CONECTE-SE CONOSCO

Paraná

Instituições paranaenses reúnem-se para tratar de assassinato de líder do MST

MPF acompanha os fatos por meio da Procuradoria Regional dos Direitos dos Cidadãos…

Publicado

em

Na última terça-feira (27), o Ministério Público Federal (MPF) reuniu-se virtualmente com o Ministério Público do Estado do Paraná, com a Defensoria Pública da União e com a Defensoria Pública do Estado do Paraná para tratar do acompanhamento do caso de sequestro e assassinato do líder do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra em Rio Bonito do Iguaçu (PR), Ênio Pasqualin.

O MPF esteve presente por meio da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC), que destacou o papel de acompanhamento  e  enfrentamento  de  denúncias  de  violências  no  campo. A PRDC vem acompanhando o caso por meio de um Procedimento Administrativo de Acompanhamento instaurado no dia 26 de outubro.

A atuação da PRDC, neste caso, segue cartilha elaborada pela Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), por meio do seu Grupo de Trabalho Direito à Reforma Agrária, que subsidia a atuação do Ministério Público Federal em casos de violência contra defensores de direitos humanos no campo.

A reunião falou sobre as investigações e terminou com a intenção unânime das instituições presentes de auxiliar dentro de suas atribuições.

Assessoria


Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Participe do nosso grupo no Whatsapp ou do nosso canal no Telegram

Publicidade

Copyright 2021 CGN ® Todos os direitos reservados