CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!

Powell diz que nunca notou sinal de declínio cognitivo nas reuniões que teve com Biden

Powell também indicou que não participou de encontro direto com Biden há cerca de dois anos. Segundo ele, o contato limitado com o presidente é normal,...

Publicado em

Por Agência Estado

Publicidade

O presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, afirmou nesta quarta-feira, 10, que nunca observou sinais de declínio cognitivo nas reuniões que teve com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. Powell foi questionado sobre as faculdades mentais do democrata pelo deputado republicano Mike Lawler. “Não”, respondeu, de maneira categórica.

Powell também indicou que não participou de encontro direto com Biden há cerca de dois anos. Segundo ele, o contato limitado com o presidente é normal, porque o Fed é uma instituição independente. “Esse é o meu 13º ano no Fed e vejo que pode haver longo períodos sem que o presidente do Fed se encontre com o presidente do país. Isso é totalmente normal”, disse.

A pergunta de Lawler inspirou protestos de parlamentares democratas durante audiência na Câmara dos Representantes. O tema tem sido discutido de maneira mais intensa nos últimos dias, desde o debate entre Biden e o ex-presidente e candidato republicano, Donald Trump. O desempenho de Biden gerou pressão para que Biden abandone a disputa pela reeleição.

Na audiência, Powell assegurou que as decisões do Fed não levam em consideração fatores políticos ou o ciclo eleitoral. Segundo ele, a política monetária é ditada pela evolução dos dados econômicos.

Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais