CONECTE-SE CONOSCO

Paraná

Homem que matou cão com tiro é policial militar, afirma delegado

O vídeo do crime chegou até a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente, que oficiou a PM sobre o caso, pedindo apresentação do servidor

Publicado

em

Na noite desta terça-feira (23), o delegado Matheus Araújo Laiola, responsável pela DPMA (Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente) de Curitiba, atualizou o caso do cachorrinho que morreu baleado em Fazenda Rio Grande, RMC, no dia de ontem (22).

Um vídeo divulgado nesta manhã mostra o fato, sendo que o homem tenta chutar o animal e, ao não conseguir, atira e mata o cãozinho.

Rapidamente, os investigadores conseguiram confirmar que o fato aconteceu em Fazenda Rio Grande e o atirador seria um policial militar.

Na sequência, a DPMA oficiou a Polícia Militar solicitando a apresentação do servidor, para que os procedimentos de autuação por maus-tratos passa ser realizada.

Também foi solicitado à Prefeitura de Fazenda Rio Grande que apresente o relatório de atendimento da ocorrência, pois foram servidores municipais que recolheram o corpo do animal.

O Delegado Matheus Laiola também destacou que todas as medidas cabíveis já estão sendo tomadas, pois a conduta do atirador teria sido totalmente desproporcional, fincado claro o crime de maus-tratos.


Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Participe do nosso grupo no whatsapp

Publicidade

Copyright 2020 CGN ® Todos os direitos reservados