CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a 1,7 mil moradores da Ilha dos Valadares foram atendidos pelo PCPR na Comunidade
1,7 mil moradores da Ilha dos Valadares foram atendidos pelo PCPR na ComunidadeFoto: Gabrielle Sversut/PCPR

1,7 mil moradores da Ilha dos Valadares foram atendidos pelo PCPR na Comunidade

“O PCPR na Comunidade é uma ferramenta extremamente importante para a população, em que a Polícia Civil leva serviços àqueles que mais necessitam”, disse o secretário......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a 1,7 mil moradores da Ilha dos Valadares foram atendidos pelo PCPR na Comunidade
1,7 mil moradores da Ilha dos Valadares foram atendidos pelo PCPR na ComunidadeFoto: Gabrielle Sversut/PCPR

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) levou serviços de polícia judiciária e orientações para mais de 1,7 mil pessoas durante o PCPR na Comunidade, que aconteceu nesta semana, de 19 a 22 de fevereiro, na Ilha dos Valadares, em Paranaguá, no Litoral do Estado. A ação contou com o apoio da prefeitura. Foram disponibilizados registro de boletim de ocorrência, emissão de atestados de antecedentes criminais e emissão da 1ª e 2ª vias da carteira de identidade, totalizando a confecção de 882 RGs.

“O PCPR na Comunidade é uma ferramenta extremamente importante para a população, em que a Polícia Civil leva serviços àqueles que mais necessitam”, disse o secretário estadual da Segurança Pública, Hudson Leôncio Teixeira. “A população da Ilha dos Valadares teve a oportunidade de fazer a carteira de identidade, receber orientações sobre prevenções de crimes, além de atividades recreativas para as crianças. Os policiais fazem um trabalho humanizado, levando segurança pública de qualidade aos cidadãos”.

Os policiais também realizaram pesquisa de percepção de criminalidade e informaram quais medidas que podem ser tomadas ao ser vítima de um crime.

A professora e moradora da Ilha dos Valadares, Michele Vieira, aproveitou a oportunidade para renovar a carteira de identidade e fazer a 1ª via do documento para a filha. Ela conta que a menina sonha em ser policial. “Essa foi uma oportunidade de trazer os filhos para fazer o documento, além de interagirem com os policiais e aprenderem mais sobre a profissão”, afirma.

A PCPR também disponibilizou atividades lúdicas às crianças e materiais educativos. “Temos como objetivo também mostrar para a população e para as crianças que o policial está do lado delas. Nós educamos essas crianças na questão de segurança. Quando educamos, conseguimos construir uma segurança pública de mais qualidade para o futuro. Estamos ofertando o serviço aqui e agora, mas também a médio e longo prazo na vida das pessoas”, explica o coordenador do programa, João Mario Goes.

Na terça-feira (20), uma equipe de papiloscopistas foi até uma residência para fazer o documento de uma mulher acamada. O serviço de atendimento volante existe desde 1994 e garante que cidadãos vulneráveis e com restrição de mobilidade tenham carteira de identidade.

PCPR NA COMUNIDADE – É um programa que ocorre regularmente em todo o Paraná. O objetivo é levar serviços de polícia judiciária à população, promover atendimento humanizado, auxiliar na identificação de possíveis vítimas e na conclusão de investigações, além de fortalecer a eficiência na prestação do serviço público e representar a instituição em atividades em prol da sociedade.

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

PCPR na Comunidade leva serviços para Curitiba, Palmas e Paranaguá nesta semana
PCPR na Comunidade leva serviços para Curitiba, Palmas e Paranaguá nesta semana
Secretaria da Segurança Pública lança operação para reforçar a segurança das mulheres
Secretaria da Segurança Pública lança operação para reforçar a segurança das mulheres
Polícia Civil do Paraná ganha novo sistema de promoções e código disciplinar mais moderno
Polícia Civil do Paraná ganha novo sistema de promoções e código disciplinar mais moderno
PCPR e PCSP prendem suspeito de duplo feminicídio ocorrido em Bandeirantes
PCPR e PCSP prendem suspeito de duplo feminicídio ocorrido em Bandeirantes
Concurso da Polícia Penal do Paraná registra 24.933 inscrições; O Edital prevê vagas para Cascavel
Concurso da Polícia Penal do Paraná registra 24.933 inscrições; O Edital prevê vagas para Cascavel
PCPR na Comunidade percorre Morretes, Antonina e Jandaia do Sul nesta semana
PCPR na Comunidade percorre Morretes, Antonina e Jandaia do Sul nesta semana
Operação Páscoa: balanço da PMPR mostra que mortes caíram 33% nas rodovias estaduais
Operação Páscoa: balanço da PMPR mostra que mortes caíram 33% nas rodovias estaduais
Dia da Mentira: PCPR publica cartilha sobre golpes clássicos e armadilhas digitais
Dia da Mentira: PCPR publica cartilha sobre golpes clássicos e armadilhas digitais
Apesar de indícios de racha, estrutura do PCC já está consolidada
Apesar de indícios de racha, estrutura do PCC já está consolidada
PCPR na Comunidade atende mais de 3,4 mil pessoas em Manoel Ribas e Maringá
PCPR na Comunidade atende mais de 3,4 mil pessoas em Manoel Ribas e Maringá
Polícia Penal desenvolve 254 ações de combate à violência contra a mulher
Polícia Penal desenvolve 254 ações de combate à violência contra a mulher
Pessoas privadas de liberdade confeccionam 1.168 brinquedos para crianças em vulnerabilidade
Pessoas privadas de liberdade confeccionam 1.168 brinquedos para crianças em vulnerabilidade
Prefeitos equatorianos buscam proteção policial em meio à violência
Prefeitos equatorianos buscam proteção policial em meio à violência
Operação Páscoa: Polícia Militar reforça fiscalização nas rodovias estaduais durante feriado
Operação Páscoa: Polícia Militar reforça fiscalização nas rodovias estaduais durante feriado
Mulheres das polícias Civil e Científica ajudam Paraná a ser exemplo na solução de crimes
Mulheres das polícias Civil e Científica ajudam Paraná a ser exemplo na solução de crimes
Operação Átria: PCPR prende 779 pessoas por crimes contra mulheres em março
Operação Átria: PCPR prende 779 pessoas por crimes contra mulheres em março
Mês da Mulher: conheça a policial penal que chefia o trabalho e educação dos presos
Mês da Mulher: conheça a policial penal que chefia o trabalho e educação dos presos
Livro de colorir criado por mulheres privadas de liberdade é usado em APAE de Iporã
Livro de colorir criado por mulheres privadas de liberdade é usado em APAE de Iporã
Cosud apresenta à União e Congresso proposta de endurecimento das leis penais
Cosud apresenta à União e Congresso proposta de endurecimento das leis penais
Polícia Penal e Senai capacitam homens privados de liberdade em Londrina
Polícia Penal e Senai capacitam homens privados de liberdade em Londrina
Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais