CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Secretaria da Saúde e Pequeno Príncipe promovem seminário sobre prevenção da tuberculose
Seminário atualiza profissionais da saúde sobre a tuberculose e enfatiza a prevençãoFoto: SESA

Secretaria da Saúde e Pequeno Príncipe promovem seminário sobre prevenção da tuberculose

Participam do II Seminário de Tuberculose técnicos de referência desta doença das 22 Regionais de Saúde, do Laboratório Central do Estado do Paraná (Lacen-PR), do Centro......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Secretaria da Saúde e Pequeno Príncipe promovem seminário sobre prevenção da tuberculose
Seminário atualiza profissionais da saúde sobre a tuberculose e enfatiza a prevençãoFoto: SESA

Atualizar profissionais da saúde e estudantes da área sobre a tuberculose (TB), uma das doenças infecciosas que mais mata no mundo, é o objetivo do seminário realizado por meio da parceria da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) e a Faculdade Pequeno Príncipe, nesta quarta e quinta-feira (17 e 18), em Curitiba. O foco é a prevenção.

Participam do II Seminário de Tuberculose técnicos de referência desta doença das 22 Regionais de Saúde, do Laboratório Central do Estado do Paraná (Lacen-PR), do Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar), da Polícia Penal do Paraná (PPPR) e da Vigilância Epidemiológica e Promoção à Saúde estadual e municipais.

Fernanda Dockhorn, do Ministério da Saúde, falou sobre o papel do Paraná no fortalecimento das ações em relação à doença. “O Estado é um exemplo para nós, pois segue as diretrizes nacionais e discute, permanentemente, os pontos a serem trabalhados dentro da Rede. A articulação é muito importante”, disse ela.

O consultor nacional da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a Tuberculose e Hanseníase no Brasil, Kleydson Andrade, foi um dos palestrantes e destacou a conscientização, discussão e promoção da educação em saúde voltada a essa doença milenar, que ainda causa óbitos no Brasil. 

“A prevenção é o caminho, mas também requer esforços coordenados e deve unir forças com outras esferas, como a justiça e assistência social. Ela tem tratamento preventivo e muito eficaz e pode evitar até 92% dos casos da doença”, alertou.

Dentre os assuntos abordados no encontro estão a estratégia global para o enfrentamento da tuberculose, a doença em populações vulneráveis, farmacologia clínica e na abordagem do paciente, as novas tecnologias dentro do Sistema Único da Saúde (SUS) para diagnóstico, além da troca de experiências entre os profissionais.

DOENÇA – Problema de saúde pública, a tuberculose acomete principalmente os pulmões, mas pode atingir outros órgãos ou sistemas, como a pleura, gânglios linfáticos e ossos. O tratamento dura no mínimo seis meses, é gratuito e organizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS), assim como o seu diagnóstico, que pode ser realizado nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).   

O Brasil é um dos 30 países com a maior carga de tuberculose no mundo e faz parte da lista de daqueles prioritários para a TB e dos compromissos internacionais pela eliminação da doença, dentro dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas. Em 2023, foram diagnosticados mais de 80 mil casos novos da doença, com incidência de 37 casos por 100 mil habitantes.

No Paraná, entre 2021 e 2023, houve um aumento de 22,6% no número de casos. Foram 2.650 novos registros, que correspondem à incidência de 22,8/100 mil habitantes, em 2023. Em relação ao coeficiente de mortalidade, considerando que tem tratamento e o óbito é evitável, houve um aumento no Paraná de 29%, com 158 mortes em 2019 e 205, em 2022.

“O Plano Estadual pelo Fim da Tuberculose tem como metas reduzir o coeficiente de incidência para menos de 10 casos por 100 mil habitantes no Paraná até 2030 e o número de óbitos em 95%”, ressaltou a diretora da Atenção e Vigilância, Maria Goretti Lopes. 

“O fortalecimento do cuidado integral às pessoas e comunidades, com estratégias a serem implementadas na Rede de Atenção à Saúde do Paraná (RAS), em alinhamento com o Plano Nacional para o enfrentamento, são prioridade para a Sesa nesta área da saúde”, complementou a diretora.  

A Secretaria da Saúde alerta para sintomas e cuidados que devem ser tomados em relação à tuberculose:

 – Tosse por três semanas ou mais pode ser tuberculose. A recomendação é procurar a UBS mais próxima da residência

 – O tratamento deve ser realizado até o final

 – Os profissionais devem estar atentos às pessoas com sintomas respiratórios

 – O diagnóstico e tratamento estão disponíveis no SUS

 – Toda a criança deve ser vacinada ao nascer com a BCG

 – O acolhimento e o vínculo com a pessoa com tuberculose fazem toda a diferença para adesão ao tratamento e cura da doença

 – Pessoas vivendo com HIV/Aids (PVHA) têm mais chance de adoecer por TB

 – Estigma e discriminação podem afastar as pessoas do tratamento

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

Secretaria da Saúde amplia ações para atuação rápida em situações de emergência
Secretaria da Saúde amplia ações para atuação rápida em situações de emergência
Campanha de vacinação contra a poliomielite começa na segunda-feira em todo o Paraná
Campanha de vacinação contra a poliomielite começa na segunda-feira em todo o Paraná
Frente fria chegando: cuidados básicos e vacinação aumentam proteção contra a gripe
Frente fria chegando: cuidados básicos e vacinação aumentam proteção contra a gripe
Síndrome de May-Thurner pode causar complicações graves, alerta médico
Síndrome de May-Thurner pode causar complicações graves, alerta médico
Boletim da dengue registra 34.360 novos casos e 47 óbitos no Paraná
Boletim da dengue registra 34.360 novos casos e 47 óbitos no Paraná
Estado entrega 24 novas ambulâncias para fortalecer o Samu de Curitiba
Estado entrega 24 novas ambulâncias para fortalecer o Samu de Curitiba
Em expansão, telediagnóstico em dermatologia apresenta bons resultados no Paraná
Em expansão, telediagnóstico em dermatologia apresenta bons resultados no Paraná
Hospital de Rolândia é a 20ª instituição com a certificação Amigo da Criança no Paraná
Hospital de Rolândia é a 20ª instituição com a certificação Amigo da Criança no Paraná
RS: cerca de 3 mil estabelecimentos de saúde podem ter sido impactados
RS: cerca de 3 mil estabelecimentos de saúde podem ter sido impactados
Estado libera R$ 15 milhões para ampliação do Hospital Municipal de Palotina
Estado libera R$ 15 milhões para ampliação do Hospital Municipal de Palotina
Estado aumenta investimentos no Hospital São Lucas para fortalecer cardiologia no Oeste
Estado aumenta investimentos no Hospital São Lucas para fortalecer cardiologia no Oeste
Estado e UEPG confirmam abertura de 22 novos leitos clínicos para Ponta Grossa
Estado e UEPG confirmam abertura de 22 novos leitos clínicos para Ponta Grossa
Doações de leite atenderam 11 mil bebês no Paraná em 2023; rede cobre todo o Estado
Doações de leite atenderam 11 mil bebês no Paraná em 2023; rede cobre todo o Estado
Estado atualiza Plano de Atenção para Diagnóstico e Tratamento do Câncer
Estado atualiza Plano de Atenção para Diagnóstico e Tratamento do Câncer
Com nova vacina da Covid-19, Estado esclarece quem deve receber o imunizante
Com nova vacina da Covid-19, Estado esclarece quem deve receber o imunizante
Pilotos que transportam órgãos encontram adolescente que recebeu um novo coração
Pilotos que transportam órgãos encontram adolescente que recebeu um novo coração
Com foco no atendimento em saúde mental, Paraná inicia novo ciclo do PlanificaSUS
Com foco no atendimento em saúde mental, Paraná inicia novo ciclo do PlanificaSUS
Boletim da Secretaria da Saúde registra 27.627 novos casos de dengue e mais 38 óbitos
Boletim da Secretaria da Saúde registra 27.627 novos casos de dengue e mais 38 óbitos
Governo do RS destina mais R$ 30,3 milhões a ações em saúde e abrigos
Governo do RS destina mais R$ 30,3 milhões a ações em saúde e abrigos
Complexo Hospitalar do Trabalhador promove Semana da Enfermagem em Curitiba
Complexo Hospitalar do Trabalhador promove Semana da Enfermagem em Curitiba
Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais