CONECTE-SE CONOSCO

Economia

Bolsas de NY fecham sem sinal único em sessão abreviada; Nasdaq tem novo recorde

Publicado

em

As bolsas de Nova York oscilaram perto da estabilidade e fecharam sem sinal único nesta terça-feira, 24. Após recordes históricos de fechamento recentes, os índices não mostraram muito fôlego, em sessão abreviada pelo feriado do Natal.

O índice Dow Jones fechou em baixa de 0,13%, em 28.515,45 pontos, o Nasdaq subiu 0,08%, a 8.952,88 pontos, e o S&P 500 teve queda de 0,02%, a 3.223,38 pontos. Mesmo com variação discreta, o Nasdaq conseguiu atingir novo recorde histórico de fechamento desta terça.

O comércio global segue como um norte para os mercados, embora nesta terça sem grandes novidades. O presidente americano, Donald Trump, afirmou que a fase 1 do acordo com a China deve ser assinada, dizendo que o assunto já foi concluído, bastando apenas trabalho burocrático para confirmá-lo.

Na agenda de indicadores, o índice composto da atividade regional industrial do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) de Richmond caiu de -1 em novembro a -5 em dezembro.

Já entre as ações em foco, o papel da Boeing recuou 1,35%, devolvendo parte dos ganhos mais fortes da sessão anterior, quando agradou a notícia da saída do executivo-chefe da empresa, Dennis Muilenburg, em meio às dificuldades para se lidar com o modelo 737 MAX.

Entre os setores de tecnologia e serviços de comunicação, não houve sinal único. Apple subiu 0,10% e Twitter avançou 0,22%, mas Amazon teve baixa de 0,21%, Facebook cedeu 0,51% e Alphabet caiu 0,46%.

As petroleiras tampouco firmaram direção comum, com ExxonMobil em queda de 0,38% e Chevron, em alta de 0,01%.


Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Clique aqui e participe do nosso grupo no whatsapp

Publicidade

Copyright 2019 CGN ® Todos os direitos reservados Contato