CGN
Acesse aqui o Discover e busque as mais lidas por mês!
Imagem referente a Médico voluntário morre em missão humanitária no Rio Grande do Sul

Médico voluntário morre em missão humanitária no Rio Grande do Sul

Segundo informações do site G1, Medice e outros três médicos embarcaram em um jato particular às 3h da manhã para prestar ajuda humanitária às vítimas da...

Publicado em

Por Silmara Santos

Publicidade
Imagem referente a Médico voluntário morre em missão humanitária no Rio Grande do Sul

Em uma tragédia chocante, um médico cardiologista de 41 anos, identificado como Leandro Medice, foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira (13) em um abrigo de São Leopoldo, no Rio Grande do Sul. Medice, que viajou milhares de quilômetros de Vila Velha, Espírito Santo, para o estado gaúcho, se ofereceu voluntariamente para auxiliar as vítimas das enchentes.

Segundo informações do site G1, Medice e outros três médicos embarcaram em um jato particular às 3h da manhã para prestar ajuda humanitária às vítimas da catástrofe climática que assola o Rio Grande do Sul. Em vídeos feitos durante a viagem, o médico expressou sua ansiedade em chegar ao destino e começar a ajudar.

Na noite de domingo (12), Medice entrou em contato com seu marido, o acupunturista João Paulo Martins, e compartilhou suas primeiras impressões sobre a recepção calorosa que recebeu em São Leopoldo. Segundo Martins, Medice escolheu dormir um pouco afastado de seus colegas médicos devido ao seu ronco e comentou sobre as boas condições do local onde estava hospedado.

No entanto, na manhã de segunda-feira, Medice não compareceu ao ponto de encontro combinado com outros voluntários. Isso levou a uma busca pelo médico, que terminou com a descoberta trágica de seu corpo no abrigo.

A causa da morte ainda é desconhecida, mas a possibilidade de um mal súbito está sendo considerada. Martins, no entanto, afirmou que Medice não tinha histórico de doenças e sempre cuidou bem da saúde. A notícia da morte do médico, que estava em uma missão humanitária, deixou Martins e a comunidade médica em estado de choque.

Fonte: TN Online/ G1

Google News CGN Newsletter

Whatsapp CGN 3015-0366 - Canal direto com nossa redação

Envie sua solicitação que uma equipe nossa irá atender você.


Participe do nosso grupo no Whatsapp

ou

Participe do nosso canal no Telegram

Veja Mais