CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Paraná tem 10,1 mil pessoas privadas de liberdade inscritas no Encceja 2023
Paraná tem 10,1 mil pessoas privadas de liberdade inscritas no Encceja 2023Foto: Polícia Penal do Paraná

Paraná tem 10,1 mil pessoas privadas de liberdade inscritas no Encceja 2023

As provas do Encceja PPL têm o mesmo nível de dificuldade do Encceja regular. A diferença está na aplicação, que ocorre dentro das unidades prisionais e......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Paraná tem 10,1 mil pessoas privadas de liberdade inscritas no Encceja 2023
Paraná tem 10,1 mil pessoas privadas de liberdade inscritas no Encceja 2023Foto: Polícia Penal do Paraná

Estão marcadas para os dias 17 e 18 de outubro as provas deste ano do Encceja PPL – Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos para Pessoas Privadas de Liberdade (PPL) ou sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade. Realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o exame tem a função de aferir competências, habilidades e saberes de jovens e adultos em nível de conclusão do Ensino Fundamental ou do Ensino Médio para fins de correção do fluxo escolar. 

As provas do Encceja PPL têm o mesmo nível de dificuldade do Encceja regular. A diferença está na aplicação, que ocorre dentro das unidades prisionais e socioeducativas indicadas pelos respectivos órgãos de administração de cada estado.

No Paraná, o Encceja PPL 2023 soma 10,1 mil inscrições de pessoas privadas de liberdade, o que representa uma ampliação de 21% em relação à edição de 2022, que teve 8,4 mil inscritos. O aumento é quase o mesmo registrado no período anterior, de 22% em relação a 2021 (6,9 mil inscrições).

Para o diretor-geral da Polícia Penal do Paraná, Osvaldo Messias Machado, estes números refletem o incentivo que a instituição dá aos custodiados. “Este aumento de apenados inscritos no Encceja PPL demonstra que a PPPR tem buscado incentivar as pessoas privadas de liberdade a estudarem. Temos muitos casos de pessoas que não tinham nenhuma escolaridade quando adentraram no sistema penitenciário e através da alfabetização oferecida dentro das unidades conseguiram concluir o ensino fundamental, médio e chegaram ao ensino superior”, destaca.

Entre as nove regionais administrativas da Polícia Penal do Paraná (PPPR), a de Londrina foi a que mais teve inscrições, com 3.234 PPLs, seguida das regionais de Curitiba, com 2.281 inscritos; Umuarama (1.034), Ponta Grossa (862), Maringá (784), Guarapuava (661), Foz do Iguaçu (596), Cascavel (491) e Francisco Beltrão, com 364 inscritos.

“Essa mudança de paradigma, no qual os detentos estão se conscientizando de que devem estudar e participar dos exames, é o que tem mudado a realidade da Polícia Penal. O crescimento de inscrições demonstra não só a capacidade da equipe do Centro Estadual de Educação Básica de Jovens e Adultos, mas também dos diretores e servidores da segurança das unidades penais envolvidos nesta questão”, afirma o coordenador regional da PPPR em Londrina, Reginaldo Peixoto.

REMIÇÃO – Pelas regras da execução penal, a cada 12 horas de estudo é reduzido em um dia a pena do detento. No caso do Encceja, esta classificação é feita de acordo com a nota. Caso seja aprovado no exame, o apenado recebe 200 horas de remição ( cerca de oito dias) e, caso não atinja a nota, apenas oito horas de remição.

A participação no Encceja é voluntária, gratuita e destinada a jovens e adultos que não concluíram seus estudos na idade apropriada. Realizado em colaboração com as secretarias estaduais e municipais de Educação, o exame possibilita a retomada da trajetória escolar do estudante, dentro ou fora do sistema penitenciário. As secretarias de Educação e os institutos federais utilizam os resultados como parâmetro para certificar os participantes em nível de conclusão do ensino fundamental e médio.

O exame também estabelece uma referência nacional para a avaliação de jovens e adultos, tendo assim uma relevância multidimensional para a educação brasileira. O Encceja ainda serve de baliza à implementação de procedimentos e políticas para a melhoria da qualidade da oferta da educação de jovens e adultos, além de viabilizar o desenvolvimento de estudos e indicadores sobre o sistema educacional brasileiro.

Para o participante ser inscrito e pleitear a certificação do Ensino Fundamental é necessário ter no mínimo 15 anos completos no dia de realização das provas e não ter concluído o Ensino Fundamental. Para pleitear a certificação do Ensino Médio é necessário idade mínima de 18 anos completos na data das provas e não ter concluído o Ensino Médio. Para requerer a certificação, o participante precisa alcançar, no mínimo, 100 pontos nas provas objetivas e 5 pontos na redação.

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

Delegacia da Polícia Civil em Ortigueira ganha novas instalações
Delegacia da Polícia Civil em Ortigueira ganha novas instalações
Forças de segurança estaduais e Polícia Federal apreendem 20 mil pacotes de cigarros em Guaíra
Forças de segurança estaduais e Polícia Federal apreendem 20 mil pacotes de cigarros em Guaíra
Ação da PM resulta na prisão de quatro homens após tentativa de roubo em Foz do Iguaçu
Ação da PM resulta na prisão de quatro homens após tentativa de roubo em Foz do Iguaçu
Rio de Janeiro tem o menor número de mortes violentas em 32 anos
Rio de Janeiro tem o menor número de mortes violentas em 32 anos
Polícia Penal leva alunos de enfermagem para atender apenados, em Piraquara
Polícia Penal leva alunos de enfermagem para atender apenados, em Piraquara
Policiais militares do Batalhão de Fronteira apreendem 110 kg de maconha em Guaíra
Policiais militares do Batalhão de Fronteira apreendem 110 kg de maconha em Guaíra
Corrida do Fogo: bombeiros do Paraná encaram desafio solidário neste sábado
Corrida do Fogo: bombeiros do Paraná encaram desafio solidário neste sábado
Operação das polícias do Paraná e Ceará mira falsos advogados que aplicavam golpes
Operação das polícias do Paraná e Ceará mira falsos advogados que aplicavam golpes
Operação da PCPR e polícia do Ceará mira falsos advogados que aplicavam golpes
Operação da PCPR e polícia do Ceará mira falsos advogados que aplicavam golpes
Operação da PC do Paraná e do Ceará mira falsos advogados que aplicavam golpes
Operação da PC do Paraná e do Ceará mira falsos advogados que aplicavam golpes
PCPR e PMPR prendem oito pessoas em operação contra o tráfico de drogas em Londrina
PCPR e PMPR prendem oito pessoas em operação contra o tráfico de drogas em Londrina
Inscrições para a Corrida da PCPR são prorrogadas; prova será neste domingo
Inscrições para a Corrida da PCPR são prorrogadas; prova será neste domingo
PCPR oferece serviços de polícia judiciária para população de Itaperuçu nesta semana
PCPR oferece serviços de polícia judiciária para população de Itaperuçu nesta semana
Operação da PCPR prende três pessoas de grupo que lesava vítimas com jogos de azar
Operação da PCPR prende três pessoas de grupo que lesava vítimas com jogos de azar
PCPR faz operação contra jogos de azar com vítimas em todo o país
PCPR faz operação contra jogos de azar com vítimas em todo o país
Em Foz do Iguaçu, Polícia Penal entrega amigurumis para ONG e Delegacia da Mulher
Em Foz do Iguaçu, Polícia Penal entrega amigurumis para ONG e Delegacia da Mulher
PCPR e PM fazem operação contra o tráfico em Nova Santa Rosa
PCPR e PM fazem operação contra o tráfico em Nova Santa Rosa
População de Rio Branco do Sul vai receber PCPR na Comunidade neste sábado
População de Rio Branco do Sul vai receber PCPR na Comunidade neste sábado
Operação integrada no Noroeste prende 17 pessoas e apreende drogas, armas e veículos
Operação integrada no Noroeste prende 17 pessoas e apreende drogas, armas e veículos
PCPR na Comunidade leva serviços aos bairros Pinheirinho e Santa Cândida, em Curitiba
PCPR na Comunidade leva serviços aos bairros Pinheirinho e Santa Cândida, em Curitiba

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais