CONECTE-SE CONOSCO

Cascavel

Padrão Silva e Luna – Por Caio Gottlieb

Publicado

em

Dá pra dizer que existe um modelo gerencial que o presidente Jair Bolsonaro gostaria de ver amplamente replicado nas demais áreas do seu governo.

Por diversas vezes, sempre que surge uma oportunidade, ele não tem poupado elogios ao desempenho do general de exército da reserva Joaquim Silva e Luna na função de diretor geral brasileiro da Itaipu Binacional.

Em uma de suas mais recentes e tradicionais lives das quintas-feiras, ao rebater as críticas preconceituosas contra a presença de militares das Forças Armadas em cargos-chave da administração federal, Bolsonaro voltou a citar o trabalho exemplar do ex-ministro da Defesa à frente da maior hidrelétrica do mundo.

Com a sua eloquência costumeira, o presidente enfatizou: “Olha só o que o general vem fazendo na usina e no Oeste do Paraná. Pergunta para o governador Ratinho Junior o que ele acha do Silva e Luna na Itaipu? O que os prefeitos dizem disso? Itaipu está construindo duas pontes com o Paraguai, economizou mais de 500 milhões de reais para reinvestir em obras importantes para aquela região”.

Aliás, a receita de Silva e Luna para fazer sobrar tamanho volume de recursos é regra básica em gestões públicas e privadas eficientes: procurar incessantemente fazer mais com menos.

Seus ingredientes principais: cortar mordomias, privilégios e gastos supérfluos, além de não dar qualquer chance para a corrupção.

Não tem erro.

(Leia e compartilhe outras postagens acessando o site: caiogottlieb.jor.br)


Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Clique aqui e participe do nosso grupo no whatsapp

Publicidade

Copyright 2020 CGN ® Todos os direitos reservados