CONECTE-SE CONOSCO

Cascavel

Homem que comprou passagem de avião e acabou em ônibus quebrado irá receber R$ 7.500 da Azul

Transtorno ocorreu durante retorno do Rio Grande do Sul a Cascavel

Publicado

em

Assessoria

Uma sentença publicada esta semana pelo Juizado Especial Cível de Cascavel condenou a Azul a pagar R$ 7.500 de indenização a um passageiro.

O homem voltava de Porto Alegre, na noite de 10 de fevereiro deste ano, quando em uma conexão em Curitiba, dez minutos antes do embarque, foi informado que o avião teve um problema mecânico.

Segundo o passageiro só foi oferecido voo às 16 horas do outro dia, sem custeio de hotel, ou a possibilidade de voltar da Capital de ônibus, sem auxílio com refeições. Como precisava trabalhar no dia seguinte ele optou por vir de ônibus.

O problema é que após uma hora e meia de viagem o ônibus teve problemas mecânicos e os passageiros precisaram esperar por duas horas, às margens da BR-277, por um novo veículo.

Ele acabou chegando a Cascavel atrasado para o dia de trabalho. O homem que é advogado pediu R$ 15 mil de danos morais.

A justiça considerou que de fato houve dano e a Azul não negou a versão do autor. O valor da indenização pedido, no entanto, foi considerado exagerado e acabou fixado em R$ 7.500.

A sentença do juiz leigo Sérgio Ricardo Tinoco foi homologada pelo juiz Valmir Zaias Cosechen. Ainda cabe recurso da decisão.


Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Participe do nosso grupo no Whatsapp ou do nosso canal no Telegram

Publicidade

Copyright 2021 CGN ® Todos os direitos reservados