CGN
Membros do ‘novo cangaço’ morrem a tiros em PG
Armas apreendidas com o grupo foram entregues na 13ª SDP Foto: Divulgação 1º BPM

Membros do ‘novo cangaço’ morrem a tiros em PG

Segundo a PM, homens baleados estavam armados, seriam integrantes de facções e membros do ‘novo cangaço’...

Publicado em

Por CGN 1

Publicidade
Membros do ‘novo cangaço’ morrem a tiros em PG
Armas apreendidas com o grupo foram entregues na 13ª SDP Foto: Divulgação 1º BPM

Três homens morreram numa troca de tiros com policiais militares do Choque-K9 e da Agência de Inteligência do 1º Batalhão da Polícia Militar. O confronto ocorreu por volta das 22 horas na PR-151, nas proximidades do Aeroporto Sant´Ana, no bairro Cará-Cará, em Ponta Grossa. No local morreram Douglas Fernando dos Santos Guimarães e Wendenson Gomes Araújo. O terceiro baleado não foi identificado oficialmente até o fechamento da edição.

Detalhes da ação policial foram repassadas ao Portal aRede e ao Jornal da Manhã, por nota, pela assessoria de imprensa da corporação. Segundo a PM, equipes do Choque-K9 em apoio à ALI do 1º BPM, receberam informações de que um veículo Renault Clio, cor escura, estava chegando à cidade de Ponta Grossa, pela PR-151. No veículo estavam indivíduos faccionados e fortemente armados.  Próximo ao aeroporto foi avistado o automóvel com as características citadas. Este veículo, durante tentativa de abordagem através de sinais sonoros e luminosos, empreendeu fuga. O condutor acelerou e efetuou ultrapassagens em local proibido.

“Foi realizado acompanhamento tático, onde próximo à empresa W3, o veículo parou bruscamente, onde os indivíduos desembarcaram portando armas em suas mãos, ouvidos disparos em direção à equipe policial; que neste momento, diante da injustiça agressão, os policiais desembarcam das viaturas em distância segura e efetuaram disparos de modo a repelir a ameaça”, diz a nota da PM

Em ato contínuo foram cessados os disparos em direção à equipe e os homens caíram ao solo em região de baixa luminosidade. Ao se aproximar para tentativa de abordagem, a PM constatou três feridos, os quais portavam armas de fogo. “Diante do fato foi novamente verbalizado para largarem as armas, ordem esta não acatada, sendo necessário efetuar novos disparos para cessar a ameaça. Foi então aproximado em segurança e afastadas as armas dos indivíduos que apresentavam sinais vitais. Foi imediatamente acionado socorro médico, informado oficial CPU e demais equipes de apoio”, complementa a PM

Conforme a nota do 1º BPM, Douglas Fernando dos Santos Guimarães possui três mandados de prisão em seu desfavor. Ele é suspeito de participação na ocorrência de “novo cangaço”. ocorrida em 17 abril de 2022 em Guarapuava. Naquela cidade, três pessoas foram feridas. Uma delas é um cabo da PM que acabou falecendo dias depois.

De posse do grupo foram localizadas uma pistola Ramon com carregador alongado, uma pistola Glock com seletor de rajada e um revólver cal. 38. O veículo Clio placas AWO5J43 foi apreendido e entregue na delegacia. Compareceram ao local equipes do Samu, Siate, Polícia Civil, Criminalística e IML. Nenhum policial foi ferido na ocorrência.

PG tem cinco mortes violentas em 24 horas

A escalada da violência preocupa os moradores. Considerando os dois assassinatos registrados na noite de segunda-feira (9), (Residencial América e Recanto Verde), e os três óbitos em confronto com a PM, na noite de terça-feira (10), são cinco mortes violentas registradas na cidade num período de 24 horas. Neste ano já são 36 assassinatos. A Câmara Municipal e a Ordem dos Advogados do Brasil demonstraram preocupação com os altos índices e vão procurar soluções. Os homicídios são investigados pela Polícia Civil, que pedem a colaboração da sociedade.

Leia a Matéria completa no site A Rede

Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais