CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Para expandir apoio ao agronegócio, Adapar ganha 110 veículos e novos equipamentos
Governador Carlos Massa Ratinho Junior entrega 110 veículos para Adapar e faz 14 milhões de investimentos.Foto: Gilson Abreu/AEN

Para expandir apoio ao agronegócio, Adapar ganha 110 veículos e novos equipamentos

Os equipamentos e veículos estão sendo destinados aos 21 escritórios regionais da Adapar e vão fortalecer o trabalho de fiscalização do trânsito agropecuário e também os......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Para expandir apoio ao agronegócio, Adapar ganha 110 veículos e novos equipamentos
Governador Carlos Massa Ratinho Junior entrega 110 veículos para Adapar e faz 14 milhões de investimentos.Foto: Gilson Abreu/AEN

O governador Carlos Massa Ratinho Junior entregou nesta segunda-feira (22) 393 novos computadores e 50 caminhonetes para reforçar o trabalho da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar). Este é o primeiro lote de veículos entregues, de um total de 110 adquiridos para renovar a frota da agência, que utiliza os mesmos carros desde a sua criação, em 2011. São R$ 16,1 milhões em investimentos, sendo R$ 15,5 milhões de recursos próprios da Adapar e R$ 597 mil de um convênio com o Ministério da Agricultura e Pecuária. 

Os equipamentos e veículos estão sendo destinados aos 21 escritórios regionais da Adapar e vão fortalecer o trabalho de fiscalização do trânsito agropecuário e também os outros serviços prestados pela agência, que é responsável por promover a sanidade animal e vegetal no Estado, prestando um trabalho fundamental para a produção de alimentos com qualidade e segurança e para a proteção da saúde pública e do meio ambiente. 

A atuação da Adapar, ressaltou o governador, ajuda o Paraná a conquistar reconhecimentos internacionais de qualidade na produção agropecuária, como o selo de área livre de febre aftosa sem vacinação, que completa dois anos nesta semana. Isso permite ampliar a presença o Estado, que é um dos maiores produtores e exportadores de alimentos do País, em novos mercados mundiais.

“A Adapar busca melhorar, cada vez mais, o grau de qualidade sanitária dos produtos paranaenses, em consonância ao que é exigido ao redor do mundo”, afirmou Ratinho Junior. ‘Ela está em contato todos os dias com os nossos agricultores, faz esse importante trabalho de fiscalização e instrui os produtores para buscar a segurança dos alimentos produzidos no Paraná”. 

Todo esse trabalho é fortalecido com a frota nova e com equipamentos mais modernos, salientou Ratinho Junior. “Eles trazem mais agilidade e acesso à tecnologia aos profissionais da Adapar, consolidando o Paraná como o estado com uma das melhores estruturas de defesa agropecuária do País”, disse. “Isso também reforça o compromisso do nosso governo em fortalecer a agricultura paranaense, que chega a cada vez mais lugares do mundo”. 

O secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, explicou que além da estrutura física, o Estado também investe em recursos humanos. Está previsto para este ano um concurso público para a contratação de médicos veterinários, engenheiros agrônomos e técnicos agropecuários para a Adapar. “Há um esforço do Estado para investir em gente, estrutura administrativa, veículos e equipamentos para a agência”, afirmou. 

“A Adapar é o nosso braço técnico especializado do Estado, um time altamente qualificado que tem a importante missão de proteger aquilo que fazemos de melhor no Paraná, que é produzir comida”, salientou Ortigara. “Os profissionais estão presentes em todos os rincões do Estado para prevenir, controlar e erradicar pragas e doenças que possam acometer nossa produção. A agência contribui com essa visão estratégica do Paraná que mira o mundo, para produzir alimentos para todo o planeta”. 

ESTRUTURAÇÃO – O diretor-presidente da Adapar, Otamir Martins, explicou que a melhora na estrutura da agência reforça o sistema de defesa agropecuária paranaense. “Nosso objetivo é renovar a frota de veículos nos próximos quatro anos e também modernizar toda a estrutura da agência. As caminhonetes, por exemplo, vão facilitar o atendimento aos produtores e agilizar nosso principal papel, que é a fiscalização, para fortalecer a vigilância e proteger o Estado contra a entrada de doenças vegetais e animais”, explicou. 

Os veículos são essenciais para que os profissionais da Adapar possam se deslocar com agilidade e segurança até as propriedades onde ocorrem a produção, o armazenamento, a comercialização e o transporte dos produtos agropecuários. Eles também serão utilizados no transporte de equipamentos e insumos utilizados no controle de pragas e doenças, como por exemplo, vacinas e produtos químicos, além de materiais utilizados na coleta de amostras para análise laboratorial. 

Além disso, eles dão mais agilidade a uma das principais ações da Adapar, que é a fiscalização dos produtos de origem animal e vegetal que entram no Estado, inclusive de animais vivos. Somente em 2022, os profissionais da Adapar realizaram mais de 140 mil ações de fiscalização volante nas rodovias e nos 30 Postos de Fiscalização do Trânsito Agropecuário distribuídos nas divisas do Paraná com os estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina. 

Os veículos também são importantes para a realização de ações de emergenciais, como a identificação e eliminação de focos de doenças contagiosas que possam afetar a saúde pública e a produção agropecuária. Outra função importante é o transporte dos profissionais para treinamentos, capacitações, reuniões e eventos relacionados ao setor agropecuário.

Isso reflete no trabalho lá na ponta, afirmou Paulo Paiva, gerente regional da Adapar em Cornélio Procópio, no Norte do Estado. “Nosso trabalho de defesa agropecuária garante os status que o Estado precisa para produzir e exportar alimentos com qualidade e fiscalizamos os insumos que vão para o produtor, para que eles recebam produtos de boa qualidade. E para isso é preciso ter boas condições de trabalho”, disse. 

Já os computadores ajudam a otimizar o trabalho dos profissionais da agência, permitindo o processamento de dados, o armazenamento de informações relevantes e a realização de análises e pesquisas necessárias para a tomada de decisões estratégicas. 

PRESENÇAS – Participaram da entrega o vice-governador Darci Piana; os diretores-presidentes da Ceasa, Éder Bublitz; e do IDR-Paraná, Solange Maria da Rosa (interina); os deputados estaduais Anibelli Neto, Luís Corti, Adão Litro, Márcio Pacheco e Gilberto Ribeiro; e técnicos da Adapar.

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

Estão abertas as inscrições para a 22ª edição do concurso Café Qualidade Paraná
Estão abertas as inscrições para a 22ª edição do concurso Café Qualidade Paraná
Encontro na Expoingá discute desafios e oportunidades da pecuária leiteira do Paraná
Encontro na Expoingá discute desafios e oportunidades da pecuária leiteira do Paraná
Estado inaugura pavimentação de estrada que liga Paraíso do Norte a Nova Aliança do Ivaí
Estado inaugura pavimentação de estrada que liga Paraíso do Norte a Nova Aliança do Ivaí
Mudanças climáticas: Paraná participa de debate sobre emissão de carbono no agro
Mudanças climáticas: Paraná participa de debate sobre emissão de carbono no agro
Paraná pode produzir até 750 mil sacas de café em 172 municípios em 2024, aponta boletim
Paraná pode produzir até 750 mil sacas de café em 172 municípios em 2024, aponta boletim
Em apoio ao RS, Adapar aceita que agroindústrias gaúchas comercializem no Paraná
Em apoio ao RS, Adapar aceita que agroindústrias gaúchas comercializem no Paraná
Com apoio do IDR-PR, região de Maringá ganha nova rota de turismo rural
Com apoio do IDR-PR, região de Maringá ganha nova rota de turismo rural
Com apoio de IDR-PR, região de Maringá ganha nova rota de turismo rural
Com apoio de IDR-PR, região de Maringá ganha nova rota de turismo rural
Com tecnologia, lucro com a banana supera renda com a soja em Novo Itacolomi
Com tecnologia, lucro com a banana supera renda com a soja em Novo Itacolomi
Com iniciativas pioneiras e apoio das indústrias, Paraná reforça controle do greening
Com iniciativas pioneiras e apoio das indústrias, Paraná reforça controle do greening
No Paraná, vazio sanitário da soja terá escalonamento conforme as regiões do Estado
No Paraná, vazio sanitário da soja terá escalonamento conforme as regiões do Estado
Proteção das lavouras no Paraná: serviço Alerta Geada começa nesta terça-feira
Proteção das lavouras no Paraná: serviço Alerta Geada começa nesta terça-feira
Proteção das lavouras: serviço Alerta Geada começa nesta terça-feira
Proteção das lavouras: serviço Alerta Geada começa nesta terça-feira
Governador em exercício destaca força do agro paranaense em visita à Expoingá
Governador em exercício destaca força do agro paranaense em visita à Expoingá
Propriedade rural de Apucarana vira referência regional na produção de tomate orgânico
Propriedade rural de Apucarana vira referência regional na produção de tomate orgânico
Com apoio da Ceasa, Paraná envia nova remessa com mais 400 toneladas de doações ao RS
Com apoio da Ceasa, Paraná envia nova remessa com mais 400 toneladas de doações ao RS
Boletim Agrometeorológico de abril aponta chuvas acima da média e boas condições na safra
Boletim Agrometeorológico de abril aponta chuvas acima da média e boas condições na safra
Dia das Mães: produção de rosas dobrou de tamanho no Paraná na última década
Dia das Mães: produção de rosas dobrou de tamanho no Paraná na última década
IDR-PR leva Vitrine do Biogás e do Biometano à Expoingá 2024
IDR-PR leva Vitrine do Biogás e do Biometano à Expoingá 2024
Piana destaca importância da tecnologia no agronegócio na abertura da Copacol Agro
Piana destaca importância da tecnologia no agronegócio na abertura da Copacol Agro
Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais