CONECTE-SE CONOSCO

Cascavel

Dom Adelar tem tumor maligno, porém menos grave do que o imaginado pela equipe médica

Permaneçamos em oração pela recuperação da saúde de Dom Adelar

Publicado

em

Dom Adelar tem passado bem. No momento o que preocupa e concentra todo o esforço da equipe médica é combater a bactéria. A infecção da meninge, algo que sempre exige cuidados, já não inspira temores.

Nesta tarde, por volta das 17h, Dom Peruzzo e a Irmã de Dom Adelar, a senhora Arlete, conversaram demoradamente com o Dr. Ramina. Este explicou-lhes os procedimentos a serem feitos e então decidiram os encaminhamentos futuros.

Provavelmente no dia de amanhã ou quarta-feira, Dom Adelar retornará a ser hóspede de Dom Peruzzo, na casa episcopal de Curitiba. Receberá o atendimento Home Care, que, em um primeiro momento, basicamente, será administração dos antibióticos. Para tanto será colocado um PICC (um tubo de silicone, flexível, fino e longo que serve para a administração de medicamentos como antibióticos, quimioterapia e soro).

Quanto a biópsia, trata-se de tumor Glial primário inicial grau 2 (existem 4 graus). Como já esperado, é maligno. No entanto, menos grave do que inicialmente imaginado. O Dr. Ramina está bem otimista e também Dom Adelar. O nosso Arcebispo está falante, sorridente e animado.

A equipe médica decidiu esperar pelo menos mais duas semanas para aplicar a radioterapia. A razão é dupla: aguardar os resultados de exames mais específicos para reduzir o máximo possível algum risco da radioterapia; também para que Dom Adelar se fortaleça ainda mais.

Permaneçamos em oração pela recuperação da saúde de Dom Adelar.

O texto é da Pascom Arquidiocesana.


Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Participe do nosso grupo no Whatsapp
ou
Participe do nosso canal no Telegram

Publicidade

Copyright 2022 CGN ® Todos os direitos reservados