CONECTE-SE CONOSCO

Paraná

TCE-PR relata ação que levou à liberação de 94 leitos de UTI em Curitiba

Publicado

em

Em reunião nacional por videoconferência realizada na tarde desta terça-feira (23 de março), o corregedor-geral do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), conselheiro Fernando Guimarães, compartilhou com outros órgãos de controle do país uma importante experiência que resultou na liberação, há algumas semanas, de 94 leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) em Curitiba em meio à situação emergencial provocada pela pandemia da Covid-19 no Brasil.

 “Pequenas atitudes nossas podem colaborar. E muito! Em uma conversa de duas horas que tivemos com os gestores municipais, fomos capazes de orientá-los e auxiliar na reativação desses leitos, que aconteceu em menos de 48 horas e certamente ajudou a trazer alívio à população local neste difícil momento que estamos vivendo”, relatou o conselheiro. Guimarães é o superintendente da Terceira Inspetoria de Controle Externo (3ª ICE), unidade do TCE-PR atualmente encarregada da fiscalização da Secretaria de Estado da Saúde.

A iniciativa foi compartilhada em encontro do Sistema Tribunais de Contas, no qual estiveram presentes representantes de diversos órgãos e entidades, como o Tribunal de Contas da União (TCU), o Conselho Nacional de Presidentes dos Tribunais de Contas (CNPTC) e o Instituto Rui Barbosa (IRB).

O presidente do TCE-PR, conselheiro Fabio Camargo, e o vice-presidente da Corte, conselheiro Ivan Bonilha – que também comanda o IRB -, foram representados na reunião, respectivamente, pelo coordenador-geral de Fiscalização do Tribunal, Rafael Ayres, e pela coordenadora-geral do IRB, Crislayne Cavalcante de Moraes.

Boas práticas

Ao compartilhar com os demais as boas práticas do TCE-PR, o corregedor-geral também mencionou a recente decisão tomada pelo presidente da Corte de restringir o funcionamento do transporte coletivo em Curitiba para diminuir a disseminação do novo coronavírus entre os usuários do serviço, bem como o questionário sobre o processo de vacinação contra a Covid-19 encaminhado pelo Tribunal aos prefeitos paranaenses em fevereiro – iniciativa que serviu de exemplo a ações semelhantes adotadas por outras cortes de contas.

Outra iniciativa relatada no encontro foi a parceria que está sendo desenvolvida entre o TCE-PR e o TCU para orientar os gestores estaduais e municipais paranaenses a respeito da melhor forma de resolver questões urgentes relativas ao combate à pandemia, como a contratação de profissionais de saúde, a aquisição de vacinas e a compra de materiais hospitalares.

Os detalhes sobre a ação em curso foram fornecidos pelo secretário do TCU no Paraná, Luiz Gustavo Gomes Andrioli, e pela inspetora da 3ª ICE do TCE-PR, Rita de Cássia Mombelli. Por fim, os cerca de 150 presentes na reunião deliberaram por replicar a experiência do TCE-PR em seus respectivos estados e municípios, ampliando o diálogo com os gestores públicos e compartilhando, entre si, sugestões para a resolução de problemas relacionados ao enfrentamento à disseminação do novo coronavírus.

As informações são do Tribunal de Contas do Estado do Paraná.


Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Participe do nosso grupo no Whatsapp ou do nosso canal no Telegram

Publicidade

Copyright 2021 CGN ® Todos os direitos reservados