CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Leia Paraná passa de 18 milhões de atividades realizadas online por alunos da rede estadual
Leia Paraná passa de 18 milhões de atividades realizadas online por alunos da rede estadualFoto: SEED

Leia Paraná passa de 18 milhões de atividades realizadas online por alunos da rede estadual

Utilizada por mais de 60% dos estudantes da rede estadual, o recurso, aliado à leitura do livros físicos disponíveis nas mais de 1,8 mil bibliotecas de......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Leia Paraná passa de 18 milhões de atividades realizadas online por alunos da rede estadual
Leia Paraná passa de 18 milhões de atividades realizadas online por alunos da rede estadualFoto: SEED

Idealizada para facilitar a missão de professores e pedagogos no engajamento à prática da leitura, a plataforma Leia Paraná, lançada em fevereiro pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação do Paraná (Seed-PR), tem desempenhado papel importante nas atividades pedagógicas da rede estadual de ensino. Dispondo de conteúdos adaptados, como recursos audiovisuais que facilitam a assimilação dos textos, a ferramenta alcançou, desde o seu lançamento, a marca de 747.682 acessos e cerca de 18 milhões de atividades realizadas por alunos.

Utilizada por mais de 60% dos estudantes da rede estadual, o recurso, aliado à leitura do livros físicos disponíveis nas mais de 1,8 mil bibliotecas de rede, tem protagonizado a proposição de atividades em sala, como grupos de debate, clubes de leitura e atividades nas quais os estudantes têm liberdade para exercer o potencial criativo.

Exemplo disso foi a proposta lançada pela professora de Língua Portuguesa Márcia Mocci, do Colégio Estadual Governador Adolpho, no município de Astorga (Noroeste), que no fim do primeiro semestre letivo desafiou os alunos da 3ª série do Ensino Médio a mergulharem na leitura, escolhendo uma das obras da plataforma para ler e, em seguida, apresentarem trabalhos artísticos da maneira que preferissem.

Entre textos, desenhos, poesias e encenações, o trabalho dos estudantes Apollo Mattos, Anelize Oliva, Caroline Consorte e Luis Henrique Kansha chamou a atenção. Unindo letra e ritmo, os alunos compuseram uma música sobre os devaneios, aventuras e paixões do épico cavaleiro errante, Dom Quixote de La Mancha, personagem de Miguel de Cervantes.

“Nós saímos da área comum, da formalidade da leitura, e pudemos fazer algo que gostávamos. Quem ouviu nossa composição irá lembrar de Dom Quixote e sua história por causa dessa música”, afirma Emanuelle.

Sucesso entre os alunos, a tarefa repercutiu na escola e também nas redes sociais, a partir de um vídeo gravado pela própria professora. “Por meio da leitura, os alunos acessam vivências muito ricas, além de enriquecerem o vocabulário e exercitar a interpretação de texto de forma criativa, como pela música”, afirma.

Lorrayne Ribeiro,16 anos, também se lançou à composição musical. A aluna ficou fascinada com os mistérios e maravilhas da astronomia, abordados no livro “A História do Universo para quem tem pressa: do Big Bang às mais recentes descobertas da astronomia!”, de Colin Stuart.

Individualmente, a aluna escreveu uma canção que resumia os caminhos tomados pela ciência, desde a antiguidade, para explicar a imensidão das complexidades do cosmos. “Apresentei a canção para outras turmas e também durante uma reunião pedagógica, para toda a escola. Essa foi uma grande oportunidade de demonstrar meu talento musical a partir da leitura na plataforma”, relata.

O secretário de Estado da Educação, Roni Miranda, reforça que a tecnologia tem sido fundamental quando incorporada à educação de forma coordenada ao material físico disponível da rede – igualmente indispensável para o processo educacional. “Nossas escolas dispõe de mais de 1,8 mil bibliotecas com vasto acervo literário, segundo o último levantamento da secretaria. A tecnologia deve ser incorporada à educação e não encarada como ‘rival’ no processo educacional”, complementa.

LEIA PARANÁ – Plataforma de leitura lançada pelo Governo do Estado, o Leia Paraná conta com 70 obras literárias em seu acervo. Dez destas, incluídas no mês de agosto, com foco nos vestibulares. Os livros, clássicos da literatura nacional, podem ser acessados gratuitamente por alunos e professores da rede estadual de ensino. Disponível tanto para dispositivos móveis pelo aplicativo (no Google Play) quanto para computadores, pelo site, o acesso aos livros é disponibilizado para os alunos matriculados desde o 6º ano do Ensino Fundamental até o fim do Ensino Médio.

Na lista ampliada, estão, por exemplo, “Iracema”, de José de Alencar; “Quincas Borba”, de Machado de Assis; “Os Sertões (vol I e II)”, de Euclides da Cunha; “Memórias de um Sargento de Milícias”, de Manuel Antônio de Almeida.

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

UFRJ busca recursos com permuta de 11 andares de edifício moderno
UFRJ busca recursos com permuta de 11 andares de edifício moderno
Robôs construídos por estudantes de Cascavel participam da 16ª Campus Party
Robôs construídos por estudantes de Cascavel participam da 16ª Campus Party
Arroz e feijão orgânicos: alimentação nas escolas estaduais ainda mais saudável
Arroz e feijão orgânicos: alimentação nas escolas estaduais ainda mais saudável
Ganhando o Mundo: estudantes desembarcam em Curitiba e Londrina
Ganhando o Mundo: estudantes desembarcam em Curitiba e Londrina
Educação avança mais uma etapa na seleção do Ganhando o Mundo Diretor
Educação avança mais uma etapa na seleção do Ganhando o Mundo Diretor
Educação divulga lista de classificados da 3ª etapa da Olimpíada de Matemática
Educação divulga lista de classificados da 3ª etapa da Olimpíada de Matemática
Compartilhamento de conteúdo educacional é tema de encontro do G20
Compartilhamento de conteúdo educacional é tema de encontro do G20
Prazos finais: confira as datas de inscrições por categorias para o Concurso Agrinho 2024
Prazos finais: confira as datas de inscrições por categorias para o Concurso Agrinho 2024
Alunos do Ganhando o Mundo de Campo Mourão ganham apoio do Núcleo Regional de Educação
Alunos do Ganhando o Mundo de Campo Mourão ganham apoio do Núcleo Regional de Educação
Alunos do Ganhando o Mundo de Campo Mourão ganham apoio psicológico para desafios
Alunos do Ganhando o Mundo de Campo Mourão ganham apoio psicológico para desafios
Educação investe R$ 500 mil no projeto Partiu Museu
Educação investe R$ 500 mil no projeto Partiu Museu
Ganhando o Mundo, EJA e outras atividades não param durante o recesso escolar
Ganhando o Mundo, EJA e outras atividades não param durante o recesso escolar
Estudantes do Ganhando o Mundo retornam da Austrália com novas experiências
Estudantes do Ganhando o Mundo retornam da Austrália com novas experiências
Estudantes do Ganhando o Mundo retornam da Austrália com muita experiência na bagagem
Estudantes do Ganhando o Mundo retornam da Austrália com muita experiência na bagagem
Governo entrega novos ônibus escolares que atenderão alunos de cinco municípios
Governo entrega novos ônibus escolares que atenderão alunos de cinco municípios
Divulgadas novas chamadas do Ganhando o Mundo e Ganhando o Mundo Agrícola
Divulgadas novas chamadas do Ganhando o Mundo e Ganhando o Mundo Agrícola
Educação abre inscrições para professores e servidores interessados em ser diretores
Educação abre inscrições para professores e servidores interessados em ser diretores
Educação promove capacitação de diretores da rede e gestores dos Núcleos Regionais
Educação promove capacitação de diretores da rede e gestores dos Núcleos Regionais
Educação divulga lista preliminar das inscrições do Ganhando o Mundo Diretor 
Educação divulga lista preliminar das inscrições do Ganhando o Mundo Diretor 
Piana autoriza a construção de novo colégio estadual para 850 alunos em Ponta Grossa
Piana autoriza a construção de novo colégio estadual para 850 alunos em Ponta Grossa
Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais