CGN

Cruzeiro empata com o Ituano em jogo festivo do título antecipado da Série B

O resultado garantiu ao Cruzeiro uma sequência de 16 jogos de invencibilidade no campeonato – vinha de quatro vitórias consecutivas. Os mineiros lideram de forma incontestável,...

Publicado em

Por Agência Estado

Publicidade

Mesmo com muita superioridade do início ao fim, o já campeão Cruzeiro só empatou com o Ituano na noite desta quarta-feira, por 1 a 1, no Mineirão, em Belo Horizonte, no encerramento da 33ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Mais de 56 mil torcedores estiveram nas arquibancadas.

O resultado garantiu ao Cruzeiro uma sequência de 16 jogos de invencibilidade no campeonato – vinha de quatro vitórias consecutivas. Os mineiros lideram de forma incontestável, agora com 72 pontos ganhos. São 21 vitórias, nove empates e apenas três derrotas até agora.

Já o Ituano confirma o bom momento e chegou ao quinto jogo sem derrota, mas agora em sétimo lugar, com 48 pontos, ainda na briga pelo acesso à Série A de 2023.

O clima no Mineirão foi de muita festa antes, durante e depois da partida. Foi o primeiro encontro de time e torcedores após o título conquistado na última rodada. Apesar da conquista antecipada, a taça só será entregue pela CBF no dia 6 de novembro, no duelo contra o CSA.

O início de jogo foi movimentado. Logo aos cinco minutos, Lucas Oliveira deu assistência para Edu e ele finalizou na saída do goleiro, abrindo o placar para o Cruzeiro. Contudo, o Ituano não se abateu e empatou aos oito, após Rafael Cabral sair mal e Gabriel Barros mandar para as redes.

Independentemente do gol do Ituano, o Cruzeiro não mudou sua postura e dominou as ações durante todo primeiro tempo. Foram muitas as investidas do time mineiro, até que o time conseguiu marcar o segundo gol aos 46, contudo, o VAR checou e anulou, já que Machado estava impedido na origem do lance.

O primeiro tempo acabou com o Cruzeiro sobrando em campo e o Ituano bastante pressionado, embora tenha conseguido manter sua estrutura defensiva e o empate parcial para a etapa final.

No segundo tempo, o Cruzeiro seguiu no ataque, mas não conseguiu ser efetivo com a bola nos pés. O Ituano seguiu recuado, esperou os contra-ataques e fez muitas faltas no meio-campo, tornando o confronto bastante truncado e pouco atrativo aos torcedores.

Demorou, mas o Cruzeiro conseguiu encontrar espaço na defesa do Ituano aos 38 minutos, quando Rafa Silva apareceu nas costas da marcação e finalizou para defesa do goleiro. Em seguida, a arbitragem anulou o lance por impedimento.

Antes do apito final, o volante Machado, do Cruzeiro, ainda foi expulso de campo após reclamar de um cartão amarelo que recebeu após falta em Bernardo Schappo. Expulsão que não mudou o desfecho da partida.

O Cruzeiro volta a campo no domingo para enfrentar o Sport, às 16 horas, na Ilha do Retiro, no Recife. Já o Ituano, no sábado, receberá o Guarani, às 18h30, no estádio Novelli Júnior, em Itu.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 1 X 1 ITUANO

CRUZEIRO – Rafael Cabral; Geovane (Eduardo Brock), Zé Ivaldo, Oliveira e Bidu (Marquinhos Cipriano); Machado, Willian Oliveira e Jajá (Juan Christian); Bruno Rodrigues (Wesley Gasolina), Luvannor (Rafa Silva) e Edu. Técnico: Paulo Pezzolano.

ITUANO – Jefferson Paulino; Raí Ramos, Lucas Dias, Bernardo Schappo e Roberto; Rafael Pereira (Carlão), Kaio, Caíque e Lucas Siqueira; Gabriel Barros (Léo Ceará) e Brenner (Aylon). Técnico: Chico Elias (auxiliar).

GOLS – Edu, aos 5; e Gabriel Barros, aos 8 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO – Marielson Alves Silva (BA).

CARTÕES AMARELOS – Machado e Bruno Rodrigues (Cruzeiro); Caíque (Ituano).

CARTÃO VERMELHO – Machado (Cruzeiro).

RENDA – R$ 2.217.114,00.

PÚBLICO – 56.889 presentes.

LOCAL – Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais