CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Em parceria com a Índia, Governo quer levar supercomputadores para as universidades estaduais
Foto: Jonathan Campos/Secom

Em parceria com a Índia, Governo quer levar supercomputadores para as universidades estaduais

Esse modelo tem potencial para impulsionar avanços em áreas como Inteligência Artificial, pesquisa genômica e produção de medicamentos para o combate ao câncer, por exemplo. A......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Em parceria com a Índia, Governo quer levar supercomputadores para as universidades estaduais
Foto: Jonathan Campos/Secom

O Paraná pode ser o primeiro estado do Brasil a contar com uma rede de computadores de alto desempenho para acelerar pesquisas em diversas áreas. Em seu segundo dia em missão na Índia, o governador Carlos Massa Ratinho Junior assinou um memorando de entendimento com o Centro de Desenvolvimento de Computação Avançada (C-DAC), responsável pelo desenvolvimento dessa tecnologia no país, para trazer a tecnologia dos supercomputadores às sete universidades estaduais.

Esse modelo tem potencial para impulsionar avanços em áreas como Inteligência Artificial, pesquisa genômica e produção de medicamentos para o combate ao câncer, por exemplo. A parceria, que envolve a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, a Fundação Araucária e a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), busca a transferência de tecnologia para a montagem dos supercomputadores no Paraná e também o processo de treinamento de quem vai utilizar essas estruturas.

Na sede do C-DAC, em Pune, Ratinho Junior e a comitiva paranaense visitaram o Supercomputador Airawat, um dos maiores do mundo em inteligência artificial para empresas.

O governador destacou que a implantação de uma rede de alta performance vai colocar o Paraná em outro patamar de pesquisa em saúde, agricultura, educação e indústria. “Será um projeto pioneiro no Brasil, com uma rede de supercomputadores para atender tanto o setor acadêmico, quanto as indústrias, alavancando as pesquisas e inovações em diversas áreas, da medicina ao agronegócio”, afirmou Ratinho Junior. “O Paraná já é o estado mais inovador do Brasil e com a maior rede acadêmica, mas queremos avançar cada vez mais, trazendo tecnologias de ponta para nossas universidades e institutos de pesquisa”.

Com a parceria, além da rede de computação de alto desempenho, o Estado também deve ganhar um centro de treinamento em Tecnologia da Informação (TI) de última geração, aproveitando a experiência da C-DAC.

“O objetivo inicial era começar com a UEPG, que já conta com uma tecnologia semelhante em fase inicial”, explicou o secretário estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), Aldo Bona, que também está na missão. “Mas o governador nos pediu para já implantar uma estrutura de supercomputadores nas sete universidades, para dotar nosso sistema de ciência e tecnologia com uma ferramenta importante para o processamento de dados e a aceleração de resultados. Isso certamente fará uma grande diferença, destacando ainda mais o Paraná como uma referência nacional e internacional na produção do conhecimento”. 

O diretor-geral do C-DAC, Shri Magesh, enfatizou a presença do centro em 12 cidades indianas e sua vasta atuação em áreas como saúde, agricultura, educação e treinamento. Com mais de 4 mil profissionais envolvidos e uma estrutura de governança financeira sólida, o C-DAC já treinou mais de 20 mil pessoas no uso da tecnologia dos supercomputadores.

C-DAC – O centro pertence ao Ministério da Eletrônica e Tecnologia da Informação da Índia e é líder em pesquisa e desenvolvimento de tecnologias de computação avançada, com um histórico de inovações em supercomputação, inteligência artificial e segurança cibernética.

A proposta do projeto é a aquisição de know-how para a produção e desenvolvimento dessas tecnologias no Estado. Para isso, a parceria também deve contar com a participação da empresa paranaense Hi-Mix, sediada em Pato Branco, que é a maior empresa de microeletrônica de capital 100% nacional.

A implantação da rede de supercomputadores pode abrir a possibilidade de novas parcerias estratégicas da Fundação Araucária com o C-DAC, em tecnologias como computação quântica e microeletrônica, ampliando o posicionamento do Estado na vanguarda da inovação tecnológica.

SERUM – Nesta sexta-feira (12), a comitiva paranaense liderada por Ratinho Junior também visitou a sede do Serum Institute of India. O laboratório é o maior produtor de vacinas no mundo, com mais de 1,5 bilhão de doses comercializadas anualmente e com capacidade total de produção de cerca de 4 bilhões de doses.

No encontro, o governador apresentou aos executivos do Serum o trabalho feito pelo Estado, via Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), na produção local de imunizantes. O Tecpar, por exemplo, fornece vacina contra raiva para animais ao Ministério da Saúde, com previsão de entrega de 26 milhões de doses até o fim de 2024.

A comitiva paranaense e o laboratório indiano também discutiram possibilidades de parcerias com transferência tecnológica e produção local de imunizantes, aproveitando a experiência do Tecpar no desenvolvimento de medicamentos e vacinas.

“O Serum é um laboratório que lidera algumas das pesquisas mais importantes do mundo relacionadas à saúde. Conhecer o instituto e apresentar o trabalho desenvolvido pelo Tecpar faz parte de um intercâmbio enriquecedor para o Estado”, disse Ratinho Junior.

O Serum Institute desenvolve diversos tipos de vacinas e medicamentos, exportando seus produtos para cerca de 170 países de todo o mundo. Durante a pandemia da Covid-19, ela foi um dos laboratórios que produziu os imunizantes da Astrazeneca. Atualmente, o instituto tem realizado pesquisas para o desenvolvimento de vacinas contra dengue, câncer, malária e Covid-19 após infecção.

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

Universidades estaduais e Itaipu assinam parceria para ações de extensão em sustentabilidade
Universidades estaduais e Itaipu assinam parceria para ações de extensão em sustentabilidade
UEM abrirá inscrições para os vestibulares de Inverno e EaD no dia 2 de maio
UEM abrirá inscrições para os vestibulares de Inverno e EaD no dia 2 de maio
UEM abrirá inscrições para os concursos vestibulares de Inverno e EaD em 2 de maio
UEM abrirá inscrições para os concursos vestibulares de Inverno e EaD em 2 de maio
Aluna de medicina perde vaga na universidade por burlar Lei de Cotas
Aluna de medicina perde vaga na universidade por burlar Lei de Cotas
Centro da UEM desenvolve pesquisa genética com abelhas em Diamante do Norte
Centro da UEM desenvolve pesquisa genética com abelhas em Diamante do Norte
UENP promove segunda edição do Parque em Movimento com atividades gratuitas no sábado
UENP promove segunda edição do Parque em Movimento com atividades gratuitas no sábado
12,8 mil alunos de graduação da UEL devem renovar as matrículas para 2024
12,8 mil alunos de graduação da UEL devem renovar as matrículas para 2024
Projetek da Unioeste entrega projetos de escola e CMEI para a Prefeitura de Iguatu
Projetek da Unioeste entrega projetos de escola e CMEI para a Prefeitura de Iguatu
Com história de três gerações e mestranda amazonense, UEM amplia atendimento a indígenas
Com história de três gerações e mestranda amazonense, UEM amplia atendimento a indígenas
Universidade Estadual de Londrina divulga resultado do Vestibular dos Povos Indígenas
Universidade Estadual de Londrina divulga resultado do Vestibular dos Povos Indígenas
Com apoio de política estadual, indígena de Nova Laranjeiras cursa medicina na Unioeste
Com apoio de política estadual, indígena de Nova Laranjeiras cursa medicina na Unioeste
Operação Rondon Paraná 2024 define lista final dos municípios contemplados
Operação Rondon Paraná 2024 define lista final dos municípios contemplados
Universidades estão com inscrições abertas para a Operação Rondon Paraná 2024
Universidades estão com inscrições abertas para a Operação Rondon Paraná 2024
Mestrado em Educação: primeiro programa da UEPG completa 30 anos com 398 formados
Mestrado em Educação: primeiro programa da UEPG completa 30 anos com 398 formados
Mestrado em Educação: primeiro programa da UEPG completa 30 anos em 398 formados
Mestrado em Educação: primeiro programa da UEPG completa 30 anos em 398 formados
Investimentos nas universidades estaduais geram salto nas avaliações do MEC
Investimentos nas universidades estaduais geram salto nas avaliações do MEC
Parceria com a Índia: Governo quer levar supercomputadores para as universidades estaduais
Parceria com a Índia: Governo quer levar supercomputadores para as universidades estaduais
Unioeste divulga aprovados em seleção de Residência Técnica em Economia Rural
Unioeste divulga aprovados em seleção de Residência Técnica em Economia Rural
Universidade do Norte do Paraná lança curso de extensão sobre direito penal europeu
Universidade do Norte do Paraná lança curso de extensão sobre direito penal europeu
Cervos, araucárias e humanos: a pré-história do Paraná está nas paredes de Piraí do Sul
Cervos, araucárias e humanos: a pré-história do Paraná está nas paredes de Piraí do Sul
Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais