CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Ex-presidente da Câmara de Barracão é condenado por assédio sexual e importunação contra três vítimas
Foto: Divulgação/ Google

Ex-presidente da Câmara de Barracão é condenado por assédio sexual e importunação contra três vítimas

O Juízo da Vara Criminal de Barracão condenou o réu a seis anos e três dias de reclusão em regime semiaberto, além do pagamento de R$......

Publicado em

Por CGN 1

Publicidade
Ex-presidente da Câmara de Barracão é condenado por assédio sexual e importunação contra três vítimas
Foto: Divulgação/ Google

Em Barracão, no Sudoeste do estado, um ex-vereador denunciado pelo Ministério Público do Paraná foi condenado pela prática dos crimes de assédio sexual e importunação sexual, praticados contra três servidoras da Câmara Municipal nos anos de 2021 e 2022. Conforme a denúncia, apresentada pela Promotoria de Justiça da comarca, o ex-vereador era presidente do Legislativo na época dos fatos e, no exercício dessa função, assediou as vítimas por diversas vezes.

O Juízo da Vara Criminal de Barracão condenou o réu a seis anos e três dias de reclusão em regime semiaberto, além do pagamento de R$ 5 mil a cada uma das vítimas como indenização por dano moral. Ainda cabe recurso da decisão.

Processo número 0000991-27.2022.8.16.0052

Fonte: MPPR

Notícias Relacionadas:

MPPR em Santo Antônio da Platina denuncia seis pessoas por associação criminosa para a prática de furtos a bancos com uso de explosivos
MPPR em Santo Antônio da Platina denuncia seis pessoas por associação criminosa para a prática de furtos a bancos com uso de explosivos
MPPR oferece denúncia criminal contra homem com HIV que omitiu diagnóstico de ex-companheira e manteve com ela relações sem proteção
MPPR oferece denúncia criminal contra homem com HIV que omitiu diagnóstico de ex-companheira e manteve com ela relações sem proteção
MPPR denuncia por peculato servidora de São João do Ivaí que teria abastecido veículos particulares com combustível custeado pelo Município
MPPR denuncia por peculato servidora de São João do Ivaí que teria abastecido veículos particulares com combustível custeado pelo Município
MPPR denuncia por peculato servidora de São João do Ivaí que teria abastecido veículos particulares com combustível custeado pelo Município
MPPR denuncia por peculato servidora de São João do Ivaí que teria abastecido veículos particulares com combustível custeado pelo Município
MPPR denuncia por peculato servidora de São João do Ivaí que teria abastecido veículos particulares com combustível custeado pelo Município
MPPR denuncia por peculato servidora de São João do Ivaí que teria abastecido veículos particulares com combustível custeado pelo Município
Judiciário condena 32 pessoas denunciadas pelo MPPR em Goioerê por atuarem em organização que age a partir de presídios
Judiciário condena 32 pessoas denunciadas pelo MPPR em Goioerê por atuarem em organização que age a partir de presídios
Judiciário condena 32 pessoas denunciadas pelo MPPR em Goioerê por atuarem em organização que age a partir de presídios
Judiciário condena 32 pessoas denunciadas pelo MPPR em Goioerê por atuarem em organização que age a partir de presídios
Em Ponta Grossa, Gaeco denuncia dez pessoas, incluindo um vereador, por organização criminosa, corrupção, fraude em licitações e tráfico de influência
Em Ponta Grossa, Gaeco denuncia dez pessoas, incluindo um vereador, por organização criminosa, corrupção, fraude em licitações e tráfico de influência
Tribunal do Júri de Curitiba condena a 27 anos e 4 meses de prisão homem denunciado pelo MPPR por matar a convivente, em caso de homicídio sem cadáver
Tribunal do Júri de Curitiba condena a 27 anos e 4 meses de prisão homem denunciado pelo MPPR por matar a convivente, em caso de homicídio sem cadáver
Tribunal do Júri de Curitiba condena a mais de 27 anos de prisão homem que matou a convivente, em um caso de homicídio sem cadáver
Tribunal do Júri de Curitiba condena a mais de 27 anos de prisão homem que matou a convivente, em um caso de homicídio sem cadáver
Gaeco oferece denúncia contra dez pessoas como resultado de investigações contra organização criminosa que vendia notas frias
Gaeco oferece denúncia contra dez pessoas como resultado de investigações contra organização criminosa que vendia notas frias
Tribunal do Júri de Corbélia condena a 32 anos de prisão homem denunciado pelo MPPR por feminicídio ocorrido em 1º de janeiro deste ano em Braganey
Tribunal do Júri de Corbélia condena a 32 anos de prisão homem denunciado pelo MPPR por feminicídio ocorrido em 1º de janeiro deste ano em Braganey
Em Londrina, Gaeco denuncia sete pessoas, incluindo quatro policiais militares, por homicídio qualificado investigado a partir da Operação Mar Vermelho
Em Londrina, Gaeco denuncia sete pessoas, incluindo quatro policiais militares, por homicídio qualificado investigado a partir da Operação Mar Vermelho
Gaeco e Corregedoria Geral da PM cumprem mandados em quatro cidades em operação que investiga dois policiais rodoviários por possível crime de concussão
Gaeco e Corregedoria Geral da PM cumprem mandados em quatro cidades em operação que investiga dois policiais rodoviários por possível crime de concussão
Denúncia oferecida pelo MPPR resulta em condenação por homofobia de homem que recusou atendimento e ofendeu cliente por sua orientação sexual
Denúncia oferecida pelo MPPR resulta em condenação por homofobia de homem que recusou atendimento e ofendeu cliente por sua orientação sexual
Servidora pública de Lupionópolis denunciada pelo MPPR por peculato é condenada a quatro anos de prisão e restituição de R$ 340 mil ao erário
Servidora pública de Lupionópolis denunciada pelo MPPR por peculato é condenada a quatro anos de prisão e restituição de R$ 340 mil ao erário
Gaeco deflagra Operação Pix com cumprimento de seis ordens de busca e apreensão em investigação sobre cobrança de propina por policiais militares
Gaeco deflagra Operação Pix com cumprimento de seis ordens de busca e apreensão em investigação sobre cobrança de propina por policiais militares
Operação Pix: Gaeco do Paraná investiga cobranças ilícitas de policiais em Foz do Iguaçu
Operação Pix: Gaeco do Paraná investiga cobranças ilícitas de policiais em Foz do Iguaçu
Em Ponta Grossa, homem denunciado pelo MPPR por dar tapa nas nádegas de uma mulher na rua é condenado por importunação sexual e lesão corporal
Em Ponta Grossa, homem denunciado pelo MPPR por dar tapa nas nádegas de uma mulher na rua é condenado por importunação sexual e lesão corporal
Gaeco deflagra segunda fase da Operação Pax, que investiga organização criminosa ligada ao tráfico de drogas e com atuação a partir de presídios
Gaeco deflagra segunda fase da Operação Pax, que investiga organização criminosa ligada ao tráfico de drogas e com atuação a partir de presídios

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais