CONECTE-SE CONOSCO

Brasil Esportes

Athletico Paranaense é o clube mais bem colocado entre as maiores empresas do Sul do Brasil

O Rubro-Negro é o clube de futebol mais bem colocado no ranking “500 Maiores do Sul”. Medição que é feita pelo Grupo Amanhã e auditada pelo…

Publicado

em

Athletico Paranaense é o clube mais bem colocado entre as maiores empresas do Sul do Brasil
Foto: Arquivo/athletico.com.br

O modelo de gestão do Club Athletico Paranaense é referência. E continua a dar resultados. Dentro de campo, com vitórias e conquistas. Fora dele, com estrutura e profissionalismo que colocam o Furacão entre as maiores empresas do Sul do Brasil.

O Rubro-Negro é o clube de futebol mais bem colocado no ranking “500 Maiores do Sul”. Medição que é feita pelo Grupo Amanhã e auditada pelo PricewaterhouseCoopers [PwC] do Brasil. Há mais de três décadas, o levantamento avalia ano a ano os indicadores de desempenho das principais empresas dos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

De acordo com a medição, o Athletico Paranaense ampliou de quase R$ 100 milhões para R$ 259,4 milhões a vantagem sobre o Internacional de Porto Alegre (RS), segundo colocado no ranking dos clubes do Sul, com base no critério do Valor Ponderado de Grandeza (VPG). Também pertence ao Furacão a supremacia em patrimônio e lucro. Clique aqui e veja a lista completa.

Destaque com a posição do Athletico Paranaense comparado aos demais clubes e administradoras de estádios da região SulImagem: Grupo Amanhã

O ranking foi divulgado agora em novembro em evento online realizado pelo Grupo Amanhã – veja aqui como foi o evento. O ranking levou em conta o desempenho das empresas em 2020, um ano que se tornou desafiador tanto para a iniciativa pública quanto privada devido à crise em vários setores por conta da pandemia causada pela COVID-19.

Mas mesmo em meio às dificuldades impostas pela pandemia, as principais empresas da região Sul do país mostraram que têm expertise para suportar a crise. Isso porque o levantamento aponta que, juntas, as 500 maiores empresas do Sul do Brasil faturaram em 2020 em torno de R$ 737,4 bilhões – valor 18,7% maior que o do exercício de 2019.

No caso dos clubes, a maior dificuldade foi superar um período no qual não era possível contar com o público nos estádios. Por conta disso, de acordo com levantamento realizado pela empresa de consultoria Sports Value, clubes como Athletico Paranaense e Internacional perderam receitas na ordem de R$ 37,8 milhões em bilheteria.


Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Participe do nosso grupo no Whatsapp
ou
Participe do nosso canal no Telegram

Publicidade

Copyright 2022 CGN ® Todos os direitos reservados