CONECTE-SE CONOSCO

Brasil

Comissão discute fusão de institutos de pesquisas ambientais de São Paulo

O IPA foi criado em junho, via decreto, pelo governador João Doria e enfrenta resistência das comunidades científica e ambientalista locais. Uma moção, encabeçada pela ONG…

Publicado

em

Comissão discute fusão de institutos de pesquisas ambientais de São Paulo
Reprodução/TV Câmara

A Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara dos Deputados promove audiência pública nesta quinta-feira (25) para discutir a extinção dos institutos Geológico, Botânico e Florestal de São Paulo, por meio da criação do Instituto de Pesquisas Ambientais (IPA).

O IPA foi criado em junho, via decreto, pelo governador João Doria e enfrenta resistência das comunidades científica e ambientalista locais. Uma moção, encabeçada pela ONG Instituto Brasileiro de Proteção Ambiental (Proam) e assinada por mais de 300 pessoas, qualifica a extinção dos três institutos como um “retrocesso”. “Os institutos de Botânica, Florestal e Geológico possuem missões distintas, não havendo sobreposição entre eles e nenhum fundamento ou motivação para a fusão em uma única instituição”, diz o manifesto, publicado em março.

Idealizadores do debate na Câmara, os deputados Nilto Tatto (PT-SP) e Aliel Machado (PSB-PR) também são críticos ao novo instituto. “O governo local, na contramão da evolução do conhecimento ambiental, propõe desvincular o manejo das áreas protegidas e a produção florestal da pesquisa científica”, afirmam.

O governo paulista nega a acusação e diz que o IPA busca modernizar a gestão dos estudos ambientais no estado. “Vamos criar um instituto mais parrudo e integrado, cujas pesquisas estejam antenadas com as demandas da sociedade”, declara o subsecretário de Meio Ambiente de São Paulo, Eduardo Trani.

Convidados
Foram convidados para a reunião desta quinta-feira:
– o presidente do Proam, Carlos Alberto Hailer Bocuhy;
– a professora de Gestão Ambiental na Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (USP) Flávia Noronha Dutra Ribeiro;
– o Presidente da Associação dos Pesquisadores Científicos do Estado de São Paulo (APqC), João Paulo Feijão Teixeira;
– o pesquisador da área de Climatologia do Instituto Geológico de São Paulo Gustavo Armani;
– a pesquisadora na área de Ecologia do Instituto Florestal de São Paulo Helena Dutra Lutgens; e
– a pesquisadora do Núcleo Curadoria do Herbário do Instituto de Botânica de São Paulo Inês Cordeiro.

Como assistir
A reunião será realizada no plenário 14, às 14h30. O público poderá acompanhar a discussão ao vivo e enviar perguntas aos participantes por meio do portal e-Democracia.

Da Redação – MO


Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Participe do nosso grupo no Whatsapp ou do nosso canal no Telegram

Publicidade

Copyright 2021 CGN ® Todos os direitos reservados