CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!

Tribunal do Júri de Ponta Grossa sentencia a 25 anos de prisão homem denunciado pelo MPPR pela morte da namorada ocorrida em 2022

De acordo com as apurações das autoridades policiais que embasaram a ação penal, o crime ocorreu após um jantar de confraternização que teria ocorrido com a......

Publicado em

Por Ministério Público do Paraná

Publicidade

O Tribunal do Júri de Ponta Grossa, nos Campos Gerais, condenou a 25 anos de prisão um homem de 40 anos denunciado pelo Ministério Público do Paraná como responsável pela morte da namorada, uma jovem de 20 anos. O crime ocorreu em 29 de janeiro de 2022, mas o corpo da vítima só foi localizado em março, na zona rural do município – por conta disso ele também foi condenado por ocultação de cadáver.

De acordo com as apurações das autoridades policiais que embasaram a ação penal, o crime ocorreu após um jantar de confraternização que teria ocorrido com a família da vítima. Após deixarem o local, ela teria ido a um apartamento com o denunciado, agora condenado, não sendo mais vista depois disso. A motivação seria o fato de a vítima manter contato frequente com outra pessoa, um policial militar da reserva, e ter recebido, dias antes da data do homicídio, uma foto dele no celular.

Na sessão de julgamento, ocorrida nesta terça-feira, 9 de abril, o Conselho de Sentença reconheceu as qualificadoras apresentadas em denúncia pela 10ª Promotoria de Justiça de Ponta Grossa, condenando o réu por homicídio qualificado por motivo torpe, o uso de recurso que dificultou a defesa da vítima e por ter sido o crime cometido em razão do sexo feminino da vítima (feminicídio).

Segundo réu – O Júri também julgou um segundo denunciado, que teria auxiliado a esconder o corpo da vítima em uma propriedade rural na Região do Cerradinho, às margens da PR-513, no distrito de Itaiacoca. Ele foi sentenciado a um ano, três meses de reclusão e 12 dias-multa.

O autor do homicídio, que também foi condenado pelo crime de furto do celular da vítima, já está preso preventivamente e cumprirá a pena em regime fechado.

Além dos dois denunciados, agora condenados, outros dois homens também foram requeridos criminalmente por participação nos fatos. Um deles, por ocultação de cadáver, recorreu da decisão que o submeteu a júri e a ação penal segue em trâmite. A outra pessoa denunciada como co-autora do homicídio está foragida, estando o processo relacionado a esta suspenso.

Processo número 0004488-51.2022.8.16.0019

[email protected]

Fonte: MPPR

Notícias Relacionadas:

Júri de réu denunciado pelo MPPR pela morte da enteada em Quatro Barras no ano de 2007 é novamente adiado por não comparecimento da defesa do acusado
Júri de réu denunciado pelo MPPR pela morte da enteada em Quatro Barras no ano de 2007 é novamente adiado por não comparecimento da defesa do acusado
Ministério Público do Paraná denuncia ex-secretário de Saúde de Mangueirinha e mais quatro réus investigados na Operação Assepsia por desvio de dinheiro público
Ministério Público do Paraná denuncia ex-secretário de Saúde de Mangueirinha e mais quatro réus investigados na Operação Assepsia por desvio de dinheiro público
Em Foz do Iguaçu, homem é preso a pedido do Ministério Público do Paraná após relato de adolescente que presenciou palestra durante a Campanha do Maio Laranja
Em Foz do Iguaçu, homem é preso a pedido do Ministério Público do Paraná após relato de adolescente que presenciou palestra durante a Campanha do Maio Laranja
Gaeco cumpre 15 mandados de busca e apreensão em três cidades na Operação Alicantina, que investiga fraudes a licitações municipais de Entre Rios D’Oeste
Gaeco cumpre 15 mandados de busca e apreensão em três cidades na Operação Alicantina, que investiga fraudes a licitações municipais de Entre Rios D’Oeste
Judiciário condena a 41 anos de prisão réu denunciado pelo MPPR em Campo Largo por estupro de vulnerável e pornografia infantil
Judiciário condena a 41 anos de prisão réu denunciado pelo MPPR em Campo Largo por estupro de vulnerável e pornografia infantil
Judiciário condena a 41 anos de prisão réu denunciado pelo MPPR em Campo Largo por estupro de vulnerável e pornografia infantil
Judiciário condena a 41 anos de prisão réu denunciado pelo MPPR em Campo Largo por estupro de vulnerável e pornografia infantil
Tribunal do Júri de Alto Piquiri condena dois homens denunciados pelo Ministério Público do Paraná por homicídio qualificado cometido em via pública em 2023
Tribunal do Júri de Alto Piquiri condena dois homens denunciados pelo Ministério Público do Paraná por homicídio qualificado cometido em via pública em 2023
MPPR e PMPR realizam em Quatro Barras a Operação Infância Sem Violência, com apreensão de computador e celulares de suspeito de pornografia infantil
MPPR e PMPR realizam em Quatro Barras a Operação Infância Sem Violência, com apreensão de computador e celulares de suspeito de pornografia infantil
Tribunal do Júri de Cantagalo condena a 13 anos de reclusão homem denunciado pelo MPPR por provocar aborto aplicando choques elétricos na própria companheira
Tribunal do Júri de Cantagalo condena a 13 anos de reclusão homem denunciado pelo MPPR por provocar aborto aplicando choques elétricos na própria companheira
Gaeco cumpre mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão em Foz do Iguaçu na Operação Mútua Culpa, que investiga dois grupos criminosos
Gaeco cumpre mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão em Foz do Iguaçu na Operação Mútua Culpa, que investiga dois grupos criminosos
Em Castro, homem denunciado pelo Ministério Público do Paraná por abusar da própria filha de sete anos é condenado a 30 anos, 3 meses e 15 dias de prisão
Em Castro, homem denunciado pelo Ministério Público do Paraná por abusar da própria filha de sete anos é condenado a 30 anos, 3 meses e 15 dias de prisão
Quatro pessoas denunciadas por homicídio de empresário ocorrido em 2020 serão julgadas pelo Tribunal do Júri de Curitiba no dia 27 de maio, segunda-feira
Quatro pessoas denunciadas por homicídio de empresário ocorrido em 2020 serão julgadas pelo Tribunal do Júri de Curitiba no dia 27 de maio, segunda-feira
MPPR firma acordo de não persecução penal com suspeito de fraude processual que se compromete a pagar R$ 50 mil à Defesa Civil do Rio Grande do Sul
MPPR firma acordo de não persecução penal com suspeito de fraude processual que se compromete a pagar R$ 50 mil à Defesa Civil do Rio Grande do Sul
Em Nova Esperança, vereadora e servidora pública municipal denunciadas pelo MPPR por falsificarem controle de frequência são condenadas à perda dos cargos
Em Nova Esperança, vereadora e servidora pública municipal denunciadas pelo MPPR por falsificarem controle de frequência são condenadas à perda dos cargos
Processo de mulher presa no sábado, suspeita de matar a própria filha, prosseguirá; ex-marido e possível coautor irá ao Tribunal do Júri em Campina Grande do Sul
Processo de mulher presa no sábado, suspeita de matar a própria filha, prosseguirá; ex-marido e possível coautor irá ao Tribunal do Júri em Campina Grande do Sul
MPPR em Quatro Barras obtém a prisão preventiva de caminhoneiro envolvido em atropelamento na calçada que resultou na morte de mulher de 56 anos
MPPR em Quatro Barras obtém a prisão preventiva de caminhoneiro envolvido em atropelamento na calçada que resultou na morte de mulher de 56 anos
MPPR em Piraquara, Polícia Civil e Polícia Penal cumprem ordens de prisão, busca e apreensão e sequestro de bens na Operação Intramuros
MPPR em Piraquara, Polícia Civil e Polícia Penal cumprem ordens de prisão, busca e apreensão e sequestro de bens na Operação Intramuros
MPPR em Foz do Iguaçu denuncia motorista de van escolar por estupro de vulnerável contra crianças de 8 e 10 anos
MPPR em Foz do Iguaçu denuncia motorista de van escolar por estupro de vulnerável contra crianças de 8 e 10 anos
Gaeco e Polícia Civil cumprem mandados de busca e apreensão em São João e Itapejara D'Oeste em operação que apura a possível prática de crimes licitatórios
Gaeco e Polícia Civil cumprem mandados de busca e apreensão em São João e Itapejara D'Oeste em operação que apura a possível prática de crimes licitatórios
MPPR aciona Município de Curitiba e Fundação de Ação Social por maus-tratos a adolescentes acolhidos na Casa do Piá e irregularidades no local
MPPR aciona Município de Curitiba e Fundação de Ação Social por maus-tratos a adolescentes acolhidos na Casa do Piá e irregularidades no local
Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais