CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Palotina, Almirante Tamandaré e Pinhais vão receber serviços do PCPR na Comunidade
Palotina, Almirante Tamandaré e Pinhais vão receber serviços da PCPR na ComunidadeFoto: Polícia Civil do Paraná

Palotina, Almirante Tamandaré e Pinhais vão receber serviços do PCPR na Comunidade

No Oeste, o programa acontecerá durante a Expo Palotina, no Parque de Exposições João Leopoldo Jacomel, de quinta-feira (16) a domingo (19), das 18h às meia-noite.......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Palotina, Almirante Tamandaré e Pinhais vão receber serviços do PCPR na Comunidade
Palotina, Almirante Tamandaré e Pinhais vão receber serviços da PCPR na ComunidadeFoto: Polícia Civil do Paraná

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) levará nesta semana serviços da polícia judiciária e exposições para a população de Palotina, no Oeste do Estado, e Almirante Tamandaré e Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

No Oeste, o programa acontecerá durante a Expo Palotina, no Parque de Exposições João Leopoldo Jacomel, de quinta-feira (16) a domingo (19), das 18h às meia-noite. Entre os serviços oferecidos estão orientações, registro de boletim de ocorrência, emissão de atestados de antecedentes criminais, exposição de materiais táticos e demonstração de perícia papiloscópica.

Em Almirante Tamandaré, o evento será de quarta-feira (15) a sexta-feira (17), das 9h às 17h, no Ginásio de Esportes Buzatão, na Rua Antônio Batista de Siqueira, n° 712, no Jardim São Domingos. A ação ocorre em parceria com o Paraná em Ação, da Secretaria estadual da Justiça e Cidadania (Seju).

Em Pinhais, a disponibilização dos serviços ocorre no sábado (18), das 9h às 18h, na Escola Municipal Cândido Portinari, localizada na Rua Norberto Ribeiro da Mota, n° 492, no Jardim Cláudia.

Na Região Metropolitana de Curitiba, além dos serviços, orientações, exposições de perícia papiloscópica e materiais táticos, haverá confecção de Carteiras de Identidade Nacional para pessoas que agendaram previamente.

O coordenador do programa, João Mario Goes, destaca que a atividade tem o intuito de promover cidadania à população. “Tem o objetivo de levar os serviços da Polícia Civil e informações até a população de maior vulnerabilidade social. Através do programa, conseguimos orientar crianças e adultos para construir uma segurança pública de qualidade a curto, médio e longo prazo”, disse.

BALANÇO – A PCPR levou serviços para mais de 3,1 mil pessoas durante eventos do que aconteceram de quarta-feira (8) a sábado (11), em Londrina (Norte) e Apucarana (Vale do Ivaí). As ações aconteceram em parceria com o Paraná em Ação, da Secretaria da Justiça e Cidadania (Seju), e Justiça no Bairro, do Tribunal de Justiça do Paraná.

Durante os eventos, foram disponibilizados registro de boletim de ocorrência e emissão de atestados de antecedentes criminais. Ao todo, foram confeccionados 1.556 Carteiras de Identidade Nacional, sendo 666 em Londrina e 890 em Apucarana 890.

“A Polícia Civil tem feito um excelente trabalho atendendo as crianças e a comunidade, e na parte de conscientização, levando informação para toda a população. Essa aproximação é fundamental para que a gente tenha esse acolhimento, tanto da polícia para com as pessoas e das pessoas para com a Polícia Civil”, afirmou o prefeito de Apucarana, Júnior da Femac.

Também houve atividades lúdicas para as crianças e demonstrações de perícia papiloscópica, com o objetivo de mostrar a atuação dos policiais civis e criar uma aproximação com a comunidade.

DEMAIS SERVIÇOS – Além das atividades de Polícia Judiciária, o Paraná em Ação ofertou outros serviços fundamentais a toda comunidade, incluindo orientações, testes rápidos de saúde, oportunidades de emprego, apresentações culturais, atividades esportivas, orientações jurídicas, entre outros. 

O Justiça no Bairro ofereceu outros serviços, entre eles ações jurídicas como divórcio consensual, guarda, pensão alimentícia, união estável, testes de DNA, reconhecimento de paternidade/maternidade, retificação de registro civil, entre outros.   

PROGRAMA – O PCPR na Comunidade é um programa que ocorre regularmente em todo o Paraná. O objetivo é levar serviços de polícia judiciária à população, promover atendimento humanizado, auxiliar na identificação de possíveis vítimas e na conclusão de investigações. Visa, ainda, fortalecer a eficiência na prestação do serviço público e representar a instituição em atividades em prol da sociedade.

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

Museu de Ciências Forenses promove exposições itinerantes em todo o Paraná
Museu de Ciências Forenses promove exposições itinerantes em todo o Paraná
PCPR na Comunidade atenderá funcionários e permissionários da Ceasa Curitiba
PCPR na Comunidade atenderá funcionários e permissionários da Ceasa Curitiba
Polícia Militar intensifica fiscalização nas rodovias durante o Corpus Christi
Polícia Militar intensifica fiscalização nas rodovias durante o Corpus Christi
Programa dará apoio psicológico a profissionais da segurança
Programa dará apoio psicológico a profissionais da segurança
Polícia Civil deflagra operação contra suspeitos de estelionato em Curitiba e RMC
Polícia Civil deflagra operação contra suspeitos de estelionato em Curitiba e RMC
Unidade prisional de Pitanga doa 590 kits com toucas e cachecóis para instituições sociais
Unidade prisional de Pitanga doa 590 kits com toucas e cachecóis para instituições sociais
Polícia Científica promove encontros para atualizar peritos sobre crimes ambientais
Polícia Científica promove encontros para atualizar peritos sobre crimes ambientais
Polícia Científica do Paraná promove curso de reciclagem em perícias ambientais
Polícia Científica do Paraná promove curso de reciclagem em perícias ambientais
PCPR na Comunidade confecciona 2,2 mil Carteiras de Identidade em Maringá
PCPR na Comunidade confecciona 2,2 mil Carteiras de Identidade em Maringá
Paraná foi o estado que mais apreendeu maconha nos três primeiros meses de 2024
Paraná foi o estado que mais apreendeu maconha nos três primeiros meses de 2024
STF analisa transparência na intervenção federal no Rio em 2018
STF analisa transparência na intervenção federal no Rio em 2018
Polícia Científica inaugura sala de acolhimento para vítimas de violência em Campo Mourão
Polícia Científica inaugura sala de acolhimento para vítimas de violência em Campo Mourão
ONG relata torturas, execuções e prisões arbitrárias no Equador
ONG relata torturas, execuções e prisões arbitrárias no Equador
Paraná firma adesão ao Amber Alert para ampliar divulgação de crianças desaparecidas
Paraná firma adesão ao Amber Alert para ampliar divulgação de crianças desaparecidas
Evento marca início da operação de prevenção e combate a incêndios florestais no Paraná
Evento marca início da operação de prevenção e combate a incêndios florestais no Paraná
Evento do CBMPR marca início da operação de prevenção e combate a incêndios florestais
Evento do CBMPR marca início da operação de prevenção e combate a incêndios florestais
Com mais de 200 policiais, Estado intensifica atuação das forças de segurança no Oeste
Com mais de 200 policiais, Estado intensifica atuação das forças de segurança no Oeste
PCPR e PMPR cumprem 19 mandados contra grupo ligado a homicídios em Cascavel
PCPR e PMPR cumprem 19 mandados contra grupo ligado a homicídios em Cascavel
Governador autoriza promoção de 2.337 policiais civis, a maior da história da instituição
Governador autoriza promoção de 2.337 policiais civis, a maior da história da instituição
Níveis médio, técnico e superior: PCPR oferta 97 vagas de estágio em 40 municípios
Níveis médio, técnico e superior: PCPR oferta 97 vagas de estágio em 40 municípios
Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais