CGN
Governo do Estado tem obras rodoviárias em andamento em todas as regiões do Paraná
Governo do Estado tem obras rodoviárias em andamento em todas as regiões do Paraná - Foto: Tiago Stocchero

Governo do Estado tem obras rodoviárias em andamento em todas as regiões do Paraná

Nesta sexta-feira (1), o governador Carlos Massa Ratinho Junior vistoriou algumas das grandes execuções no Estado. “Implementamos obras em todas as regiões do Paraná com base......

Publicado em

Por Agência AEN

Publicidade
Governo do Estado tem obras rodoviárias em andamento em todas as regiões do Paraná
Governo do Estado tem obras rodoviárias em andamento em todas as regiões do Paraná - Foto: Tiago Stocchero

O Governo do Estado tem obras em andamento em rodovias por todas as regiões do Paraná. Os serviços estão em diferentes fases de execução e buscam resolver antigos gargalos no tráfego, melhorar as condições da malha viária e trazer segurança aos usuários. Os investimentos chegam próximo a R$ 7 bilhões e são executados com diferentes fontes, incluindo os recursos próprios do Tesouro, financiamentos nacionais e internacionais e dentro do convênio com a Itaipu Binacional.

Nesta sexta-feira (1), o governador Carlos Massa Ratinho Junior vistoriou algumas das grandes execuções no Estado. “Implementamos obras em todas as regiões do Paraná com base em muito planejamento. Pela primeira vez criamos um banco de projetos e, a partir das entregas, colocamos as obras para rodar, com intervenções históricas na infraestrutura rodoviária”, disse o governador. “E em breve, com a nova concessão das rodovias, teremos muito mais obras pela frente. É uma revolução logística”.

As obras rodoviárias se somam a anúncios recentes de grande impacto, como o início da revitalização Orla de Matinhos, que já começa a ter a faixa de areia mais larga, o lançamento do edital da Ponte de Guaratuba e a apresentação da modelagem final da Nova Ferroeste. “Estamos investindo em todos os modais e entregando demandas históricas para a população. É um projeto para o futuro”, afirmou.

CONTORNO DE CASTRO – A série de vistorias do governador começou pelo Contorno de Castro, que liga a PR-151 à PR-090. A obra inclui a pavimentação de 15,62 quilômetros, uma ponte sobre o Rio Iapó, com 320 metros de extensão, e um viaduto de 27 metros na interseção com a PR-151, além de duas interseções em nível: uma conectando à estrada municipal que liga à Castrolanda e outra com a PR-090.

São R$ 78,9 milhões de investimento e a execução está avançada. Nessa região, o Governo do Paraná já entregou o acesso ao Contorno de Castro, com investimento de R$ 14 milhões.

A obra faz parte de um pacote com oito contornos que estão sendo executados pelo Governo do Estado, investimento que soma R$ 543,4 milhões e inclui: o Contorno Sul de Wenceslau Braz; Oeste de Marechal Cândido Rondon; de Jandaia do Sul; de Peabiru; de Arapongas; de Palotina; e do Noroeste de Francisco Beltrão. Também há uma duplicação de contorno em andamento, em Cascavel, com investimento adicional de R$ 67 milhões, viabilizado pela Itaipu Binacional.

“Hoje vistoriamos o acesso à Cargill, que melhorou muito a logística e era uma demanda antiga das empresas que geram emprego nessa região, o novo acesso a Castro e também o contorno. Juntas, essas obras totalizam quase R$ 100 milhões e, assim que finalizadas, vão fortalecer toda a região dos Campos Gerais”, disse o governador.

BR-277 – Outra obra vistoriada foi a duplicação da BR-277, em Guarapuava, no Centro do Estado. Ela contempla a duplicação da rodovia e novas vias marginais, quatro pontes, três trincheiras, duas passarelas para pedestres, um viaduto e iluminação pública. O investimento é de R$ 80 milhões.

Com a nova duplicação, o trecho entre os km 345,2 e o km 349,1 passará a ter duas pistas de rolamento, com 7,20 metros de largura em cada sentido (são duas faixas de tráfego com 3,60 metros), faixas de segurança de 60 centímetros ao centro, onde serão implantadas barreiras de concreto New Jersey, e acostamentos externos de 2,50 metros.

A obra contempla também uma nova trincheira na Avenida João Fortkamp, uma nova trincheira na Avenida Professor Pedro Carli, a duplicação do viaduto no entroncamento com a PRC-466, com a adequação de suas alças de acesso, três pontes no km 345,5, trincheira para acesso ao aeroporto municipal, uma passarela no km 349,3 e outra no km 345, e a implantação de iluminação pública em uma extensão de 12,2 quilômetros. A BR-277 também está recebendo 14,13 quilômetros de terceiras faixas, Guarapuava e Cascavel.

“É uma das maiores obras do Brasil, muito importante e esperada pela população desde 2019. O diferencial é que ela é completa, com duplicação, pontes, trincheiras, marginais e iluminação de LED em todo o perímetro urbano”, destacou o governador. “Tudo para que não tenhamos mais vidas não perdidas nesse local”, afirmou o governador.

PR-323 – A obra de duplicação da PR-323 em Doutor Camargo, no Noroeste do Estado, está em fase final. Conforme o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR), a implantação 6,3 quilômetros de pistas duplas chegou a 80%, e o viaduto que integra o trecho está 96% concluído. O investimento é de R$ 38,3 milhões.

A duplicação em Doutor Camargo é uma das quatro frentes de trabalho do DER/PR na rodovia, que era uma das mais críticas do Paraná, em um investimento total de mais de R$ 250 milhões. Duas obras no principal eixo rodoviário da região, a PR-323, serão concluídas ainda neste ano, modernizando o corredor de escoamento da safra e da produção industrial na macrorregião de Maringá.

A construção do viaduto de acesso ao distrito Água Boa e a duplicação de 6,3 quilômetros até o Rio Ivaí complementam a primeira parte da obra, já finalizada, de 20,75 quilômetros de duplicação entre Paiçandu e Doutor Camargo. A transformação é resultado do investimento de quase R$ 130 milhões do Governo do Estado.

Além da duplicação, que segue até Umuarama e inclui obras no Trevo Gauchão, também está em execução o aumento de capacidade da via, com a implantação de terceiras faixas em pontos críticos da PR-323, entre Doutor Camargo e Iporã. O investimento é de R$ 59,4 milhões e atendem quase 24 quilômetros no total, identificados como os que apresentam maior potencial para acidentes.

Umuarama conta também com a revitalização da Estrada da Boiadeira. E ainda no Noroeste, está em execução a duplicação da PR-317, entre Maringá e Iguaraçu, melhorando o acesso a São Paulo.

“Por muito tempo, essa rodovia teve problemas com acidentes e tráfego intenso, chegando a ser considerada a rodovia da morte”, disse o governador. “Agora, estamos duplicando de Maringá a Doutor Camargo, dali até o Rio Ivaí e fazendo mais trechos de terceira faixa até Guaíra, além da duplicação do Trevo Gauchão, do perímetro de Umuarama até Mariluz. Com isso, levamos mais segurança ao Noroeste do Paraná”.

OUTRAS REGIÕES – Além disso, há obras espalhadas em todos os locais do Estado. Um exemplo é a pavimentação PR-160, de Imbaú a Reserva, nos Campos Gerais, com investimento de R$ 114,2 milhões em 28,36 quilômetros. De São Mateus do Sul a Irati (PR-364), no Centro-Sul do Paraná, estão sendo investidos R$ 108,9 milhões em 47,71 quilômetros.

Na região central, está saindo do papel a pavimentação da PR-239, entre Pitanga e Mato Rico, com R$ 89,4 milhões de investimento. No Norte, o Viaduto Bratislava teve a pista liberada nesta semana, com investimento de R$ 13,5 milhões. No Sudoeste, o destaque é a revitalização da PRC-280, primeira do Estado a receber restauração com whitetopping, com investimento de R$ 107,4 milhões.

Em Cascavel, no Oeste, o Trevo Cataratas será entregue neste ano. Estão em obras, ainda, a duplicação da BR-277, na frente do Show Rural, e do Contorno Oeste, com uma nova entrada para a região central da cidade. Na Região Metropolitana de Curitiba, as obras avançam na duplicação da Rodovia dos Minérios (PR-092), entre Curitiba e Almirante Tamandaré, que já teve a segunda fase liberada.

O Norte Pioneiro conta com a duplicação da PR-092, em Siqueira Campos, e a implantação de terceiras faixas na mesma rodovia, em 16 segmentos que vão Jaguariaíva, nos Campos Gerais, e Santo Antônio da Platina. Já no Litoral, o destaque é para a duplicação da Avenida JK (PR-412) e da PR-407, em Pontal do Paraná, além do edital para a construção da Ponte de Guaratuba e as obras já em andamento na Orla de Matinhos.

Fonte: AEN

Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais