CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Na trilha e não no trilho: IAT reforça proibição de caminhar na linha férrea do Pico Marumbi
Multa para quem desobedecer a legislação e andar pelos trilhos do Marumbi pode chegar a R$ 10 mil - Parque Estadual Pico do Marumbi Foto: Arnaldo Alves / ANPr.Foto: Arnaldo Alves / ANPr

Na trilha e não no trilho: IAT reforça proibição de caminhar na linha férrea do Pico Marumbi

Conhecido como berço do montanhismo no Brasil pelos quatro picos acessíveis para a escalada que formam o Conjunto Marumbi (Pico Olimpo, com 1.539 metros; Gigante, com......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Na trilha e não no trilho: IAT reforça proibição de caminhar na linha férrea do Pico Marumbi
Multa para quem desobedecer a legislação e andar pelos trilhos do Marumbi pode chegar a R$ 10 mil - Parque Estadual Pico do Marumbi Foto: Arnaldo Alves / ANPr.Foto: Arnaldo Alves / ANPr

O Instituto Água e Terra (IAT), órgão responsável pela administração das Unidades de Conservação (UCs) do Paraná, reforça que é proibido pessoas transitarem sobre o trilho do trem do Parque Estadual Pico do Marumbi, entre Morretes, Piraquara e Quatro Barras. A medida busca a segurança dos visitantes e está amparada pela Lei Federal 6.514/2008. De acordo com o Código Penal Brasileiro, a prática também poder ser considerada criminosa. Há, ainda, penas administrativas, com multas que podem chegar a R$ 10 mil.

Conhecido como berço do montanhismo no Brasil pelos quatro picos acessíveis para a escalada que formam o Conjunto Marumbi (Pico Olimpo, com 1.539 metros; Gigante, com 1.487 metros; Ponta do Tigre, com 1.400 metros; e Abrolhos, com 1.200 metros), a Unidade de Conservação abriga também a histórica linha férrea que liga Paranaguá a Curitiba. O passeio de trem em meio ao verde da Serra do Mar, composto pela Mata Atlântica, é considerado um dos mais bonitos do mundo.

Outros atrativos do parque, cujo acesso acontece pelos trilhos, são as Estações do Marumbi, Engenheiro Lange e também caixas d’água de apoio à linha férrea; o Salto dos Macacos; e o segmento do Caminho do Itupava.

O chefe do Parque Estadual Pico do Marumbi, Gabriel Macedo, destaca que o local é uma Unidade de Conservação de Proteção Integral, uma área regulamentada, com normas para o seu uso e com o objetivo de preservar a natureza.

”É importante que os visitantes façam o cadastro e assinem, obrigatoriamente, o termo de risco nos postos de identificação. Todas essas medidas adotadas não são por acaso, são para a segurança dos visitantes, sendo imprescindível que eles busquem por informações adequadas em meios confiáveis, para que todos tenham uma experiência positiva em ambientes naturais”, afirma.

O termo de risco, diz ele, serve como uma ferramenta de compromisso individual sobre respeitar as normas do parque. Já o cadastro serve como controle de acesso dos visitantes e boletim informativo em casos de necessidade de atendimento, auxiliando a equipe do Pico do Marumbi a localizar os turistas. O parque funciona todos os dias das 8h às 17h, com portaria 24 horas.

MULTA – Segundo a legislação vigente, andar pelos trilhos é uma infração e crime ambiental, podendo resultar em Auto de Infração Ambiental (AIA), documento que dá início a um processo administrativo para apuração e atribuir as devidas punições. O valor da multa para quem estiver no trilho do trem varia de R$ 500 a R$ 10 mil, de acordo com o artigo 90 da Lei Federal 6.514/2008.

Formas de acesso:

A principal forma de acesso é por trem, que sai diariamente, às 8h15, da Rodoferroviária de Curitiba e leva duas horas para chegar até a sede do Parque Estadual Pico do Marumbi, no município de Morretes.

O visitante também pode ir de ônibus, saindo de Curitiba até a rodoviária de Morretes, onde um ônibus municipal vai até o vilarejo de Porto de Cima.

Quem vai de carro de passeio pode seguir pela BR-116 e entrar na Estrada da Graciosa (PR-410), seguindo até o vilarejo de Porto de Cima (PR-411) e chegando no receptivo do IAT de Prainhas. Este trajeto também pode ser feito pela BR-277, virando na PR-408 (acesso a Morretes), seguindo pela PR-411 chegando no receptivo do IAT de Prainhas.

Partindo do receptivo de Prainhas até a Estação Marumbi, existe um trecho de 4,6 km que devem ser percorridos a pé, de bicicleta ou de carro com tração 4×4.

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

Mutirão voluntário recolhe duas toneladas de resíduos sólidos da Ilha do Mel
Mutirão voluntário recolhe duas toneladas de resíduos sólidos da Ilha do Mel
De limpeza de escola a salvamento de animais: a rotina solidária da equipe do IAT no RS
De limpeza de escola a salvamento de animais: a rotina solidária da equipe do IAT no RS
Comitês de bacias deliberam nesta semana plano de segurança e proteção da água
Comitês de bacias deliberam nesta semana plano de segurança e proteção da água
Paranaenses atendem mais de mil animais resgatados em hospital veterinário no RS
Paranaenses atendem mais de mil animais resgatados em hospital veterinário no RS
IAT lança cartilha educativa para crianças sobre o uso e a preservação da água
IAT lança cartilha educativa para crianças sobre o uso e a preservação da água
Com apoio de 11 caminhões-pipa, técnicos do IAT vão atuar por 10 dias no Rio Grande do Sul
Com apoio de 11 caminhões-pipa, técnicos do IAT vão atuar por 10 dias no Rio Grande do Sul
Técnicos do IAT, embarcações e caminhões-pipa: Paraná reforça socorro ao Rio Grande do Sul
Técnicos do IAT, embarcações e caminhões-pipa: Paraná reforça socorro ao Rio Grande do Sul
Case mundial, Floresta Metropolitana recebe indígenas do Canadá para intercâmbio
Case mundial, Floresta Metropolitana recebe indígenas do Canadá para intercâmbio
Apoio técnico do IAT recupera nascente e melhora abastecimento em Faxinal
Apoio técnico do IAT recupera nascente e melhora abastecimento em Faxinal
Um alimento por uma muda: campanha solidária do IAT reforça apoio ao RS
Um alimento por uma muda: campanha solidária do IAT reforça apoio ao RS
Conservação e educação ambiental abrem a agenda de maio dos CBHs do Paraná
Conservação e educação ambiental abrem a agenda de maio dos CBHs do Paraná
Imagens de satélite: 1ª operação remota contra desmatamento aplica R$ 5,9 milhões em multas
Imagens de satélite: 1ª operação remota contra desmatamento aplica R$ 5,9 milhões em multas
Unidades do IAT no Paraná também recebem donativos para ajudar o Rio Grande do Sul
Unidades do IAT no Paraná também recebem donativos para ajudar o Rio Grande do Sul
Com avanço na microdrenagem, obras da Orla de Matinhos atingem 94,13% de conclusão
Com avanço na microdrenagem, obras da Orla de Matinhos atingem 94,13% de conclusão
Paraná tem 55 mil hectares em Reservas Particulares de Patrimônio Natural
Paraná tem 55 mil hectares em Reservas Particulares de Patrimônio Natural
Com reestruturação, IAT retoma vistorias aquáticas no Norte Pioneiro
Com reestruturação, IAT retoma vistorias aquáticas no Norte Pioneiro
Com reforço técnico e de estrutura, IAT retoma vistorias aquáticas no Norte Pioneiro
Com reforço técnico e de estrutura, IAT retoma vistorias aquáticas no Norte Pioneiro
Estado dá início à reestruturação de praças e centro receptivo de turistas na Ilha do Mel
Estado dá início à reestruturação de praças e centro receptivo de turistas na Ilha do Mel
Governo do Estado dá início à reestruturação de quatro estruturas da Ilha do Mel
Governo do Estado dá início à reestruturação de quatro estruturas da Ilha do Mel
IAT fecha trilhas do Anhangava e do Samambaia no dia 1º de maio para tradicional Missa da Paz
IAT fecha trilhas do Anhangava e do Samambaia no dia 1º de maio para tradicional Missa da Paz
Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais