CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Governo anuncia R$ 100 milhões para prédios públicos eficientes
© Tomaz Silva/Agência Brasil

Governo anuncia R$ 100 milhões para prédios públicos eficientes

A publicação do edital está prevista para o 2º semestre deste ano. A seleção estará aberta para prédios públicos municipais, estaduais e federais. O objetivo é......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Governo anuncia R$ 100 milhões para prédios públicos eficientes
© Tomaz Silva/Agência Brasil

Uma iniciativa do governo federal vai destinar R$ 100 milhões para estimular reformas em prédios públicos, de forma que as edificações reduzam o consumo de energia elétrica e tenham fontes renováveis de energia. O programa é uma chamada pública anunciada nesta segunda-feira (10) pelo Ministério de Minas e Energia (MME), durante a inauguração de um prédio modelo, no Rio de Janeiro.

A publicação do edital está prevista para o 2º semestre deste ano. A seleção estará aberta para prédios públicos municipais, estaduais e federais. O objetivo é que as edificações alcancem o nível “energia zero”, o que significa uso eficiente e geração energética própria, de forma que o saldo de consumo de energia vinda distribuidores fique igual ou próximo a zero.

Além das reformas, a verba financiará a instalação de sistemas de geração de energia limpa, como a solar.

O secretário Nacional de Transição Energética e Planejamento do MME, Thiago Barral, explicou que um dos critérios para a seleção dos projetos de reforma beneficiados é o potencial de redução no consumo. Ou seja, quanto maior a economia de energia, maior a chance de um projeto ser selecionado.

Secretário de transição energética e planejamento, Thiago Barral na inauguração do Espaço Near Zero no Rio  Tomaz Silva/Agência Brasil

A consulta dará prioridade a edificações que têm como finalidades acolher serviços de saúde, de educação e administrativos. Outro critério de seleção será geográfico.

“A gente quer diversificar geograficamente, projetos nas várias regiões do país. A gente está buscando esse critério de diversidade geográfica, principalmente, porque cada região tem características que exigem soluções diferentes”, explicou o secretário do MME.

Barral considera que iniciativa para otimização do consumo de energia no setor de edificações é “fundamental para uma transição energética justa e inclusiva”.

Os recursos serão provenientes do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel), executado pela Empresa Brasileira de Participações em Energia Nuclear e Binacional (ENBPar), vinculada ao MME.

De acordo com o Procel, as edificações representam um dos grandes consumidores do setor elétrico, sendo responsáveis por aproximadamente 50% da demanda total no país.

Casa Nzeb

O anúncio da chamada pública aconteceu na inauguração do Espaço Nzeb, na Ilha do Fundão, zona norte do Rio de Janeiro. Nzeb é uma referência ao conceito Near Zero Energy Building, ou seja, edificação com consumo de energia próximo de zero, por causa de eficiência energética e geração sustentável.

O Espaço Nzeb foi construído pelo Centro de Pesquisa de Energia Elétrica (Cepel), instituição sem fins lucrativos criada pela Eletrobras. O empreendimento foi vencedor de um concurso feito pelo Procel em 2020, que buscava iniciativas que servissem de exemplo para o baixo consumo de energia e mínimo impacto ao meio ambiente.

Projeto financiará sistemas de geração de energia limpa, como a solar – Tomaz Silva/Agência Brasil

A construção foi projetada com uma série de artifícios que beneficiam o baixo. O telhado e algumas paredes têm cobertura vegetação, como se fossem jardins. Além disso, a casa é cercada por espelho d’água. São fatores que reduzem a radiação térmica no interior e diminui a necessidade de uso de aparelhos de ar-condicionado.

No telhado e no quintal há painéis fotovoltaicos que captam a energia do sol e a transformam em eletricidade limpa.

A casa fica na Cidade Universitária, bairro carioca que reúne o campus da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e instituições de pesquisa de tecnologia.

O gerente do Procel na área de edificações, indústria e comunicação, George Soares, explicou que uma das funções do espaço é justamente ser uma espécie de laboratório vivo para pesquisa e desenvolvimento de tecnologias inovadoras, sendo aberta para estudantes, profissionais e público em geral.

“A importância dessa casa é servir de um centro de referência no qual a comunidade científica faça experiências na área de edificação, automação e interação com o setor elétrico. A tendência é que o setor elétrico fique cada vez mais flexível, assim como a automação da casa se popularize. Essa conjunção de flexibilidade tem que ter um lugar onde se possa fazer as experiências, esse lugar é essa casa e outras três que estão sendo desenvolvidas”, disse à Agência Brasil.

Além da construção do Cepel, outros projetos Near Zero Energy Buildings vencedores da chamada pública promovida pelo Procel em 2020 são da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL), Universidade de Brasília (UnB) e da Universidade Federal da Integração Latino-americana (Unila).

Oportunidade para o país

Para o vice-presidente de Tecnologia e Inovação da Eletrobras, Juliano Dantas, o investimento em tecnologia na área de energia elétrica tem uma ligação umbilical com a transição energética, isto é, com um cenário em que o consumo de energia fóssil, mais poluente, perde relevância ante fontes renováveis e limpas. 

Dantas defende uma união entre Estado e iniciativa privada para criar uma estratégia que “visualize como o país captura essa grande oportunidade que se desenha à nossa frente”.

Fonte: Agência Brasil

Notícias Relacionadas:

Arroz e feijão orgânicos: alimentação nas escolas estaduais ainda mais saudável
Arroz e feijão orgânicos: alimentação nas escolas estaduais ainda mais saudável
Ganhando o Mundo: estudantes desembarcam em Curitiba e Londrina
Ganhando o Mundo: estudantes desembarcam em Curitiba e Londrina
Biofábrica Wolbachia: Londrina e Foz do Iguaçu terão nova tecnologia de combate à dengue
Biofábrica Wolbachia: Londrina e Foz do Iguaçu terão nova tecnologia de combate à dengue
Hospital Zona Norte de Londrina zera fila de cirurgias de pacientes com hanseníase
Hospital Zona Norte de Londrina zera fila de cirurgias de pacientes com hanseníase
Educação avança mais uma etapa na seleção do Ganhando o Mundo Diretor
Educação avança mais uma etapa na seleção do Ganhando o Mundo Diretor
Educação divulga lista de classificados da 3ª etapa da Olimpíada de Matemática
Educação divulga lista de classificados da 3ª etapa da Olimpíada de Matemática
Compartilhamento de conteúdo educacional é tema de encontro do G20
Compartilhamento de conteúdo educacional é tema de encontro do G20
Sesa inicia atividades do PlanificaSUS Saúde Mental para a Macrorregião Norte
Sesa inicia atividades do PlanificaSUS Saúde Mental para a Macrorregião Norte
Prazos finais: confira as datas de inscrições por categorias para o Concurso Agrinho 2024
Prazos finais: confira as datas de inscrições por categorias para o Concurso Agrinho 2024
“Estamos muito aquém do que se faz nas redes de direita”, diz Nísia
“Estamos muito aquém do que se faz nas redes de direita”, diz Nísia
Boletim semanal da dengue registra 18.306 novos casos e 15 óbitos no Paraná
Boletim semanal da dengue registra 18.306 novos casos e 15 óbitos no Paraná
Saúde monitora serpentes no Estado e garante soro que neutraliza ação do veneno
Saúde monitora serpentes no Estado e garante soro que neutraliza ação do veneno
Alunos do Ganhando o Mundo de Campo Mourão ganham apoio do Núcleo Regional de Educação
Alunos do Ganhando o Mundo de Campo Mourão ganham apoio do Núcleo Regional de Educação
Alunos do Ganhando o Mundo de Campo Mourão ganham apoio psicológico para desafios
Alunos do Ganhando o Mundo de Campo Mourão ganham apoio psicológico para desafios
Férias: atualizar a carteira de vacinação protege crianças e jovens em passeios e viagens
Férias: atualizar a carteira de vacinação protege crianças e jovens em passeios e viagens
Educação investe R$ 500 mil no projeto Partiu Museu
Educação investe R$ 500 mil no projeto Partiu Museu
Ganhando o Mundo, EJA e outras atividades não param durante o recesso escolar
Ganhando o Mundo, EJA e outras atividades não param durante o recesso escolar
Estudantes do Ganhando o Mundo retornam da Austrália com novas experiências
Estudantes do Ganhando o Mundo retornam da Austrália com novas experiências
Estudantes do Ganhando o Mundo retornam da Austrália com muita experiência na bagagem
Estudantes do Ganhando o Mundo retornam da Austrália com muita experiência na bagagem
Secretaria da Saúde vai incentivar adesão a programa que agiliza exames e consultas especializadas
Secretaria da Saúde vai incentivar adesão a programa que agiliza exames e consultas especializadas
Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais