CONECTE-SE CONOSCO

Cascavel

Antiga sede do Atacado Liderança é vendida e abrigará empresa de energia solar

O prédio era avaliado em R$ 44,6664 milhões e foi arrematado por R$ 19,385 milhões…

Publicado

em

Há exatamente um ano foi decretada a falência do Atacado Liderança. Por coincidência, hoje (28) foi expedida a carta de arrematação que formaliza a venda do principal bem que a empresa tinha para pagar os credores: A sede da BR-277 foi leiloada por R$ 19,385 milhões para DFR Administradora de Bens Ltda, empresa que tem a Ilumisol Energia Solar Eireli no quadro societário.

O administrador, Daniel de Fatica da Rocha, afirma que o objetivo é transferir a sede da empresa de energia solar para o novo espaço, o que não tem data para ocorrer, visto que o imóvel precisa de reformas.

O prédio era avaliado em R$ 44,664 milhões e foram várias tentativas de leilão sem atrair interessados. Na última tentativa o imóvel foi oferecido por 40% do valor de avaliação. A proposta da Ilumisol foi R$ 263,22 acima desse lance mínimo.

A empresa que arrematou o imóvel pagou 25% de entrada (R$ 4,846 milhões) e o restante será quitado em 30 parcelas mensais consecutivas de R$ 484,625.

No passado a Prefeitura de Cascavel chegou a cogitar a compra do imóvel para transformá-lo em um Centro de Eventos. Na época o valor da compra seria de R$ 28 milhões, mas o município desistiu da compra.

Pagamentos

Na época da falência o valor da dívida do atacado era estimado em R$ 19 milhões. Com o insucesso da venda e da recuperação financeira da empresa, que voltou a atuar em imóvel no Bairro Maria Luíza, a quebra foi decretada.

No último mês, o juiz Nathan Kirchner Herbst autorizou o início do pagamento destas dívidas. O valor disponível para isso é de R$ 7.382.126,18.

Deste total, R$ 3.520.041,81 serão destinados ao pagamento de créditos extraconcursais; outros R$ 315.121,43 serão pagos aos credores concursais trabalhistas; e R$ 243.247,22 ao Administrador Judicial, para quitação de parte de sua remuneração. Foi autorizado ainda o pagamento de R$ 142.934,82 em tributos incidentes sobre o imóvel arrematado.

O pagamento autorizado antes do pagamento total do imóvel leiloado considerou, inclusive, a situação envolvendo a Covid-19.

“A antecipação dos pagamentos beneficiará uma série de credores que são pessoas naturais e jurídicas, e o recebimento dos valores que lhes é devido poderá fazer frente às consequências de momento tão excepcional da história”, diz a decisão.

O Atacado existia há 35 anos e chegou a ser uma referência para vários estados no segmento de confecções. Em 2013 a sede foi inaugurada incluindo até mesmo um hotel na estrutura. A empresa alegou que, diante da crise, o novo prédio trouxe aumento de custos e não teve o retorno esperado.


Whatsapp CGN 9.9969-4530 - Canal direto com nossa redação - Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.

Participe do nosso grupo no whatsapp

Publicidade

Copyright 2020 CGN ® Todos os direitos reservados