CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Estado capacita profissionais sobre o telediagnóstico de doenças de pele e no coração
Sesa capacita profissionais de saúde sobre o Telediagnóstico em Dermatologia e EletrocardiogramaFoto: SESA-PR

Estado capacita profissionais sobre o telediagnóstico de doenças de pele e no coração

O evento que ocorreu no auditório da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC) e reuniu cerca de 140 profissionais de saúde, entre médicos, enfermeiros e técnicos......

Publicado em

Por CGN

Publicidade
Imagem referente a Estado capacita profissionais sobre o telediagnóstico de doenças de pele e no coração
Sesa capacita profissionais de saúde sobre o Telediagnóstico em Dermatologia e EletrocardiogramaFoto: SESA-PR

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), por meio da 20ª Regional de Saúde de Toledo e a equipe técnica do Núcleo de Telessaúde do Paraná, realizou nesta terça-feira (28) uma capacitação sobre os processos de implantação e aperfeiçoamento de fluxos relacionados ao telediagnóstico em dermatologia, que iniciou na região em fevereiro e o início da implantação do telediagnóstico em eletrocardiograma, com previsão de implantação em julho de 2024.   

O evento que ocorreu no auditório da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC) e reuniu cerca de 140 profissionais de saúde, entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem das Unidades de Atenção Primária à Saúde dos 18 municípios que compõem a 20ª Região de Saúde. Telediagnóstico é o diagnóstico à distância, no qual os exames são transmitidos por meio da internet para um médico especialista emitir um laudo. O objetivo é dar uma resposta mais rápida aos pacientes.

“A Sesa tem investido nas parcerias bem-sucedidas e levará aos municípios possibilidades de implantação de novas ações de telessaúde e irá apoiar os profissionais no manejo de casos melhorando a experiência dos usuários do SUS”, disse o Secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

Para a diretora de Atenção e Vigilância em Saúde da Sesa, Maria Goretti David Lopes, os profissionais da Atenção Primária à Saúde (APS) tem um papel fundamental na resolutividade dos casos de lesões de pele. “A implantação dessa estratégia possibilita a identificação oportuna de lesões já na porta de entrada do paciente ao serviço de saúde, com isso é possível obter uma detecção precoce de casos de doenças mais preocupantes, como o câncer e a hanseníase”, explicou.

A médica dermatologista Fabíola Welter Ribeiro, que atende os usuários da região no ambulatório do Consórcio Intermunicipal de Saúde Costa Oeste do Paraná (Ciscopar), apresentou aos profissionais de saúde as ações desenvolvidas pela atenção especializada ambulatorial com foco em queixas de pele na região e também a potencialidade da proposta do telediagnóstico em dermatologia para a APS.

“O usuário é o principal protagonista de tudo que estamos discutindo hoje, é por ele que estamos propondo essa estratégia, para que ele possa ter suas demandas atendidas da melhor forma e em tempo oportuno”, enfatizou a dermatologista.

“É um grande desafio incorporar as Tecnologias de Informação e Comunicação nas práticas da APS, o telediagnóstico em dermatologia e eletrocardiograma são iniciativas muito importantes para região. Esse é só o ponta pé inicial para outras ações a serem desenvolvidas no âmbito da Saúde Digital”, disse o diretor da 20ª Regional de Saúde, Fernando Pedrotti.

TELESSAÚDE – O Telessaúde é uma das estratégias existentes dentro do escopo da Saúde Digital, que utiliza recursos das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação para desenvolver serviços que promovam a integralidade e a continuidade da assistência e do cuidado em saúde entre todos os níveis de atenção no âmbito do Sistema Único de Saúde. Ações de telessaúde podem ocorrer por meio de teleconsultoria síncrona e/ou assíncrona, teletriagem, teleconsulta, teleinterconsulta, telediagnóstico, telemonitoramento, teleorientação e teleducação.

O principal objetivo é promover a articulação entre a Atenção Primária à Saúde (APS) e Atenção Especializada (ambulatorial e hospitalar), para melhoria dos serviços de saúde e fortalecimento da Rede de Atenção à Saúde (RAS). Ele contribui para a resolubilidade da APS, promove a redução das filas de espera, dos custos, do tempo para atendimentos e diagnósticos especializados, diminui os deslocamentos de grandes distâncias geográficas, melhora a satisfação do usuário e a otimização dos recursos dentro do SUS. No Paraná, o Núcleo Estadual de Telessaúde foi instituído pela Sesa, por meio da Resolução 1048/2021, e desde então articula e disponibiliza ações de Telessaúde.

Fonte: AEN

Notícias Relacionadas:

Senacon notifica planos de saúde após cancelamentos unilaterais
Senacon notifica planos de saúde após cancelamentos unilaterais
Biofábrica Wolbachia: Londrina e Foz do Iguaçu terão nova tecnologia de combate à dengue
Biofábrica Wolbachia: Londrina e Foz do Iguaçu terão nova tecnologia de combate à dengue
Hospital Zona Norte de Londrina zera fila de cirurgias de pacientes com hanseníase
Hospital Zona Norte de Londrina zera fila de cirurgias de pacientes com hanseníase
Sesa inicia atividades do PlanificaSUS Saúde Mental para a Macrorregião Norte
Sesa inicia atividades do PlanificaSUS Saúde Mental para a Macrorregião Norte
“Estamos muito aquém do que se faz nas redes de direita”, diz Nísia
“Estamos muito aquém do que se faz nas redes de direita”, diz Nísia
Boletim semanal da dengue registra 18.306 novos casos e 15 óbitos no Paraná
Boletim semanal da dengue registra 18.306 novos casos e 15 óbitos no Paraná
Saúde monitora serpentes no Estado e garante soro que neutraliza ação do veneno
Saúde monitora serpentes no Estado e garante soro que neutraliza ação do veneno
Férias: atualizar a carteira de vacinação protege crianças e jovens em passeios e viagens
Férias: atualizar a carteira de vacinação protege crianças e jovens em passeios e viagens
Secretaria da Saúde vai incentivar adesão a programa que agiliza exames e consultas especializadas
Secretaria da Saúde vai incentivar adesão a programa que agiliza exames e consultas especializadas
União da Vitória, Bituruna e General Carneiro: Estado investe R$ 43 milhões em hospitais
União da Vitória, Bituruna e General Carneiro: Estado investe R$ 43 milhões em hospitais
Serviço online que agiliza laudo de eletrocardiograma chega à região de Londrina
Serviço online que agiliza laudo de eletrocardiograma chega à região de Londrina
Estado libera R$ 12 milhões para 1º hospital de Imbituva e entrega matrículas de 171 casas
Estado libera R$ 12 milhões para 1º hospital de Imbituva e entrega matrículas de 171 casas
Com investimentos do Estado, hospital de Nova Aurora terá novos equipamentos
Com investimentos do Estado, hospital de Nova Aurora terá novos equipamentos
Com recursos do Estado, hospital de Nova Aurora terá novos equipamentos
Com recursos do Estado, hospital de Nova Aurora terá novos equipamentos
Frio do inverno liga alerta para prevenção da pneumonia e gripe
Frio do inverno liga alerta para prevenção da pneumonia e gripe
Governo entrega veículos e libera recursos para cirurgias no Hospital do Trabalhador
Governo entrega veículos e libera recursos para cirurgias no Hospital do Trabalhador
Informe da Saúde registra mais 20.848 casos de dengue e 38 óbitos no Paraná
Informe da Saúde registra mais 20.848 casos de dengue e 38 óbitos no Paraná
Paraná abre 233 novas vagas para Mais Médicos; profissionais devem se inscrever até sábado
Paraná abre 233 novas vagas para Mais Médicos; profissionais devem se inscrever até sábado
Com repasse do Governo, sede do Consórcio de Saúde do Vale do Ivaí se transformará em AME
Com repasse do Governo, sede do Consórcio de Saúde do Vale do Ivaí se transformará em AME
Hospital Universitário de Maringá alcança 95% de aleitamento em prematuros
Hospital Universitário de Maringá alcança 95% de aleitamento em prematuros
Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais