CONECTE-SE CONOSCO

Cascavel

Tenente conta que homem morto pela PM em Corbélia teria avançado contra as equipes policias

Segundo o Tenente Wellington Bastos foram horas de negociação até que a equipe precisou utilizar a arma de fogo em defesa própria.

Publicado

em

Na tarde de ontem (20) várias equipes policiais foram mobilizadas para atender uma ocorrência na cidade de Corbélia, onde um homem estaria armado ameaçando tirar a própria vida, mas após horas de negociação, o homem acabou sendo morto por um policial militar.

O Tenente do Batalhão da Polícia Militar de Cascavel, Wellington Bastos, conversou com a imprensa durante esta madrugada e passou detalhes da situação.

De acordo com o Tenente, por volta das 17 horas de ontem, a polícia foi acionada via 190 pela esposa do homem, que disse à central que o marido estaria armado e ameaçando cometer suicídio. As autoridades de segurança locais iniciaram tentativa de negociação e realizaram o isolamento da área.

Após um período de negociações sem êxito, equipes do Pelotão de Choque de Cascavel e equipes de Curitiba especializadas em negociação foram acionadas para realizarem as tratativas para conter o homem em crise.

Segundo Bastos, em todo o período de negociação com as equipes, o homem ameaçava a atirar em si e também contra os policiais que continuaram as tratativas utilizando escudos balísticos a 13 metros de distância de onde o homem estava, para manter a segurança dos policiais negociadores e vítima.

Por volta das 20:20 horas, o homem se aproximou a cerca de cinco metros de distância da equipe apontando a arma para o queixo dizendo que iria atirar. Mesmo estando tão próximos, os policiais continuaram as tratativas, tentando convencer o homem a desistir, momento em que ele apontou a arma para os policiais que precisaram atirar contra o homem. Após o primeiro disparo o homem se virou novamente para a equipe e que precisou atirar pela segunda vez.

Em seguida os policiais conseguiram tirar a arma do homem e a equipe do Samu que já estava posicionada prestou os atendimentos de imediato, mas a caminho do hospital o homem acabou falecendo.

O homem de 65 anos estava com uma arma winchester 44.


Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Participe do nosso grupo no whatsapp

Publicidade

Copyright 2020 CGN ® Todos os direitos reservados