CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!

Professor de escola pública de Castro investigado por possível assédio sexual contra alunas é afastado cautelarmente das funções a pedido do MPPR

Conforme apurado, o investigado teria assediado as alunas, fazendo elogios de conotação sexual e pedindo que elas fossem para a lousa para constrangê-las com olhares pelo......

Publicado em

Por Ministério Público do Paraná

Publicidade

Um professor de escola pública investigado em Castro, nos Campos Gerais, por possível cometimento do crime de assédio sexual contra várias alunas foi afastado cautelarmente das funções. O afastamento atende pedido feito pelo Ministério Público do Paraná, por meio 4ª Promotoria de Justiça da comarca.

Conforme apurado, o investigado teria assediado as alunas, fazendo elogios de conotação sexual e pedindo que elas fossem para a lousa para constrangê-las com olhares pelo corpo. Além disso, depois de tomar conhecimento das denúncias feitas em seu desfavor, ele teria passado a ofender e intimidar estudantes.

A decisão determina ao investigado a “suspensão do exercício de função pública ou de atividade de natureza educacional/pedagógica”, advertindo que o eventual descumprimento da medida ou a prática de novo delito levará à expedição de mandado de prisão contra ele.

Processo número 0003313-13.2024.8.16.0064 (sob sigilo)

[email protected]

Fonte: MPPR

Notícias Relacionadas:

Tribunal do Júri de Foz do Iguaçu condena réu denunciado pelo Ministério Público do Paraná por homicídio qualificado a 23 anos e 9 meses de prisão
Tribunal do Júri de Foz do Iguaçu condena réu denunciado pelo Ministério Público do Paraná por homicídio qualificado a 23 anos e 9 meses de prisão
Tribunal do Júri de Foz do Iguaçu condena homem por homicídio qualificado a 23 anos e 9 meses de prisão
Tribunal do Júri de Foz do Iguaçu condena homem por homicídio qualificado a 23 anos e 9 meses de prisão
Ministério Público do Paraná denuncia por homicídio com dolo eventual motorista que atropelou e matou ciclista em Marialva ao dirigir embriagado em alta velocidade
Ministério Público do Paraná denuncia por homicídio com dolo eventual motorista que atropelou e matou ciclista em Marialva ao dirigir embriagado em alta velocidade
Ministério Público do Paraná oferece denúncia criminal contra dois irmãos que ameaçaram e agrediram a irmã transexual e a própria mãe em Piraquara
Ministério Público do Paraná oferece denúncia criminal contra dois irmãos que ameaçaram e agrediram a irmã transexual e a própria mãe em Piraquara
MP denuncia dois irmãos que ameaçaram e agrediram a irmã transexual e a própria mãe
MP denuncia dois irmãos que ameaçaram e agrediram a irmã transexual e a própria mãe
Judiciário condena 14 pessoas denunciadas pelo MPPR em Paranaguá por desvio de indenizações pagas a pescadores
Judiciário condena 14 pessoas denunciadas pelo MPPR em Paranaguá por desvio de indenizações pagas a pescadores
Judiciário condena 14 pessoas denunciadas pelo MPPR em Paranaguá por desvio de indenizações pagas a pescadores
Judiciário condena 14 pessoas denunciadas pelo MPPR em Paranaguá por desvio de indenizações pagas a pescadores
Judiciário recebe denúncia criminal contra ex-prefeito e secretário de Licitações de Iporã por morte e lesão causadas em dois trabalhadores em obra do Município
Judiciário recebe denúncia criminal contra ex-prefeito e secretário de Licitações de Iporã por morte e lesão causadas em dois trabalhadores em obra do Município
Delegado denunciado pelo MPPR por matar esposa e enteada em Curitiba é condenado no Júri a 38 anos e 10 meses de prisão
Delegado denunciado pelo MPPR por matar esposa e enteada em Curitiba é condenado no Júri a 38 anos e 10 meses de prisão
Delegado denunciado pelo MPPR por matar esposa e enteada em Curitiba é condenado no Júri a 38 anos e 10 meses de prisão
Delegado denunciado pelo MPPR por matar esposa e enteada em Curitiba é condenado no Júri a 38 anos e 10 meses de prisão
Tribunal do Júri de Matelândia condena a 16 anos de prisão homem denunciado pelo MPPR pelos crimes de homicídio qualificado e ocultação de cadáver
Tribunal do Júri de Matelândia condena a 16 anos de prisão homem denunciado pelo MPPR pelos crimes de homicídio qualificado e ocultação de cadáver
MPPR em Cianorte realiza a Operação Abutre com o cumprimento de ordens de prisão, busca e apreensão e sequestro de bens de suspeito de agiotagem
MPPR em Cianorte realiza a Operação Abutre com o cumprimento de ordens de prisão, busca e apreensão e sequestro de bens de suspeito de agiotagem
MPPR e Polícia Civil cumprem 138 mandados na Operação Ponte Molhada, que apura delitos de organização criminosa que atua no Litoral paranaense
MPPR e Polícia Civil cumprem 138 mandados na Operação Ponte Molhada, que apura delitos de organização criminosa que atua no Litoral paranaense
MPPR cumpre 10 mandados de busca e apreensão na Operação Arcanjo, que apura possíveis pagamentos indevidos feitos pelo Município de Chopinzinho
MPPR cumpre 10 mandados de busca e apreensão na Operação Arcanjo, que apura possíveis pagamentos indevidos feitos pelo Município de Chopinzinho
Réu denunciado pelo MPPR por tentativa de homicídio que deixou vítima em estado vegetativo é condenado a 11 anos de prisão por Júri de Francisco Beltrão
Réu denunciado pelo MPPR por tentativa de homicídio que deixou vítima em estado vegetativo é condenado a 11 anos de prisão por Júri de Francisco Beltrão
Ministério Público do Paraná cria grupo especial para fortalecimento da atuação na área de crimes dolosos contra a vida
Ministério Público do Paraná cria grupo especial para fortalecimento da atuação na área de crimes dolosos contra a vida
Ministério Público do Paraná cria Grupo de Atuação Especial do Tribunal do Júri
Ministério Público do Paraná cria Grupo de Atuação Especial do Tribunal do Júri
Homem que matou passageiro que defendeu casal homoafetivo dentro de ônibus em Curitiba é denunciado por outros dois homicídios e por corrupção de menor
Homem que matou passageiro que defendeu casal homoafetivo dentro de ônibus em Curitiba é denunciado por outros dois homicídios e por corrupção de menor
Vereador denunciado pelo MPPR por discurso de ódio em relação ao ator Paulo Gustavo é condenado por injúria homofóbica
Vereador denunciado pelo MPPR por discurso de ódio em relação ao ator Paulo Gustavo é condenado por injúria homofóbica
Vereador denunciado pelo MPPR por discurso de ódio em relação ao ator Paulo Gustavo é condenado por injúria homofóbica
Vereador denunciado pelo MPPR por discurso de ódio em relação ao ator Paulo Gustavo é condenado por injúria homofóbica
Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais