CONECTE-SE CONOSCO

Cascavel

Como será o acompanhamento aos adolescentes vítimas de sequestro?

Além do Conselho Tutelar, a rede de Proteção Social Especial foi mobilizada…

Publicado

em

Os dois irmãos de Cafelândia que foram vítimas de sequestro por parte do padrasto já tiveram alta médica e estão sob os cuidados da mãe. Eles não voltaram para a casa onde o crime ocorreu e já foram encaminhados para receber acompanhamento.

“Eles não estão na mesma residência e os exames apontaram que fisicamente eles estão bem. Eles demonstraram estar abalados, mas estão conseguindo falar sobre o ocorrido”, relatou o conselheiro Nilson José de Lima.

O homem disse que teve um surto depois de fofocas da vizinhança de que ele seria pedófilo e abusaria dos enteados. O conselho nunca recebeu nenhuma denúncia contra o homem.

“O Conselho Tutelar é a porta de entrada para apuração deste tipo de caso. Para nós não chegou nenhuma denúncia, nem anônima, nem por parte da família. Então se este comentário existia, era apenas um boato, nunca foi formalizado por ninguém”.

As crianças serão acompanhadas pelo setor de Proteção Social Especial, da Secretaria de Assistência Social. O acompanhamento psicológico será imediato e durará o tempo que for necessário.

O objetivo é minimizar as consequências negativas do sequestro que durou quase 30 horas e que desestabilizaram emocionalmente o menino de 12 anos e a menina de 14. Eles foram mantidos amarrados na maior parte do tempo. O trabalho seguirá em sigilo.

O sequestro só terminou na tarde de ontem (3) quando a Polícia Militar invadiu a casa. O homem portava uma faca, está detido em Nova Aurora e já foi ouvido.

Veja as outras notícias sobre o caso.


Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Participe do nosso grupo no Whatsapp ou do nosso canal no Telegram

Publicidade

Copyright 2021 CGN ® Todos os direitos reservados