CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!

X, ex-Twitter, oculta curtidas após liberar pornografia na plataforma

A aba Curtidas nos perfis, que exibia aos seguidores e visitantes os posts que um usuário havia curtido, foi removida. Agora, apenas o proprietário da conta...

Publicado em

Por Agência Estado

Publicidade

O X, antigo Twitter, anunciou nesta semana que as curtidas (likes) em posts de outros usuários não serão mais visíveis publicamente. A atualização, que já está em vigor para todos os perfis, incluindo assinantes do X Premium, visa garantir mais privacidade aos utilizadores, de acordo com comunicado da equipe de engenharia da rede social nesta terça-feira, 11.

A aba Curtidas nos perfis, que exibia aos seguidores e visitantes os posts que um usuário havia curtido, foi removida. Agora, apenas o proprietário da conta poderá ver suas próprias curtidas. A medida afeta tanto contas gratuitas quanto assinantes do X Premium e X Premium+, que agora terão apenas as abas “Posts”, “Respostas” e “Mídia” visíveis para outros usuários.

O X, antigo Twitter, anunciou nesta semana que as curtidas (likes) em posts de outros usuários não serão mais visíveis publicamente. A atualização, que já está em vigor para todos os perfis, incluindo assinantes do X Premium, visa garantir mais privacidade aos utilizadores, de acordo com comunicado da equipe de engenharia da rede social nesta terça-feira, 11.

A aba Curtidas nos perfis, que exibia aos seguidores e visitantes os posts que um usuário havia curtido, foi removida. Agora, apenas o proprietário da conta poderá ver suas próprias curtidas. A medida afeta tanto contas gratuitas quanto assinantes do X Premium e X Premium+, que agora terão apenas as abas “Posts”, “Respostas” e “Mídia” visíveis para outros usuários.

Embora as curtidas não sejam mais públicas, os autores dos posts ainda poderão ver quem curtiu suas publicações. A mudança, no entanto, gera debates sobre possíveis impactos na comunidade, como o uso de informações de curtidas para fins de chantagem e a dificuldade de avaliar o engajamento real de um post, já que não será mais possível verificar se as curtidas vieram de usuários orgânicos ou bots.

Justificativa da empresa e polêmicas

Elon Musk, proprietário do X, defendeu a mudança afirmando que é “importante permitir que as pessoas curtam posts sem serem atacadas por isso”. A empresa alega que curtidas públicas incentivam comportamentos indesejados, como a relutância em curtir conteúdos controversos por medo de represálias ou para proteger a imagem pública. No entanto, críticos argumentam que a medida pode facilitar fraudes e manipulação de posts, especialmente em relação a eleições.

Enrique Barragan, engenheiro sênior de software do X, esclareceu em um post que os usuários ainda poderão ver quem curtiu seus próprios posts e a contagem de curtidas, mas não terão mais acesso às curtidas de outros usuários.

Em agosto do ano passado, a plataforma permitiu que usuários pagantes ocultassem suas curtidas, enquanto outros ainda tinham acesso a essa informação. A decisão de tornar as curtidas privadas para todos surgiu após a recente atualização da política do X, que passou a permitir conteúdo adulto e pornográfico consensualmente produzido e distribuído, desde que devidamente sinalizado.

Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais