CGN
Anel de Integração Viário Rural vai unir sete distritos com ligação de asfalto

Anel de Integração Viário Rural vai unir sete distritos com ligação de asfalto

Há cerca de 30 dias, foram iniciados os trabalhos na Estrada Novo Horizonte, no distrito de Sede Alvorada. Cerca de quatro quilômetros, de um total de...

Publicado em

Por Isabella Chiaradia

Publicidade
Anel de Integração Viário Rural vai unir sete distritos com ligação de asfalto

Duas frentes de trabalho em andamento levam pavimentação asfáltica ao interior do município de Cascavel e avançam na execução do Anel de Integração Viário Rural, projeto que vai unir os sete distritos com ligação de asfalto, elevando ainda mais a qualidade de vida da população que mora no interior.

Há cerca de 30 dias, foram iniciados os trabalhos na Estrada Novo Horizonte, no distrito de Sede Alvorada. Cerca de quatro quilômetros, de um total de 20,7 que serão asfaltados, estão com a base pronta para receber o material de pavimentação asfáltica.  

Além da Estrada Novo Horizonte, foram iniciadas nesta semana a segunda etapa das obras de pavimentação da Estrada Rio da Paz, que terá um trecho de dez quilômetros de asfalto. Outros projetos de pavimentação de vias rurais estão em processo de licitação. No total, o anel de integração terá 155 quilômetros de pavimentação, obras que serão executadas em parceria com a Itaipu Binacional e o governo do Estado do Paraná.

“O Anel de Integração Viário Rural é um projeto que contempla a ligação dos sete distritos que temos no município de Cascavel. São estradas que fazem a ligação entre esses distritos e terão uma melhor condição de mobilidade, não só para o escoamento da safra, mas também para todas as famílias, produtores, empresas e cooperativas localizadas nessas regiões. Cascavel é um dos maiores produtores do Paraná e o governo municipal está fazendo sua parte com investimentos em obras”, avalia o secretário de Agricultura, Renato Segalla.


Cascavel possui uma malha viária de 3.450 quilômetros que recebe manutenção, adequação e conservação. Em média, todos os anos o trabalho é realizado em 800 quilômetros.  

O produtor Valdir Kreve, que há 49 anos mora em Sede Alvorada, lembra dos tempos difíceis quando os próprios agricultores faziam a manutenção da estrada com um pequeno trator de lâmina traseira há cerca de 40 anos.

Fonte: Assessoria

Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais