CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Tecnologia de reconhecimento facial na chamada chega a 1,6 mil colégios da rede estadual
Reconhecimento facial na chamada chega a 1,6 mil colégios da rede estadualFoto: Lucas Fermin/SEED

Tecnologia de reconhecimento facial na chamada chega a 1,6 mil colégios da rede estadual

Tudo começou no início desse ano letivo com o cadastro de fotos dos alunos pelo aplicativo Escola Paraná. Após essa etapa, a chamada em sala é......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Tecnologia de reconhecimento facial na chamada chega a 1,6 mil colégios da rede estadual
Reconhecimento facial na chamada chega a 1,6 mil colégios da rede estadualFoto: Lucas Fermin/SEED

Novidade implementada neste ano na rede estadual de ensino, a chamada por reconhecimento facial chegou a 1.667 colégios em maio. A nova solução possibilita que os professores façam a chamada usando o celular, que reconhece os estudantes por biometria facial, agilizando um processo até então muito manual: a famosa lista de chamada no começo das aulas. Essas imagens não ficam armazenadas no dispositivo ou com os docentes, garantindo direito à privacidade das crianças.

Tudo começou no início desse ano letivo com o cadastro de fotos dos alunos pelo aplicativo Escola Paraná. Após essa etapa, a chamada em sala é feita por meio do aplicativo Escola Paraná Professores ou pelo Registro de Classe Online (RCO), que é acessado em um navegador de internet, ambos desenvolvidos pela Celepar. Os professores podem tirar até quatro fotos da turma, e a presença é concedida de forma cumulativa para cada registro fotográfico, apresentando o número de estudantes reconhecidos em cada foto.

A lista de presença completa então aparece na tela e o professor pode fazer ajustes manuais caso algum estudante não tenha sido reconhecido. 

“Essa solução está disponível em mais de 1,6 mil escolas ao professor. No momento em que for fazer a chamada, em vez de fazê-la nominalmente, o que leva muito mais tempo, ele tira de uma a quatro fotos da turma e a própria solução indica quem está presente. Processadas as imagens, basta que o professor confirme”, explica o diretor de Tecnologia e Inovação da Secretaria de Estado da Educação (Seed-PR), Claudio Aparecido de Oliveira.

“Com o amadurecimento da solução, que começou como um projeto-piloto em 89 escolas, fomos aperfeiçoando e adequando o processo à realidade da rede. É uma novidade a mais dentro da transformação tecnológica que estamos promovendo”, completa Oliveira.

Segundo ele, além de reduzir o tempo de chamada – em média 5 minutos (ou até mais) por aula, chamando aluno por aluno –, o objetivo é ter um registro de frequência mais preciso por meio da solução que une inteligência artificial e biometria. Nesse modelo, também não há risco de alguém responder a chamada por outra pessoa.

A ferramenta contratada pela Seed-PR segue padrões e leis de privacidade e segurança de dados. “Nem a foto do cadastro biométrico nem a do registro da frequência do dia a dia fica no dispositivo local do usuário [que tirou a foto]. É uma imagem enviada ao servidor da Celepar, criptografada e à qual não há acesso direto, somente via datacenter da Celepar. Temos total segurança e cuidado com relação ao armazenamento dessas imagens dos alunos, seguindo a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais”, complementa Oliveira.

EVOLUÇÃO – Professores de uma das primeiras escolas a receber o projeto-piloto, o Colégio Estadual Cívico-Militar República Oriental do Uruguai, na Capital, relatam a evolução da tecnologia durante o primeiro trimestre. “Estou usando desde o início do ano e estou gostando muito. No começo o aplicativo foi implementado como um teste, mas foi melhorando com o passar do tempo e agora reconhece 100% dos nossos alunos”, diz Eliane Vieira Lorenz, professora de Matemática.

Professor de Física da instituição, Matheus Henrique Reule também viu a nova tecnologia como uma evolução e comentou sobre a adaptação dos estudantes. “Os alunos mesmo tinham dificuldade de entender que a chamada seria feita por foto, mas agora, alguns meses depois da implementação, já estão bem mais acostumados e a gente não perde tanto tempo”, pondera. 

Reule diz que faz quatro fotos da frente da sala: uma do lado direito, outra do esquerdo e duas do centro. “Geralmente capto duas vezes cada aluno e não estou tendo problemas. Num contexto mais amplo, a solução também auxilia o professor que é mais novo na escola ou na sala, do PSS por exemplo, que às vezes não tem tanto conhecimento dos alunos. A ferramenta evita uma presença errada”, afirma.

Até o início de junho, a previsão da Seed-PR é implementar uma nova funcionalidade na solução: o aproveitamento de chamada. Ou seja, se numa primeira aula houve o registro de chamada por reconhecimento facial, o professor da segunda aula não vai precisar fazer novamente, simplesmente aproveitando a chamada da aula anterior, mas com acesso à lista dos presentes para conferir, fazer possíveis ajustes e confirmar.

Para Reule, esse “reaproveitamento” será interessante. “Mais uma facilitação. Precisaria conferir, claro, mas quanto mais facilitar a vida do professor, melhor”. Eliane concorda: “O aplicativo melhorou muito desde o início e com essa ampliação vai ficar melhor ainda. Os estudantes já se acostumaram com o processo. No começo tinham dúvidas para onde ia a foto, e ficavam um pouco tímidos em relação a isso, mas agora todo mundo está seguro. Vai agilizar bastante”, afirma.

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

Presidente do STF ministra palestra para estudantes do Colégio Estadual do Paraná
Presidente do STF ministra palestra para estudantes do Colégio Estadual do Paraná
Escola estadual de Maringá se transforma em cenário de jogo online criado por alunos
Escola estadual de Maringá se transforma em cenário de jogo online criado por alunos
Alunos da rede estadual se engajam no combate à dengue no Paraná
Alunos da rede estadual se engajam no combate à dengue no Paraná
Estado abre inscrições para maior edição do Ganhando o Mundo, com 1,2 mil alunos
Estado abre inscrições para maior edição do Ganhando o Mundo, com 1,2 mil alunos
Estado atualiza planilha de investimentos da Copel com recursos para novas escolas
Estado atualiza planilha de investimentos da Copel com recursos para novas escolas
Em parceria com Senai, Estado inicia cursos profissionalizantes a mais de 2 mil alunos
Em parceria com Senai, Estado inicia cursos profissionalizantes a mais de 2 mil alunos
Governador anuncia mais R$ 100 milhões para reformas de escolas estaduais
Governador anuncia mais R$ 100 milhões para reformas de escolas estaduais
Ganhando o Mundo: Estado vai levar 200 diretores da rede para capacitação no Chile
Ganhando o Mundo: Estado vai levar 200 diretores da rede para capacitação no Chile
Educação promove seminário com mais de 2 mil diretores da rede para ampliar integração
Educação promove seminário com mais de 2 mil diretores da rede para ampliar integração
Rede estadual abre inscrições para contratar professores para Educação Profissional
Rede estadual abre inscrições para contratar professores para Educação Profissional
Governo divulga lista dos nomes dos 1.144 professores convocados para a rede estadual
Governo divulga lista dos nomes dos 1.144 professores convocados para a rede estadual
Relato de professor sobre rigidez em penitenciária viraliza na web
Relato de professor sobre rigidez em penitenciária viraliza na web
Governo autoriza convocação de mais 1.144 professores aprovados no último concurso
Governo autoriza convocação de mais 1.144 professores aprovados no último concurso
Ganhando o Mundo: 950 alunos da rede estadual já embarcaram para intercâmbio em 2024
Ganhando o Mundo: 950 alunos da rede estadual já embarcaram para intercâmbio em 2024
Com novos produtos, Governo conclui entrega da 1ª remessa de alimentos da merenda
Com novos produtos, Governo conclui entrega da 1ª remessa de alimentos da merenda
Com novos professores e 908 mil alunos, rede estadual volta às aulas na segunda-feira
Com novos professores e 908 mil alunos, rede estadual volta às aulas na segunda-feira
Colégios agrícolas do Paraná vão receber 23 drones durante o Show Rural
Colégios agrícolas do Paraná vão receber 23 drones durante o Show Rural
Com 187 embarques desta segunda, 579 estudantes da rede estadual já iniciaram intercâmbio
Com 187 embarques desta segunda, 579 estudantes da rede estadual já iniciaram intercâmbio
Conferência no DF vai orientar plano de educação, diz ministro
Conferência no DF vai orientar plano de educação, diz ministro
Rede estadual de educação tem vagas para tradutores e intérpretes de Libras
Rede estadual de educação tem vagas para tradutores e intérpretes de Libras

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais