CGN

Polícia resgata homem que matou criminoso e era perseguido por comparsas no Rio

Policiais do 16º Batalhão (Olaria) foram até a Cidade Alta e protagonizaram intenso tiroteio com os comparsas do criminoso morto. Dois supostos criminosos foram mortos, e...

Publicado em

Por Agência Estado

Publicidade

Um ajudante de caminhoneiro de 23 anos brigou com um criminoso, matou-o a facadas e fugiu com o fuzil do criminoso, na favela da Cidade Alta, em Cordovil, bairro da zona norte do Rio, durante a madrugada desta quinta-feira, 22. Perseguido por cerca de 20 comparsas da vítima, ele se escondeu dentro de uma caixa dágua cheia, numa casa da comunidade, e ligou de seu celular para a Polícia Militar pedindo ajuda.

Policiais do 16º Batalhão (Olaria) foram até a Cidade Alta e protagonizaram intenso tiroteio com os comparsas do criminoso morto. Dois supostos criminosos foram mortos, e o rapaz escondido na caixa dágua foi localizado e resgatado.

O nome do ajudante de caminhoneiro não foi divulgado. Ele foi levado primeiro ao hospital estadual Getúlio Vargas, na Penha, e depois à Delegacia de Homicídios do Rio. Lá, confessou ter matado o criminoso e ficado com seu fuzil.

À procura do autor das facadas, os criminosos invadiram e vasculharam várias casas na Cidade Alta. Quando a Polícia chegou, eles recorreram até a uma metralhadora calibre ponto 50, capaz de derrubar aeronaves e perfurar veículos com certo grau de blindagem, para enfrentar os policiais. Um blindado da PM foi atingido por um tiro dessa arma em um farol. A metralhadora foi apreendida, assim como um fuzil e AR-15 e várias granadas.

Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais