CGN
Adolescente esfaqueia cachorro de rua e deixa bilhete: “Meus pais não estão em casa, foram à Cascavel. Perdão pelo incomodo”
Foto: O Novo Oeste

Adolescente esfaqueia cachorro de rua e deixa bilhete: “Meus pais não estão em casa, foram à Cascavel. Perdão pelo incomodo”

Já no local, a equipe entrou em contato com a senhora, a qual relatou que estaria em uma sorveteria em frente a referida residência e presenciou...

Publicado em

Por Diego Cavalcante

Publicidade

Nesta segunda-feira (20), por volta das 15h30, uma equipe da Polícia Militar de Cafelândia foi informada pelo COPOM de que teria uma situação de maus tratos a animais, sendo a solicitante uma senhora.

Já no local, a equipe entrou em contato com a senhora, a qual relatou que estaria em uma sorveteria em frente a referida residência e presenciou uma situação de maus tratos a animais, sendo que seria um menor de idade que havia ferido um cachorro com um golpe de faca.

Informou que se responsabilizaria em levar o animal para ser atendido por um veterinário, pois este estava sangrando muito. A solicitante entregou para a equipe uma folha A4 na qual o menor havia escrito a seguinte frase “Meus pais não estão em casa, foram à Cascavel. Perdão pelo incomodo”.

Foi entrado em contato com o menor de idade, o qual foi identificado (13 anos de idade, sem documento). Em conversa com o mesmo, este informou que estaria sozinho em casa, pois seus pais haviam ido até a cidade de Cascavel para consulta médica de seus dois irmãos menores com um pediatra.

Que ao ficar sozinho, o mesmo informou que atraiu com alimentos, um cachorro de rua, já com a intenção de desferir golpes de faca no animal. Que previamente havia cavado um buraco nos fundos do quintal da residência para posteriormente enterrar o animal, sendo tal cova constatada pela equipe.

Indagado se já teria feito tal ato em outras oportunidades, informou que matou um rato queimado. O mesmo também informou que sente o desejo de também matar pessoas, inclusive seus genitores, pois sente episódios de raiva de pessoas que não sabe explicar o motivo.

Ao ser questionado sobre a faca utilizada para ferir o animal, este apontou que havia cravado a mesma em uma árvore aos fundos da residência, sendo esta localizada e posteriormente medida no DPM apontando 15 centímetros de lâmina e 27 centímetros de tamanho total.

Foi solicitado a presença do Conselho Tutelar, as quais se fizeram presente. Após, menor foi conduzido no banco traseiro da viatura e sem algemas, até o DPM para confecção de Boletim de Ocorrência. Em novo contato com a solicitante, esta informou que o animal não corre risco de morte, porém ficará internado após passar por cirurgia.

Conselho Tutelar entrou em contato com os pais do menor, os quais informaram que demorariam algumas horas até retornar à cidade de Cafelândia, pois aguardariam uma consulta por encaixe, tendo indicado para ficar como responsável pelo menor, um senhor.

Na sequência o Conselho Tutelar liberou o menor para ficar sob responsabilidade do mesmo até a chegada dos genitores. Boletim foi encaminhado para Polícia Civil de Nova Aurora para procedimentos cabíveis.

Vídeo e Foto: Portal O Novo Oeste

Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais