CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Acórdão do TJPR mantém condenação de ex-vereadora de Araucária denunciada pelo MPPR por “rachadinha”

Acórdão do TJPR mantém condenação de ex-vereadora de Araucária denunciada pelo MPPR por “rachadinha”

Investigações – A condenação é resultado de denúncia oferecida pelas Promotorias de Justiça de Araucária, a partir de apurações iniciadas ainda em 2018 em que foram......

Publicado em

Por Ministério Público do Paraná

Publicidade
Imagem referente a Acórdão do TJPR mantém condenação de ex-vereadora de Araucária denunciada pelo MPPR por “rachadinha”

O Tribunal de Justiça do Paraná manteve a condenação, a sete anos e seis meses de reclusão pelo crime de concussão, de uma ex-vereadora de Araucária (2013-2016), na Região Metropolitana de Curitiba, denunciada pelo Ministério Público do Paraná pela prática do delito popularmente conhecido como “rachadinha”. A sentença consta de acórdão proferido nesta terça-feira, 30 de janeiro, pela 2ª Câmara Criminal do TJPR, que confirmou decisão anterior do Juízo de primeiro grau e negou recurso apresentado pela defesa. Além da pena de reclusão, a ser cumprida em regime semiaberto, também foi imposto o pagamento de 161 dias-multa. Reformando a sentença de primeira instância em relação a outra ré, o Tribunal Paranaense condenou a ex-assessora da parlamentar, que, de acordo com as apurações, era a responsável pelo recolhimento e controle de pagamento dos valores exigidos. A pena dela foi fixada em 7 anos, 2 meses e 20 dias de reclusão em regime semiaberto, além de 116 dias-multa.

Investigações – A condenação é resultado de denúncia oferecida pelas Promotorias de Justiça de Araucária, a partir de apurações iniciadas ainda em 2018 em que foram ouvidas dezenas de pessoas indicadas por vereadores a ocuparem cargos comissionados no Executivo Municipal. Vinte e duas pessoas confirmaram que, além de serem indicadas pelos agentes políticos para assumirem os cargos, eram obrigadas a repassar um percentual mensal de seus ganhos, bem como demais benefícios (férias, rescisão, auxílio-alimentação e restituição do Imposto de Renda). Algumas delas chegaram a entregar mais de 70% do salário, sob pena de demissão caso não o fizessem.

Em razão do apurado, entre o final do ano de 2018 e o início de 2019, as Promotorias de Justiça de Araucária ofereceram dez denúncias contra ex-vereadores e ex-assessores parlamentares da legislatura 2013-2016, por crimes como concussão, organização criminosa/associação criminosa e lavagem de dinheiro.

Processo número 0012764-92.2018.8.16.0025

[email protected]

Fonte: MPPR

Notícias Relacionadas:

MPPR oferece denúncia contra homem investigado pelo crime de tentativa de extorsão mediante sequestro ocorrido no dia 11 de abril em Ponta Grossa
MPPR oferece denúncia contra homem investigado pelo crime de tentativa de extorsão mediante sequestro ocorrido no dia 11 de abril em Ponta Grossa
MPPR oferece denúncia contra homem que incendiou colégio estadual em Itaúna do Sul por ciúmes da namorada
MPPR oferece denúncia contra homem que incendiou colégio estadual em Itaúna do Sul por ciúmes da namorada
Gaeco cumpre 11 mandados de busca e apreensão e faz duas prisões em flagrante em ação contra o tráfico de drogas
Gaeco cumpre 11 mandados de busca e apreensão e faz duas prisões em flagrante em ação contra o tráfico de drogas
Homem condenado por estupro de vulnerável que descumpriu medida cautelar de afastamento da vítima é preso a partir de pedido do MPPR em Castro
Homem condenado por estupro de vulnerável que descumpriu medida cautelar de afastamento da vítima é preso a partir de pedido do MPPR em Castro
MPPR cumpre 12 mandados de prisão em investigação sobre organização criminosa envolvida com roubos a fazendas em diversos municípios
MPPR cumpre 12 mandados de prisão em investigação sobre organização criminosa envolvida com roubos a fazendas em diversos municípios
Justiça Eleitoral sustenta a condenação de ex-prefeitos de Araucária denunciados pelo MPPR na Operação Sinecuras
Justiça Eleitoral sustenta a condenação de ex-prefeitos de Araucária denunciados pelo MPPR na Operação Sinecuras
MPPR em Castro obtém a condenação no Júri de dois réus denunciados por homicídio qualificado pela morte de rapaz de 28 anos após discussão
MPPR em Castro obtém a condenação no Júri de dois réus denunciados por homicídio qualificado pela morte de rapaz de 28 anos após discussão
Tribunal do Júri de Ponta Grossa sentencia a 25 anos de prisão homem denunciado pelo MPPR pela morte da namorada ocorrida em 2022
Tribunal do Júri de Ponta Grossa sentencia a 25 anos de prisão homem denunciado pelo MPPR pela morte da namorada ocorrida em 2022
MPPR de Quatro Barras e PMPR cumprem ordens de buscas e apreensão e prisão preventiva em caso de furto de 75 quilos de explosivos de mineração
MPPR de Quatro Barras e PMPR cumprem ordens de buscas e apreensão e prisão preventiva em caso de furto de 75 quilos de explosivos de mineração
Gaeco cumpre mandados na segunda fase da Operação Securus Via, que investiga possíveis crimes cometidos por policiais
Gaeco cumpre mandados na segunda fase da Operação Securus Via, que investiga possíveis crimes cometidos por policiais
MPPR requer e Judiciário determina prisão preventiva de responsável por pet shop que mantinha animais em situação de maus-tratos em Quatro Barras
MPPR requer e Judiciário determina prisão preventiva de responsável por pet shop que mantinha animais em situação de maus-tratos em Quatro Barras
MPPR denuncia por duplo homicídio qualificado homem que atirou e matou casal de seguranças em Guarapuava no dia 23 de março
MPPR denuncia por duplo homicídio qualificado homem que atirou e matou casal de seguranças em Guarapuava no dia 23 de março
Gaeco promove em Loanda e Sarandi a Operação Exação, com o cumprimento de ordens de busca e apreensão e afastamento de funções públicas
Gaeco promove em Loanda e Sarandi a Operação Exação, com o cumprimento de ordens de busca e apreensão e afastamento de funções públicas
Começa nesta quinta-feira, 4 de abril, julgamento do policial penal que matou guarda municipal em Foz do Iguaçu em 2022
Começa nesta quinta-feira, 4 de abril, julgamento do policial penal que matou guarda municipal em Foz do Iguaçu em 2022
Mortes em confrontos com forças estatais de segurança em 2023 caíram 28,7% em relação a 2022
Mortes em confrontos com forças estatais de segurança em 2023 caíram 28,7% em relação a 2022
Judiciário recebe denúncia do MPPR contra dois agentes da polícia judiciária lotados na Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos da capital
Judiciário recebe denúncia do MPPR contra dois agentes da polícia judiciária lotados na Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos da capital
Acórdãos do TJPR mantêm condenações de ex-prefeito de Vitorino denunciado pelo MPPR por fraudes em licitações que causaram prejuízo ao erário
Acórdãos do TJPR mantêm condenações de ex-prefeito de Vitorino denunciado pelo MPPR por fraudes em licitações que causaram prejuízo ao erário
MPPR denuncia por homicídio culposo dois médicos que teriam agido com imperícia, imprudência e negligência em atendimento à vítima que veio a óbito
MPPR denuncia por homicídio culposo dois médicos que teriam agido com imperícia, imprudência e negligência em atendimento à vítima que veio a óbito
MPPR, PMPR e Polícia Penal do Paraná deflagram Operação Insensibilis, com o cumprimento de 28 ordens de prisão em oito cidades paranaenses
MPPR, PMPR e Polícia Penal do Paraná deflagram Operação Insensibilis, com o cumprimento de 28 ordens de prisão em oito cidades paranaenses
MPPR, PMPR e Polícia Penal do Paraná deflaram Operação Insensibilis, com o cumprimento de 28 ordens de prisão em oito cidades paranaenses
MPPR, PMPR e Polícia Penal do Paraná deflaram Operação Insensibilis, com o cumprimento de 28 ordens de prisão em oito cidades paranaenses
Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais