CONECTE-SE CONOSCO

Paraná

Alteração em voo faz passageira gastar R$ 27 mil e gera indenização da Azul

Para voltar de Paris ela teria que espera cinco dias além do previsto ou pagar o valor…

Publicado

em

Uma passageira do Paraná que passou por transtornos em um voo para Paris receberá ressarcimento e indenização por danos morais. A passagem foi adquirida junto à Azul Linhas aéreas em voo operado por companhia parceira.

As quatro passagens foram compradas com saída para 12 de julho de 2019. Na ida o transporte ocorreu com 14 horas de atraso. No voo de volta o problema foi ainda pior. A cliente foi informada que uma alteração exigia que ela ficasse mais cinco dias no destino, o que para ela era impossível.

Sem alternativa ela precisou pagar R$ 27.034,46 por novos bilhetes. No processo, a empresa não apresentou informações que justificassem os problemas. A justiça determinou o ressarcimento do valor e mais danos morais de R$ 5 mil.

“Em relação aos danos morais, os mesmos restaram demonstrados nos autos, haja vista que devido à falha na prestação do serviço, a Requerente chegou ao destino com aproximadamente 14 (quatorze) horas de atraso, no voo de ida, e foi obrigada a adquirir novos bilhetes para retornar de seu destino, o que certamente foi capaz de extrapolar a esfera do mero aborrecimento e causar-lhe dano moral”.

Cabe recurso da decisão. A CGN busca um posicionamento da Azul.

Atualização: nota da empresa

A Azul não comenta casos sub judice.


Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Clique aqui e participe do nosso grupo no whatsapp

Publicidade

Copyright 2019 CGN ® Todos os direitos reservados Contato