessa com mais 400 toneladas de doações ao RS
Boletim Agrometeorológico de abril aponta chuvas acima da média e boas condições na safra
Boletim Agrometeorológico de abril aponta chuvas acima da média e boas condições na safra
Dia das Mães: produção de rosas dobrou de tamanho no Paraná na última década
Dia das Mães: produção de rosas dobrou de tamanho no Paraná na última década
IDR-PR leva Vitrine do Biogás e do Biometano à Expoingá 2024
IDR-PR leva Vitrine do Biogás e do Biometano à Expoingá 2024
Piana destaca importância da tecnologia no agronegócio na abertura da Copacol Agro
Piana destaca importância da tecnologia no agronegócio na abertura da Copacol Agro
Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais