CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Nova Ferroeste inicia estudos indígenas complementares no Paraná e Mato Grosso do Sul
Nova Ferroeste inicia estudos indígenas complementares no Paraná e Mato Grosso do SulFoto: Ferroeste

Nova Ferroeste inicia estudos indígenas complementares no Paraná e Mato Grosso do Sul

Entre janeiro e fevereiro, uma equipe do Governo do Paraná e representantes da Funai de Brasília e dos escritórios regionais do Paraná e do Mato Grosso......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Nova Ferroeste inicia estudos indígenas complementares no Paraná e Mato Grosso do Sul
Nova Ferroeste inicia estudos indígenas complementares no Paraná e Mato Grosso do SulFoto: Ferroeste

A segunda etapa dos estudos indígenas da Nova Ferroeste vai analisar a rotina e a cultura de três áreas indígenas do Paraná e uma do Mato Grosso do Sul. Estão contidas na listagem requerida pela Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai) a Terra Indígena (TI) Tupâ Nhe Kretã (36 moradores dos povos Guarani, Kaingang e Xetá), localizada na Serra do Mar, em Morretes; a TI Boa Vista (77 moradores Kaingangs), em Nova Laranjeiras; a TI Guasú Guavirá (1.360 moradores Guaranis), em Guaíra; e o acampamento Pakurity (povo Guarani), em Dourados (MT).

Entre janeiro e fevereiro, uma equipe do Governo do Paraná e representantes da Funai de Brasília e dos escritórios regionais do Paraná e do Mato Grosso do Sul estiveram nas aldeias para definir as diretrizes das atividades junto aos caciques. O procedimento adotado nesta etapa será semelhante ao estudo realizado em 2022 na Terra Indígena Rio das Cobras, com 10 aldeias e mais de 3 mil habitantes. Os trilhos da Nova Ferroeste vão passar próximo ao limite dessas terras, localizadas num raio de até 5 km do traçado proposto.

O diagnóstico envolve a organização territorial, política e sociocultural dos lugares. A atividade é desenvolvida pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), contratada pelo Governo do Estado. Nas aldeias, uma equipe multidisciplinar com antropólogos, biólogos, sociólogos e historiadores atua por meio de oficinas e mapeamentos. São encontros coletivos e entrevistas individuais para compreender as mudanças desencadeadas pela proposta do empreendimento.

De acordo com o coordenador dos estudos, Valdir Schwengber, o diagnóstico consiste num amplo raio-x da comunidade, do modo de vida e organização, além da fonte de obtenção de recursos e quais as maiores dificuldades. “Quando entendemos o modo de vida avaliamos os potenciais impactos da Nova Ferroeste no seu cotidiano. A partir disso elaboramos as ações que devem ser feitas para mitigar ou compensar as mudanças”, destaca.

Ao final, a consultoria vai elaborar um estudo com todos os impactos da Nova Ferroeste sobre estas áreas, incluindo uma análise de viabilidade do empreendimento. 

O Estudo do Componente Indígena (ECI) é parte do licenciamento ambiental, realizado junto ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama). Outros órgãos como o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) já emitiram pareceres favoráveis ao empreendimento.

“Quando a Funai identificou a necessidade de novos estudos indígenas, fomos juntos a campo e realizamos visitas técnicas ao longo do traçado para identificar a existência dessas comunidades mais próximas à futura linha férrea”, explica o coordenador do Plano Estadual Ferroviário, Luiz Henrique Fagundes. “A partir daí foi elaborado um plano de trabalho que coube ao Governo do Paraná executar”.

A Nova Ferroeste vai ligar por trilhos Paraná, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina. O projeto vai fazer do Estado uma grande central logística e promover a redução de 30% no transporte de insumos e produtos, a maioria grãos e proteína animal.

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

Estados do Sul discutem melhorias na malha ferroviária e apresentarão demandas à União
Estados do Sul discutem melhorias na malha ferroviária e apresentarão demandas à União
Pavimentação da PR-990 em Rebouças tem vencedor com proposta de R$ 87,3 milhões
Pavimentação da PR-990 em Rebouças tem vencedor com proposta de R$ 87,3 milhões
Rodovia entre Ponta Grossa e Palmeira terá restauração em concreto e terceiras faixas
Rodovia entre Ponta Grossa e Palmeira terá restauração em concreto e terceiras faixas
Com previsão para setembro, duplicação da Rodovia dos Minérios alcança força total
Com previsão para setembro, duplicação da Rodovia dos Minérios alcança força total
Restauração em concreto da PRC-280 entre Pato Branco e Clevelândia tem vencedor
Restauração em concreto da PRC-280 entre Pato Branco e Clevelândia tem vencedor
Obra de controle de erosão em rodovia de Munhoz de Mello atrai cinco empresas
Obra de controle de erosão em rodovia de Munhoz de Mello atrai cinco empresas
DER/PR inicia conservação de rodovia entre Francisco Beltrão e Marmeleiro nesta quarta-feira
DER/PR inicia conservação de rodovia entre Francisco Beltrão e Marmeleiro nesta quarta-feira
Estado contrata conservação para 124 km de estradas rurais de Ponta Grossa e região
Estado contrata conservação para 124 km de estradas rurais de Ponta Grossa e região
Estado contrata conservação de estradas rurais de Ponta Grossa e região
Estado contrata conservação de estradas rurais de Ponta Grossa e região
DER/PR assina contrato de R$ 56,9 milhões para pavimentação de rodovia em Doutor Ulysses
DER/PR assina contrato de R$ 56,9 milhões para pavimentação de rodovia em Doutor Ulysses
Pavimentação em concreto da PRC-280 entre Palmas e Clevelândia começa neste mês
Pavimentação em concreto da PRC-280 entre Palmas e Clevelândia começa neste mês
Rodovia das Cataratas terá novo desvio para avançar em duplicação e construção de passa-fauna
Rodovia das Cataratas terá novo desvio para avançar em duplicação e construção de passa-fauna
DER/PR libera trecho interditado da PR-323 em Umuarama para o tráfego de veículos
DER/PR libera trecho interditado da PR-323 em Umuarama para o tráfego de veículos
Linhas de ônibus intermunicipais são reajustadas após início das concessões
Linhas de ônibus intermunicipais são reajustadas após início das concessões
Perimetral Leste de Foz do Iguaçu tem avanços nas aduanas, pista e viaduto
Perimetral Leste de Foz do Iguaçu tem avanços nas aduanas, pista e viaduto
Rotatória de Tamarana terá alterações no tráfego para obra de novo viaduto na segunda
Rotatória de Tamarana terá alterações no tráfego para obra de novo viaduto na segunda
Obras em Irati: PR-364 terá mais um dia de bloqueio total de tráfego
Obras em Irati: PR-364 terá mais um dia de bloqueio total de tráfego
Após chuvas, duplicação da rodovia de acesso a Campo Mourão atinge 34%
Após chuvas, duplicação da rodovia de acesso a Campo Mourão atinge 34%
Duplicações e modernizações: Campos Gerais e Centro-Sul ganham
Duplicações e modernizações: Campos Gerais e Centro-Sul ganham "novas" rodovias
Com obras aceleradas, DER/PR libera ponte em rodovia entre Paranavaí e Amaporã
Com obras aceleradas, DER/PR libera ponte em rodovia entre Paranavaí e Amaporã
Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais