CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!

Justiça atende pedido do MPPR e restringe funções de policial que agrediu jovem de 17 anos após discussão de trânsito em Marechal Cândido Rondon

Conforme a denúncia apresentada pela Promotoria de Justiça, o acusado teria discutido com o rapaz, que estava de bicicleta, agredindo-o em seguida com socos e chutes.......

Publicado em

Por CGN 1

Publicidade

Atendendo pedido formulado pelo Ministério Público do Paraná, por meio da 3ª Promotoria de Justiça de Marechal Cândido Rondon, no Oeste do estado, a Justiça determinou que um policial militar do Batalhão de Polícia de Fronteira tenha suas funções temporariamente restringidas. O MPPR ofereceu denúncia contra ele por supostamente haver agredido um adolescente após uma discussão de trânsito no dia 12 de abril.

Conforme a denúncia apresentada pela Promotoria de Justiça, o acusado teria discutido com o rapaz, que estava de bicicleta, agredindo-o em seguida com socos e chutes. O policial já teria agido “de forma semelhante em diversas ocasiões [..], em que arbitrariamente utilizou de força física contra terceiros, valorando-se negativamente sua conduta social e indicando que possui personalidade impulsiva e violenta”, alega a Promotoria. Além disso, o denunciado está sendo investigado em inquérito policial em trâmite em Palotina, por suspeita de haver cometido o crime de lesão corporal em contexto de violência doméstica contra a mulher.

Considerando os indicativos de comportamento violento reiterado e informações de que o PM “estaria se valendo de seu cargo para exercer influência ameaçadora contra quem estivesse disposto a testemunhar sobre o fato sob investigação”, o Ministério Público requereu “a suspensão cautelar de suas funções públicas como medida destinada a evitar a reiteração delitiva e assegurar a instrução criminal”.

O Juízo do Juizado Especial Criminal da comarca determinou ao réu a proibição de manter qualquer contato com as testemunhas e informantes e com a vítima, a proibição de ausentar-se da comarca sem autorização judicial, exceto para trabalhar, e a limitação ao exercício de funções internas e administrativas, fora da comarca, até o encerramento da ação penal.

A Promotoria de Justiça requereu ainda que o réu seja condenado ao pagamento de indenização de R$ 20 mil à vítima.

[email protected]

Fonte: MPPR

Notícias Relacionadas:

Tribunal do Júri de Siqueira Campos condena a 13 anos de prisão homem denunciado pelo MPPR por atropelar e matar um idoso com sua motocicleta
Tribunal do Júri de Siqueira Campos condena a 13 anos de prisão homem denunciado pelo MPPR por atropelar e matar um idoso com sua motocicleta
Ministério Público do Paraná denuncia em Carlópolis seis pessoas por participação em organização criminosa responsável por tráfico de drogas e vários roubos e furtos
Ministério Público do Paraná denuncia em Carlópolis seis pessoas por participação em organização criminosa responsável por tráfico de drogas e vários roubos e furtos
Gaeco de Londrina denuncia quatro pessoas investigadas na Operação Imperium por lavagem de dinheiro obtido ilicitamente na exploração de jogos de azar
Gaeco de Londrina denuncia quatro pessoas investigadas na Operação Imperium por lavagem de dinheiro obtido ilicitamente na exploração de jogos de azar
Em Quatro Barras, Ministério Público do Paraná oferece denúncia por maus-tratos contra homem que atropelou propositalmente e matou um cão da raça poodle
Em Quatro Barras, Ministério Público do Paraná oferece denúncia por maus-tratos contra homem que atropelou propositalmente e matou um cão da raça poodle
Ministério Público do Paraná e Polícia Militar apreendem mais de R$ 600 mil em bens em nova fase da Operação Babilônia, que investiga organização criminosa
Ministério Público do Paraná e Polícia Militar apreendem mais de R$ 600 mil em bens em nova fase da Operação Babilônia, que investiga organização criminosa
MPPR e PMPR apreendem mais de R$ 600 mil em bens em nova fase da Operação Babilônia, que investiga organização criminosa
MPPR e PMPR apreendem mais de R$ 600 mil em bens em nova fase da Operação Babilônia, que investiga organização criminosa
Gaeco de Guarapuava cumpre mandados de prisão preventiva e de busca na Operação Securus Via, que investiga possíveis crimes cometidos por policiais
Gaeco de Guarapuava cumpre mandados de prisão preventiva e de busca na Operação Securus Via, que investiga possíveis crimes cometidos por policiais
Gaeco e Gepatria cumprem mandados de busca e apreensão em Paranaguá em investigação sobre possível ato de corrupção de servidor da Receita Estadual
Gaeco e Gepatria cumprem mandados de busca e apreensão em Paranaguá em investigação sobre possível ato de corrupção de servidor da Receita Estadual
MPPR em Campo Largo denuncia por homicídio qualificado homem que provocou a morte de um motociclista após desentendimento no trânsito
MPPR em Campo Largo denuncia por homicídio qualificado homem que provocou a morte de um motociclista após desentendimento no trânsito
Tribunal de Justiça modifica decisão de primeiro grau e condena a 28 anos de prisão réu denunciado pelo MPPR em Bela Vista do Paraíso por abusar dos próprios filhos
Tribunal de Justiça modifica decisão de primeiro grau e condena a 28 anos de prisão réu denunciado pelo MPPR em Bela Vista do Paraíso por abusar dos próprios filhos
Gaeco de Maringá cumpre mandados de busca na 3ª fase da Operação Bogotá, que apura diversos crimes cometidos com envolvimento de policiais e agentes públicos
Gaeco de Maringá cumpre mandados de busca na 3ª fase da Operação Bogotá, que apura diversos crimes cometidos com envolvimento de policiais e agentes públicos
Tribunal do Júri condena a prisão homens denunciados pelo MPPR por tentativa de homicídio contra ex-prefeita do Município de Califórnia ocorrida em 2012
Tribunal do Júri condena a prisão homens denunciados pelo MPPR por tentativa de homicídio contra ex-prefeita do Município de Califórnia ocorrida em 2012
MPPR denuncia por estupro de vulnerável professor de escola pública de Campo Largo que teria cometido atos libidinosos com diversas alunas de nove a onze anos
MPPR denuncia por estupro de vulnerável professor de escola pública de Campo Largo que teria cometido atos libidinosos com diversas alunas de nove a onze anos
Gaeco de Francisco Beltrão cumpre mandados em operação que apura possível participação de ex-prefeito de Nova Prata do Iguaçu em fraude a licitações
Gaeco de Francisco Beltrão cumpre mandados em operação que apura possível participação de ex-prefeito de Nova Prata do Iguaçu em fraude a licitações
Denunciados pelo MPPR em Centenário do Sul por desvios em entidade de assistência são condenados a prisão, multas e devolução de valores desviados
Denunciados pelo MPPR em Centenário do Sul por desvios em entidade de assistência são condenados a prisão, multas e devolução de valores desviados
Balanço das mortes em confronto com forças estatais de segurança no Paraná no 1º semestre é divulgado pelo Gaeco
Balanço das mortes em confronto com forças estatais de segurança no Paraná no 1º semestre é divulgado pelo Gaeco
Balanço das mortes em confronto com forças estatais de segurança no Paraná no 1º semestre é divulgado pelo Gaeco
Balanço das mortes em confronto com forças estatais de segurança no Paraná no 1º semestre é divulgado pelo Gaeco
Iniciativa do MPPR em Pérola possibilita que vítimas de violência doméstica façam o pedido de medidas protetivas de urgência por meio de aplicativo de mensagens
Iniciativa do MPPR em Pérola possibilita que vítimas de violência doméstica façam o pedido de medidas protetivas de urgência por meio de aplicativo de mensagens
MPPR cumpre ordens de busca e apreensão e de prisão em nova etapa da Operação Delivery, que investiga organização criminosa em Barracão
MPPR cumpre ordens de busca e apreensão e de prisão em nova etapa da Operação Delivery, que investiga organização criminosa em Barracão
MPPR em Curitiba denuncia por homicídio qualificado com motivação homofóbica homem que matou outro após encontro íntimo e colocou o corpo dentro de mala
MPPR em Curitiba denuncia por homicídio qualificado com motivação homofóbica homem que matou outro após encontro íntimo e colocou o corpo dentro de mala

Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais