CGN
Liberação do tráfego do Trevo Cataratas está prevista para domingo
Dois novos viadutos e nove quilômetros de nova pavimentação deverão ser entregues até o final do ano, encerrando os congestionamentos e acidentes na entrada do município -Foto: DER-PARANÁ

Liberação do tráfego do Trevo Cataratas está prevista para domingo

O Trevo Cataratas concentra um dos mais importantes entroncamentos do país ao interligar duas rodovias federais (BR-369 e BR-277), uma estadual (a PR-467) e a Avenida...

Publicado em

Por Silmara Santos

Publicidade
Liberação do tráfego do Trevo Cataratas está prevista para domingo
Dois novos viadutos e nove quilômetros de nova pavimentação deverão ser entregues até o final do ano, encerrando os congestionamentos e acidentes na entrada do município -Foto: DER-PARANÁ

Com o avanço nas obras de ampliação do Trevo Cataratas, no km 584 da BR-277, em Cascavel (PR), está prevista para o próximo domingo, dia 21, a liberação do trevo ao tráfego, com dois meses de antecedência, caso as condições climáticas na região se mantenham favoráveis aos serviços finais que estão sendo executados.

O Trevo Cataratas concentra um dos mais importantes entroncamentos do país ao interligar duas rodovias federais (BR-369 e BR-277), uma estadual (a PR-467) e a Avenida Brasil, principal acesso à Cascavel. Antes da ampliação, iniciada em outubro de 2020, os mais de 45 mil veículos que circulam diariamente no trecho enfrentavam tráfego intenso que impactavam, inclusive, o escoamento da produção agrícola configurando um dos principais gargalos logísticos do Paraná.

Para atender o novo projeto e absorver todo esse volume de tráfego com fluidez e ainda mais segurança, a Ecocataratas construiu nove quilômetros de pistas que incluem alças, ramos e vias, além de dois viadutos.

“O desafio maior foi fazer uma obra deste porte com o menor impacto possível ao fluxo, considerando a importância logística do trevo. Então tivemos que construir uma nova via de quatro quilômetros para absorver esse alto volume de tráfego durante as obras. Agora, com as novas pistas e viadutos, o Trevo Cataratas passa a atender a demanda de tráfego atual e certamente vai acompanhar o desenvolvimento da região”, avalia Rui Klein, diretor de concessões estaduais da EcoRodovias.

Com a liberação da nova estrutura, as alças de ligação dos desvios de tráfego serão desativadas, porém os quatro quilômetros de vias marginais permanecerão em operação e à disposição dos usuários. 

As equipes da concessionária também continuarão trabalhando no trecho para conclusão dos serviços complementares, tais como, drenagem, instalação dos postes de iluminação, barreiras de concreto e instalação de telas antiofuscantes no canteiro central da rodovia.

Mesmo após o encerramento dos contratos da Ecocataratas e da Ecovia, concessões rodoviárias que estiveram em operação por 24 anos no Paraná, a EcoRodovias manteve seu compromisso de investir R$ 150 milhões em obras, conforme acordo firmado com o Ministério Público Federal em 2019. Além da construção do Trevo, o valor foi investido pela Ecocataratas em obras na BR 277 como a implantação de quatro novas alças de acesso no Viaduto Olindo Periolo, em Cascavel e dez segmentos de terceiras faixas em trechos dos municípios de Catanduvas, Ibema, Guaraniaçu e Guarapuava. Na região leste do Estado, a concessionária Ecovia duplicou a PR-407 entre o km 17 e o km 19,4, e construiu duas passarelas nos municípios de Paranaguá e São José dos Pinhais. 

Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais