CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Futebol brasileiro faz festa em dose dupla no Parapan de Santiago
© Douglas Magno / CPB/Direitos Reservados

Futebol brasileiro faz festa em dose dupla no Parapan de Santiago

O futebol brasileiro festejou em dose dupla na noite deste sábado (25), nos Jogos Parapan-Americanos de Santiago, no Chile. No futebol de cegos, o Brasil venceu......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Futebol brasileiro faz festa em dose dupla no Parapan de Santiago
© Douglas Magno / CPB/Direitos Reservados

O futebol brasileiro festejou em dose dupla na noite deste sábado (25), nos Jogos Parapan-Americanos de Santiago, no Chile. No futebol de cegos, o Brasil venceu a Colômbia por 1 a 0 e garantiu a medalha de ouro da modalidade pela quinta vez. No futebol de paralisados cerebrais (PC), a seleção verde e amarela assegurou o tetracampeonato ao bater a Argentina na prorrogação, pelo mesmo placar.

Em seis jogos na competição, o Brasil venceu cinco e perdeu somente da Argentina – atual campeã mundial – na primeira fase. Ricardinho foi o artilheiro da campanha, com cinco gols. Nonato (três gols), Tiago Paraná e Jefinho (um cada) também balançaram as redes.

A final do futebol de PC foi emocionante. O Brasil jogou a maior parte da partida com um a menos, com a expulsão de Bira, mas resistiu à pressão dos argentinos e levou o confronto à prorrogação. No minuto final do segundo tempo extra, após jogada de Ângelo, Cesinha fez o gol do título.

A trajetória brasileira na modalidade foi perfeita: seis jogos e seis vitórias. Foram 24 gols marcados – sendo 11 na goleada por 11 a 1 contra o Canadá, na primeira fase. Matheus Cardoso, com cinco gols, foi o artilheiro da equipe verde e amarela em Santiago.

Outra final disputada neste sábado à noite foi a de duplas da classe quad (atletas com deficiência nos membros inferiores e superiores) do tênis em cadeira de rodas. A parceria entre Ymanitu Silva e Leandro Pena ficou com a prata, superada pelos chilenos Francisco Cayuleff e Diego Pérez por 2 sets a 1, parciais de 7/6 (7-5), 2/6 e 7-10 no super tie-break (desempate em melhor de dez pontos).

O Brasil encerrou o sábado com 332 medalhas, sendo 151 de ouro, superando, com folga, o desempenho do Parapan de Lima, no Peru, há quatro anos. Neste domingo (26), último dia do evento em Santiago, o país disputa lugar no pódio em provas do ciclismo e oito classes do parabadminton (seis finais e dois confrontos valendo bronze).

Fonte: Agência Brasil

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais