CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Operação da PC do Paraná e do Ceará mira falsos advogados que aplicavam golpes
Operação da PC do Paraná e do Ceará mira falsos advogados que aplicavam golpesFoto: PCPR

Operação da PC do Paraná e do Ceará mira falsos advogados que aplicavam golpes

Os criminosos entravam em contato com pessoas que tinham valores a receber em precatórios e faziam cobrança indevidas, utilizando documentos falsos, com a promessa de liberar......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Operação da PC do Paraná e do Ceará mira falsos advogados que aplicavam golpes
Operação da PC do Paraná e do Ceará mira falsos advogados que aplicavam golpesFoto: PCPR

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) e a Polícia Civil do Ceará (PCCE) estão nas ruas desde as primeiras horas da manhã desta quarta-feira (22) para cumprir 83 ordens judiciais contra uma organização criminosa responsável por se passar por escritórios de advocacia e aplicar golpes em diversos estados do Brasil.

Os criminosos entravam em contato com pessoas que tinham valores a receber em precatórios e faziam cobrança indevidas, utilizando documentos falsos, com a promessa de liberar o pagamento do precatório. Ao menos 50 pessoas registraram boletim de ocorrência somente em Curitiba.  

Entre os mandados, estão 20 de prisão e 63 de busca e apreensão. A ação conta com a participação de mais de 200 policiais civis e acontece em Fortaleza, Maracanaú e Pacatuba, no Ceará, e em Guarulhos, no Estado de São Paulo. Conforme apurado, o grupo criminoso tinha como principal alvo vítimas nos estados do Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo.  

De acordo com as investigações, os indivíduos se passavam por representantes de escritórios de advocacia, criavam registros falsos no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) e, ao entrarem em contato com as vítimas, davam informações reais sobre processos dos quais elas eram partes.   

“O grupo criminoso era extremamente organizado, afrontava funções essenciais à justiça se fazendo passar por escritórios de advocacia. Afrontava também o Poder Judiciário falsificando documentos judiciais como acórdãos, sentenças”, explica o delegado da PCPR Emmanoel David.  

Os suspeitos utilizavam diversos números telefônicos para aplicar os golpes via aplicativo de mensagens. Nas conversas pediam dinheiro às vítimas para que enviassem documentos, com a promessa de que receberiam o valor total dos processos jurídicos.   

Nos endereços citados como os supostos escritórios de advocacia funcionavam, na verdade, estabelecimentos como pastelaria e lojas.

As investigações também contaram com o apoio da Ordem de Advogados do Brasil (OAB). 

“A OAB Paraná tem dado suporte às investigações graças ao monitoramento constante dos casos que nos são reportados. Reforçamos tanto para a classe quanto para a comunidade a importância de denunciar esse tipo de situação para que as autoridades policiais possam atuar e erradicar o problema”, ressalta Marilena Winter, presidente da OAB-Paraná.

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

Ratinho Junior defende gabinete de segurança do Sul-Sudeste e endurecimento de leis penais
Ratinho Junior defende gabinete de segurança do Sul-Sudeste e endurecimento de leis penais
PCPR prende 17 pessoas por tráfico de drogas durante operação em Coronel Vivida
PCPR prende 17 pessoas por tráfico de drogas durante operação em Coronel Vivida
Operação das Polícias Civis do PR e do RS combate golpe do bilhete premiado
Operação das Polícias Civis do PR e do RS combate golpe do bilhete premiado
Seção da Polícia Científica bate recorde de perícias em vestígios cibernéticos em 2024
Seção da Polícia Científica bate recorde de perícias em vestígios cibernéticos em 2024
PCPR leva serviços e emissão de atestados a Pinhais e Foz do Iguaçu nesta semana
PCPR leva serviços e emissão de atestados a Pinhais e Foz do Iguaçu nesta semana
São Paulo registra aumento de estupros e latrocínios em janeiro
São Paulo registra aumento de estupros e latrocínios em janeiro
PCPR na Comunidade oferece serviços de polícia judiciária em Pinhais e Foz do Iguaçu
PCPR na Comunidade oferece serviços de polícia judiciária em Pinhais e Foz do Iguaçu
Bombeiros do Paraná têm melhor colocação entre sul-americanos no Grimpday
Bombeiros do Paraná têm melhor colocação entre sul-americanos no Grimpday
Pessoas privadas de liberdade atuam na manutenção de espaços públicos em Guaratuba
Pessoas privadas de liberdade atuam na manutenção de espaços públicos em Guaratuba
PMPR apreende quatro fuzis, 16 pistolas e milhares de munições em São Miguel do Iguaçu
PMPR apreende quatro fuzis, 16 pistolas e milhares de munições em São Miguel do Iguaçu
PCPR deflagra operação contra organização ligada ao tráfico de animais silvestres
PCPR deflagra operação contra organização ligada ao tráfico de animais silvestres
PCPR deflagra operação contra organização ligada ao tráfico de animais silvestres em todo país
PCPR deflagra operação contra organização ligada ao tráfico de animais silvestres em todo país
Concurso com sete vagas na Polícia Penal do Paraná está com inscrições abertas
Concurso com sete vagas na Polícia Penal do Paraná está com inscrições abertas
1,7 mil moradores da Ilha dos Valadares foram atendidos pelo PCPR na Comunidade
1,7 mil moradores da Ilha dos Valadares foram atendidos pelo PCPR na Comunidade
Polícia Militar encontra laboratório com 151 pés de maconha em Colombo
Polícia Militar encontra laboratório com 151 pés de maconha em Colombo
PCPR e PMPR fazem operação contra grupo ligado ao tráfico de drogas em Maringá
PCPR e PMPR fazem operação contra grupo ligado ao tráfico de drogas em Maringá
Helicóptero do Projeto Falcão ajuda a localizar suspeito de roubo preso pela PM na BR-369
Helicóptero do Projeto Falcão ajuda a localizar suspeito de roubo preso pela PM na BR-369
Helicóptero do Projeto Falcão ajuda a localizar e prender suspeito de roubo na BR-369
Helicóptero do Projeto Falcão ajuda a localizar e prender suspeito de roubo na BR-369
Ação na Baixada Santista registra 28 mortes e 700 prisões em fevereiro
Ação na Baixada Santista registra 28 mortes e 700 prisões em fevereiro
Bombeiros do Paraná participam de competição internacional de salvamento em altura pela 1ª vez
Bombeiros do Paraná participam de competição internacional de salvamento em altura pela 1ª vez

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais