CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!

Judiciário recebe denúncia do Gaeco contra três pessoas envolvidas na emissão de certidão falsa para advogado condenado por matar filho de empresário em Curitiba

De acordo com as investigações do Gaeco, o advogado, condenado por homicídio, forjou uma certidão processual para retardar a certificação do trânsito em julgado de uma......

Publicado em

Por CGN 1

Publicidade

O Judiciário recebeu nesta semana denúncia oferecida pelo Ministério Público do Paraná contra uma ex-servidora pública, um advogado e seu assistente. Na ação penal, apresentada por meio do Núcleo de Curitiba do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), os denunciados são acusados dos crimes de corrupção, falsidade ideológica e falsificação de sinal público. O processo vai tramitar na 5ª Vara Criminal de Curitiba.

De acordo com as investigações do Gaeco, o advogado, condenado por homicídio, forjou uma certidão processual para retardar a certificação do trânsito em julgado de uma sentença condenatória e, com isso, evitar sua prisão imediata. Ele havia sido sentenciado a 20 anos de prisão por encomendar a morte de outro advogado, filho de um empresário de uma antiga rede de lojas de móveis da capital. A adulteração no documento foi feita com o auxílio de um assistente e de uma ex-servidora pública (na época, chefe de secretaria de uma Vara Criminal de Curitiba). Ela teria recebido R$ 3 mil para emitir a certidão.

Processo número 0013574-30.2023.8.16.0013

[email protected]
(41) 3250-4469

Fonte: MPPR

Notícias Relacionadas:

Tribunal de Justiça confirma em acórdão condenação de mais um ex-vereador de Araucária denunciado pelo Ministério Público pela prática de “rachadinha”
Tribunal de Justiça confirma em acórdão condenação de mais um ex-vereador de Araucária denunciado pelo Ministério Público pela prática de “rachadinha”
Tribunal do Júri condena a 20 anos de prisão duas detentas denunciadas por homicídio qualificado ocorrido na Cadeia Pública de Goioerê
Tribunal do Júri condena a 20 anos de prisão duas detentas denunciadas por homicídio qualificado ocorrido na Cadeia Pública de Goioerê
Justiça do Paraná condena duas mulheres por morte em cadeia pública de Goioerê
Justiça do Paraná condena duas mulheres por morte em cadeia pública de Goioerê
Gaeco cumpre 22 mandados de busca e apreensão em Matinhos, Guaratuba e Pontal do Paraná em investigação sobre tráfico de drogas no Litoral do estado
Gaeco cumpre 22 mandados de busca e apreensão em Matinhos, Guaratuba e Pontal do Paraná em investigação sobre tráfico de drogas no Litoral do estado
Gaeco cumpre mandados de busca e apreensão na Operação Alcatraz, contra organização criminosa com atuação em Quedas do Iguaçu e Francisco Beltrão
Gaeco cumpre mandados de busca e apreensão na Operação Alcatraz, contra organização criminosa com atuação em Quedas do Iguaçu e Francisco Beltrão
Acórdão do TJPR mantém condenação de ex-vereadora de Araucária denunciada pelo MPPR por “rachadinha”
Acórdão do TJPR mantém condenação de ex-vereadora de Araucária denunciada pelo MPPR por “rachadinha”
MPPR cumpre mandados de prisão e de busca na Operação Érebo, que investiga crimes de tráfico de drogas em Cornélio Procópio e região
MPPR cumpre mandados de prisão e de busca na Operação Érebo, que investiga crimes de tráfico de drogas em Cornélio Procópio e região
Em Medianeira, Tribunal do Júri condena a 25 anos de prisão réu denunciado pelo Ministério Público do Paraná por matar homem a tiros em via pública em 2022
Em Medianeira, Tribunal do Júri condena a 25 anos de prisão réu denunciado pelo Ministério Público do Paraná por matar homem a tiros em via pública em 2022
MPPR em Piraquara denuncia por tentativa de homicídio e outros crimes dois homens que praticaram roubos e tentaram matar dois policiais
MPPR em Piraquara denuncia por tentativa de homicídio e outros crimes dois homens que praticaram roubos e tentaram matar dois policiais
Judiciário condena a dois anos e quatro meses de reclusão e a perda do cargo servidor público denunciado pelo MPPR por importunar sexualmente estagiária
Judiciário condena a dois anos e quatro meses de reclusão e a perda do cargo servidor público denunciado pelo MPPR por importunar sexualmente estagiária
Tribunal do Júri de Palmas condena a 27 anos e 9 meses de prisão homem que matou mulher por discordância com obra em terreno vizinho
Tribunal do Júri de Palmas condena a 27 anos e 9 meses de prisão homem que matou mulher por discordância com obra em terreno vizinho
Homem que matou duas pessoas em Cafezal do Sul após eleições de 2022 é condenado pelo Tribunal do Júri a 51 anos de prisão
Homem que matou duas pessoas em Cafezal do Sul após eleições de 2022 é condenado pelo Tribunal do Júri a 51 anos de prisão
Homem denunciado pelo MPPR por estupro de vulnerável e produção e armazenamento de conteúdo pornográfico é condenado a 36 anos de prisão
Homem denunciado pelo MPPR por estupro de vulnerável e produção e armazenamento de conteúdo pornográfico é condenado a 36 anos de prisão
Homem que matou a ex-esposa na frente da filha de 12 anos em Marialva é denunciado pelo MP
Homem que matou a ex-esposa na frente da filha de 12 anos em Marialva é denunciado pelo MP
Em Castro, MPPR denuncia quatro pessoas que participariam de associação criminosa responsável por roubos em fazendas em várias regiões do Paraná
Em Castro, MPPR denuncia quatro pessoas que participariam de associação criminosa responsável por roubos em fazendas em várias regiões do Paraná
MPPR em Santo Antônio da Platina denuncia seis pessoas por associação criminosa para a prática de furtos a bancos com uso de explosivos
MPPR em Santo Antônio da Platina denuncia seis pessoas por associação criminosa para a prática de furtos a bancos com uso de explosivos
MPPR oferece denúncia criminal contra homem com HIV que omitiu diagnóstico de ex-companheira e manteve com ela relações sem proteção
MPPR oferece denúncia criminal contra homem com HIV que omitiu diagnóstico de ex-companheira e manteve com ela relações sem proteção
MPPR denuncia por peculato servidora de São João do Ivaí que teria abastecido veículos particulares com combustível custeado pelo Município
MPPR denuncia por peculato servidora de São João do Ivaí que teria abastecido veículos particulares com combustível custeado pelo Município
MPPR denuncia por peculato servidora de São João do Ivaí que teria abastecido veículos particulares com combustível custeado pelo Município
MPPR denuncia por peculato servidora de São João do Ivaí que teria abastecido veículos particulares com combustível custeado pelo Município
MPPR denuncia por peculato servidora de São João do Ivaí que teria abastecido veículos particulares com combustível custeado pelo Município
MPPR denuncia por peculato servidora de São João do Ivaí que teria abastecido veículos particulares com combustível custeado pelo Município

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais