CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Pesquisa online: paranaenses podem contribuir na formulação de políticas de turismo
Pesquisa online: paranaenses podem contribuir na formulação de políticas de turismo - Na foto, Parque histórico em CarambeíFoto: José Fernando Ogura/Arquivo AEN

Pesquisa online: paranaenses podem contribuir na formulação de políticas de turismo

O intuito é também identificar os principais destinos e hábitos de consumo de viagens. Para participar basta acessar o formulário AQUI até 31 de maio.......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Pesquisa online: paranaenses podem contribuir na formulação de políticas de turismo
Pesquisa online: paranaenses podem contribuir na formulação de políticas de turismo - Na foto, Parque histórico em CarambeíFoto: José Fernando Ogura/Arquivo AEN

A Secretaria de Estado do Turismo lançou a 2ª edição da pesquisa para conhecer a opinião, experiências, sugestões e percepções da população paranaense sobre a atividade. O levantamento é online, permitindo que os moradores dos 399 municípios do Paraná participem.

O intuito é também identificar os principais destinos e hábitos de consumo de viagens. Para participar basta acessar o formulário AQUI até 31 de maio.

O questionário é rápido e simples. As informações obtidas servirão de base para a formulação de políticas públicas visando o melhor desenvolvimento do setor.

“Buscamos, cada vez mais, melhorar o atendimento ao turista, seja ele de dentro ou de fora do nosso Estado. A opinião de quem vive no Paraná é muito importante para identificar gargalos e pontos a serem melhorados”, afirma o secretário do Turismo, Márcio Nunes.

Por meio do formulário, será possível saber quantas viagens os paranaenses fazem por ano, em média; quais destinos preferem dentro do Estado; quais motivos os levam a viajar e a escolher o destino; como veem o fomento e as políticas de turismo em seus municípios, entre outros itens.

AÇÕES MAIS ASSERTIVAS – Os dados das pesquisas voltadas à população do Paraná ajudam a entender o comportamento do mercado interno e também a pensar em políticas de regionalização do turismo, promoção e comercialização.

Na primeira edição, realizada em abril do ano passado, foram validados 1.880 questionários. Dos participantes, 82,2% (1.545 pessoas) disseram ter planos de viajar no segundo semestre e dentro do próprio Estado.

Em 2022, 37,8% realizaram entre duas e quatro viagens e 28,8% viajaram pelo menos uma vez durante o período. Em viagens dentro do Estado, o carro é o principal meio de locomoção (80,9% participantes) e hotéis (29,4%) e casas de amigos ou parentes (20,6%) lideram os locais de hospedagem. Os resultados da pesquisa feita no ano passado podem ser consultados AQUI.

MAIS DADOS – A Secretaria do Turismo também protagoniza outros levantamentos para entender melhor o perfil dos viajantes. Além deste, que objetiva identificar os hábitos de consumo dos moradores do Paraná, a pasta faz uma busca ativa de turistas que frequentam o Litoral e as praias de água doce durante a alta temporada de verão.

A Sondagem de Opinião foi realizada com 1.876 pessoas nas praias de Guaratuba, Matinhos e Pontal do Paraná, no Litoral, e em Porto Rico e Porto São José, no Noroeste do Estado. O objetivo foi mapear o perfil e as percepções dos turistas (que dormem ao menos uma noite no local) e visitantes do Paraná.

Já a pesquisa Demanda Turística do Litoral do Paraná 2024 abordou 2.419 pessoas com entrevistas feitas, exclusivamente, nos “portões” do Litoral, ou seja, nas rodovias, terminais rodoviários, ferroviários e náuticos, abrangendo Guaratuba, Matinhos, Pontal do Paraná, Antonina, Morretes, Quatro Barras (no Portal de Graciosa) e Paranaguá. O objetivo foi identificar o perfil e a satisfação dos visitantes, além de mensurar o fluxo e os gastos gerados pela atividade na região.

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais