CONECTE-SE CONOSCO

Cascavel

Vídeo: Homem que foi obrigado a entrar no Banco Santander descalço será indenizado

Ele afirmou que já tinha ido à agência com o mesmo calçado outras vezes, mas precisou deixar as botas para fora…

Publicado

em

Um cascavelense que passou por um constrangimento em uma unidade do Banco Santander moveu uma ação contra a instituição financeira.

Segundo consta no processo, ele esteve no mês de abril no Santander, mas foi barrado na porta giratória, pois a bota que ele usava tinha uma biqueira de aço. Um vídeo mostra o cliente descalço dentro do banco e a botina deixada na área dos caixas.

Para conseguir resolver o impasse, o homem teve que acessar a parte interna do banco apenas de meias, deixando o calçado para fora.

Em sua defesa, o Banco alegou que há cartazes nas unidades afirmando que não é permitida a entrada de botinas com biqueira porque o objeto é barrado na porta giratória.

A juíza por sua vez, afirmou que naquela unidade em específico não tinha a indicação e que o homem já havia ido ao local outras vezes com o mesmo calçado.

“A reclamada deixou de demonstrar que aquela agência específica possuía o aviso relativo à bota com biqueiras de aço, assim como deixou de comprovar que seus prepostos tenham apresentado outras alternativas para resolução do impasse na tentativa de amenizar os constrangimentos a que o autor poderia ser exposto caso acessasse a agência sem os seus calçados. Ainda que o detector de metais seja um item de segurança presente em todas as agências bancárias, o autor relatou que em outras oportunidades passou pela porta giratória daquela mesma localidade e com o mesmo calçado, e nunca havia sido barrado ou constrangido antes. Certamente a situação vivida pelo autor é capaz de constranger qualquer indivíduo, por mais simples e humilde que seja”, declarou a juíza.

Por conta do constrangimento, o banco foi obrigado a indenizar o homem em R$ 2 mil por danos morais.


Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Clique aqui e participe do nosso grupo no whatsapp

Publicidade

Copyright 2019 CGN ® Todos os direitos reservados Contato