CGN

Red Bull Bragantino vira diante do Cuiabá, respira, e alivia pressão em Barbieri

O ‘time leve’ do Red Bull Bragantino não apareceu no primeiro tempo. Os jogadores mostraram nervosismo, erraram lances bobos e foram pressionados pelos torcedores que compareceram...

Publicado em

Por Agência Estado

Publicidade

O Red Bull Bragantino quebrou uma série de nove jogos sem vitória ao bater o Cuiabá, por 2 a 1, de virada, na noite desta quarta-feira, no estádio Nabi Abi Chedid, pela 30ª rodada do Brasileirão. Foi a primeira vez que o time paulista venceu o rival na Série A. Com o resultado, chegou aos 38 pontos e aliviou a pressão em cima do técnico Maurício Barbieri. Os mato-grossenses permaneceram com 30, dentro da zona de rebaixamento.

O ‘time leve’ do Red Bull Bragantino não apareceu no primeiro tempo. Os jogadores mostraram nervosismo, erraram lances bobos e foram pressionados pelos torcedores que compareceram no Nabi Abi Chedid. O Cuiabá, então, aproveitou da fragilidade do rival para criar as melhores oportunidades de gol. Aos 10 minutos, Valdívia arriscou de fora da área e jogou rente à trave do goleiro Cleiton.

O Bragantino tentou surpreender com Artur e Hyoran, mas a dupla esteve bem marcada e quase não criou. A lentidão foi tomando conta do jogo, que só ganhou em emoção quando Cleiton falhou e calçou André Luís dentro da área, cometendo pênalti. Deyverson foi para a cobrança, marcou e comemorou com uma dancinha.

O gol caiu como uma bomba em cima dos jogadores do time paulista, que não conseguiram se encontrar dentro de campo. Com o Bragantino totalmente perdido, o Cuiabá ficou muito próximo de ampliar. Aos 46 minutos, Deyverson foi lançado em velocidade, saiu de frente para o gol e encheu o pé. Cleiton salvou.

A defesa de Cleiton acordou os demais jogadores a tempo de buscar o empate ainda no primeiro tempo. Aos 49, após cobrança rápida de falta, a bola chegou em Aderlan. O lateral bateu forte, João Carlos bateu roupa, e Popó só teve o trabalho de empurrar para o gol.

O Bragantino voltou para o segundo tempo mais tranquilo. O time colocou a bola no chão e começou a dar trabalho para João Carlos, principalmente com Popó. O Cuiabá, por sua vez, recuou e apostou nas jogadas em velocidade de seus jogadores para tentar surpreender.

Mas a noite não era de João Carlos. Aos 14 minutos, após bela triangulação dos mandantes, Artur pegou de primeira e contou com nova falha do goleiro para fazer 2 a 1.

O gol acabou com qualquer pretensão do Cuiabá. À frente, o Red Bull Bragantino tomou conta da partida e poderia ter saído com um placar ainda mais elástico. Carlos Eduardo, aos 35 minutos, jogou no travessão. Artur e Lucas Evangelista também tentaram. No fim, a vitória foi confirmada.

O Cuiabá volta a campo no sábado, às 19h, frente ao Flamengo, na Arena Pantanal, em Cuiabá (MT). No domingo, às 18h, o Red Bull Bragantino visita o Coritiba, no Couto Pereira, em Curitiba (PR).

FICHA TÉCNICA

RED BULL BRAGANTINO X CUIABÁ

RED BULL BRAGANTINO – Cleiton; Aderlan, Realpe, Natan e Ramon (Jadsom Silva); Raul, Lucas Evangelista e Hyoran (Eric Ramires); Artur (Lomónaco), Popó (Carlos Eduardo) e Helinho (Sorriso). Técnico: Maurício Barbieri.

CUIABÁ – João Carlos; Daniel Guedes (Osorio), Joaquim, Alan Empereur e Igor Cariús (João Lucas); Camilo (Marcão Silva), Pepê e Denilson; Valdivia (Gabriel Pirani), Deyverson e André Luís (Gustavo Nescau). Técnico: António Oliveira.

GOLS – Deyverson, aos 33, e Popó, aos 49 minutos do primeiro tempo; Arthur, aos 14 do segundo.

ÁRBITRO – Jefferson Ferreira de Moraes (GO).

CARTÕES AMARELOS – Aderlan e Helinho (Red Bull Bragantino); Denilson e Pepê (Cuiabá).

RENDA – R$ 45.090,00.

PÚBLICO – 2.703 pagantes.

LOCAL – Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais