CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a 476 documentos de pessoas privadas de liberdade são regularizados no Paraná
Foto: PPPR

476 documentos de pessoas privadas de liberdade são regularizados no Paraná

Idealizada pela Corregedoria Nacional de Justiça (CNJ), a semana teve atividades em todo o país. No Paraná, duas unidades localizadas no Complexo Penitenciário de Piraquara foram......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a 476 documentos de pessoas privadas de liberdade são regularizados no Paraná
Foto: PPPR

O Paraná teve participação ativa na 2ª edição da Semana Nacional de Registro Civil, o “Registre-se”, programa que visa o acesso a documentos civis básicos a todos os brasileiros, em especial aos públicos considerados mais vulneráveis. A Polícia Penal do Paraná e a Corregedoria Estadual de Justiça regularizaram 476 documentos pessoais de apenados que cumprem pena no sistema prisional do Estado.

Idealizada pela Corregedoria Nacional de Justiça (CNJ), a semana teve atividades em todo o país. No Paraná, duas unidades localizadas no Complexo Penitenciário de Piraquara foram escolhidas para as ações: o Centro de Integração Social (CIS) e a Penitenciária Central do Estado – Unidade de Progressão (PCE-UP). A primeira é exclusiva para o público feminino e a segunda para o masculino.

Já os egressos do sistema prisional do Paraná que precisavam desta regularização foram atendidos no Complexo Social de Curitiba e também através da unidade móvel da Divisão de Monitoração Eletrônica (DME), da Polícia Penal. 

Os 476 documentos regularizados, entre RG e certidões de nascimento, são resultado do atendimento feito nos quatro locais. “Os números aqui se mostraram muito significativos. O objetivo desta ação foi atingido e já temos a intenção de dar continuidade no programa de forma contínua no Estado todo”, disse o diretor-geral da Polícia Penal do Paraná, Reginaldo Peixoto. 

“O retorno ao convívio social é a grande meta de todo o trabalho que é realizado em prol de uma pessoa privada de liberdade, pois garante dignidade para esta parcela da população”, complementa o diretor-adjunto da PPPR, Maurício Ferracini. Para a realização do projeto, a Polícia Penal, a Corregedoria Estadual de Justiça, o Instituto de Identificação (Polícia Civil) e a Associação do Registro Civil das Pessoas Naturais do Estado do Paraná (Arpen-PR) atuaram em parceria.

O PROGRAMA – O provimento nº 140 de 22 de fevereiro de 2023 estabeleceu o Programa de Enfrentamento ao Sub-registro Civil e de Ampliação ao Acesso à Documentação Básica por Pessoas Vulneráveis, instituindo o “!Registre-se” para que seja realizado anualmente.

As ações para esta fase do programa foram definidas pela Corregedoria Nacional de Justiça e contaram com representantes do Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e do Sistema de Execução de Medidas Socioeducativas (DMF), das corregedorias estaduais, da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen), do Ministério dos Povos Indígenas e da Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai).

De acordo com o CNJ, no ano passado, o Registre-se atendeu mais de 100 mil brasileiros em situação de vulnerabilidade, solucionando pendências referentes ao registro civil, assegurando cidadania a milhares de pessoas.

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

Polícia Civil faz operação contra organização criminosa ligada a furtos e roubos em Piraquara
Polícia Civil faz operação contra organização criminosa ligada a furtos e roubos em Piraquara
Operação Mulher Segura faz mais de 900 prisões em dois meses
Operação Mulher Segura faz mais de 900 prisões em dois meses
Ambulâncias mais modernas do Brasil garantem padrão de qualidade do Siate no Paraná
Ambulâncias mais modernas do Brasil garantem padrão de qualidade do Siate no Paraná
Encontro nacional discute políticas públicas para mulheres privadas de liberdade
Encontro nacional discute políticas públicas para mulheres privadas de liberdade
Batalhão de Polícia Rodoviária apreende 1,48 tonelada de maconha em Sertaneja
Batalhão de Polícia Rodoviária apreende 1,48 tonelada de maconha em Sertaneja
PMSP determina que câmeras devem ser acionadas em todas as ocorrências
PMSP determina que câmeras devem ser acionadas em todas as ocorrências
Tecnologia e reforço em ações policiais reduzem em 64,7% os furto de cargas em Paranaguá
Tecnologia e reforço em ações policiais reduzem em 64,7% os furto de cargas em Paranaguá
PCPR na Comunidade levará serviços de polícia judiciária a Tijucas do Sul, Colombo e Uraí
PCPR na Comunidade levará serviços de polícia judiciária a Tijucas do Sul, Colombo e Uraí
Com investimento de R$ 7 milhões, Polícia Civil inaugura Delegacia Cidadã em Guaíra
Com investimento de R$ 7 milhões, Polícia Civil inaugura Delegacia Cidadã em Guaíra
Reforço na fronteira: Estado inaugura sede da 2ª Companhia do BPFron, em Guaíra
Reforço na fronteira: Estado inaugura sede da 2ª Companhia do BPFron, em Guaíra
Polícia Civil inaugura Delegacia Cidadã em Guaíra
Polícia Civil inaugura Delegacia Cidadã em Guaíra
Nova lei atualiza indenizações por morte ou invalidez nas carreiras da segurança
Nova lei atualiza indenizações por morte ou invalidez nas carreiras da segurança
Polícia Penal promove reestruturação da Colônia Penal Agroindustrial em Piraquara
Polícia Penal promove reestruturação da Colônia Penal Agroindustrial em Piraquara
Polícia Militar do Paraná apreende 5,6 toneladas de maconha em Maringá
Polícia Militar do Paraná apreende 5,6 toneladas de maconha em Maringá
Polícia Científica já concluiu mais de mil requisições de perícia para crimes ambientais
Polícia Científica já concluiu mais de mil requisições de perícia para crimes ambientais
Polícia Científica já emitiu mais de mil requisições de perícia para crimes ambientais
Polícia Científica já emitiu mais de mil requisições de perícia para crimes ambientais
Grande Rio registra média de 17 confrontos por dia, diz estudo
Grande Rio registra média de 17 confrontos por dia, diz estudo
Penitenciária de Foz do Iguaçu desenvolve projetos de ressocialização com parcerias
Penitenciária de Foz do Iguaçu desenvolve projetos de ressocialização com parcerias
Em simulado de ataque a Cascavel, PM coloca em ação Plano de Defesa Territorial
Em simulado de ataque a Cascavel, PM coloca em ação Plano de Defesa Territorial
Lançamento do Junho Paraná sem Drogas premia trabalhos e reforça conscientização
Lançamento do Junho Paraná sem Drogas premia trabalhos e reforça conscientização
Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais